domingo, 30 de junho de 2013

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Nuno Júdice

Tarde com sol
As coisas simples dizem-se depressa; tão depressa
que nem conseguimos que as ouçam. As coisas
simples murmuram-se; um murmúrio
tão baixo que não chega aos ouvidos de ninguém.

As coisas simples escorrem pela prateleira
da loja; tão ao de leve que ninguém
as compra. As coisas simples flutuam com
o vento; tão alto, que não se vêm.

São assim as coisas simples: tão simples
como o sol que bate nos teus olhos, para
que os feches, e as coisas simples passem
como sombra sobre as tuas pálpebras.
(Nuno Júdice)

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Persona - Anne Frank

Annelies Marie Frank - Anne Frank (Frankfurt, 12 de Junho de 1929 – Bergen-Belsen, Março de 1945)

domingo, 9 de junho de 2013

Na vitrola aqui de casa - Eco

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Mia Couto

Anseios
Só quero lembrar
se o tempo for todo meu.

Só anseio lembrança
se não houver passado.

Bruma e espuma,
apagam o tempo em que não amei.

E eu amei
para ser tudo, todos, sempre.

Para te visitar
esquecerei a terra
e apagarei as estrelas.

E irei pelos teus olhos,
até o mundo voltar a ter princípio.

Sou eu, dirás,
E o tempo será lembrado.
(Mia Couto)

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Que vaca não ficaria louca?

Alemanha abandona uso de sua palavra mais longa

O idioma alemão perdeu sua mais longa palavra graças a uma mudança numa lei de conformidade da União Europeia (UE).
"Rindfleischetikettierungsueberwachungsaufgabenuebertragungsgesetz", que significa "lei que delega monitoramento de rotulação de carne", foi introduzida em 1999 no Estado de Mecklenburg-Oeste Pomerania.
A palavra perdeu razão para ser usada após mudanças na regulamentação de testes em gado de corte.
Na Alemanha é notório o uso de palavras compostas (sem hifens ou espaços), frequentemente para descrever termos da área científica ou do meio jurídico.
A palavra de 64 caracteres foi criada para ser usada no contexto dos esforços para combater a chamada "doença da vaca louca" ou BSE (do acrônimo inglês bovine spongiform encephalopathy).
Mas depois que a UE pediu o fim dos testes em gado saudável nos abatedouros europeus, a palavra saiu de uso.
A imprensa alemã busca agora outras candidatos a palavra mais longa do idioma.
Entre as concorrentes, está "Donaudampfschifffahrtsgesellschaftskapitaenswitwe", que significa "viúva de um capitão da companhia Donau de navios a vapor".
Entretanto, especialistas dizem que palavras tão longas como estas são raramente utilizadas e dificilmente entrarão no dicionário alemão.
A mais longa palavra que já foi incorporada no dicionário alemão é a "Kraftfahrzeughaftpflichtversicherung", que significa "seguro obrigatório de automóvel".
(Fonte: BBC Brasil em 04/06/2013 )

terça-feira, 4 de junho de 2013

Truques e quebra-galhos - Como limpar tábuas de cozinha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...