quinta-feira, 31 de março de 2011

Serviço -Evento internacional oferece oficina gratuita à comunidade

Evento internacional oferece oficina gratuita à comunidade

Treinamento é organizado pela Red EmprendeSUR, Sebrae e Inatel

As pessoas de Santa Rita do Sapucaí que trabalham por conta própria e querem se formalizar através da Lei do Empreendedor Individual podem participar da oficina "Passo a Passo para a Formalização", dentro da programação do V Workshop EmprendeSUR, que será realizado no Inatel, entre os dias 27 e 30 de abril.
A oficina gratuita ocorrerá no dia 29 de abril e abordará a Lei do Empreendedor Individual, criada em 2009 para regularizar empresas com faturamento de até R$ 36 mil por ano. O treinamento está sendo organizado pelo Sebrae-MG e pela RedEmprendeSUR, que promove o workshop internacional de empreendedorismo.
Os interessados devem se inscrever no Sebrae-MG de Santa Rita do Sapucaí, no endereço Alameda José Cleto Durate, nº 10, no Centro, de segunda a sexta, das 9h às 17h, ou através do telefone (35) 3471-4185.
Os professores da rede pública de ensino de Santa Rita do Sapucaí também participarão, através da Secretaria Municipal de Educação, de uma oficina sobre Educação Empreendedora. Esta será ministrada pelo presidente da RedEmprendeSUR, professor doutor Pedro Vera, da Universidade de Concepción do Chile, e pesquisador do tema empreendedorismo de renome mundial. "Estas duas oficinas serão oferecidas gratuitamente pela organização do Workshop 2011 e pela Diretoria da RedEmprendeSUR, em uma iniciativa social de atuação junto à comunidade local, que sediará este relevante evento pela primeira vez no Brasil", disse o coordenador do Núcleo de Empreendedorismo (NEmp) do Inatel e um dos organizadores do workshop, professor Rogério Abranches.
O Workshop de Formação de Empreendedores Universitários já passou pela Argentina, Paraguai, Chile e Colômbia . No Brasil terá como tema "Cidades Empreendedoras e Inovadoras", com debates e apresentações sobre as contribuições do empreendedorismo para os países da América Latina e Caribe, nos campos acadêmico, tecnológico, econômico, social e empresarial.
A abertura do evento será com uma palestra-show de Wellington Nogueira, fundador do Doutores da Alegria e considerado um exemplo internacional de empreendedor social de alto impacto. O Doutores da Alegria é uma entidade sem fins lucrativos, que leva alegria a crianças hospitalizadas, através da arte do palhaço, estando presente em mais de 170 hospitais, no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e Belo Horizonte.
A participação no Workshop EmprendeSUR é paga e tem desconto para inscrições antecipadas no site. Para estudantes de graduação e do ensino técnico o desconto é de 85%. Outras informações pelo site www.inatel.br/emprendesur.
(Fonte: INATEL em 30/03/2011)

quarta-feira, 30 de março de 2011

Fragmentos - “Morangos Mofados – Os Companheiros”

“Menos pela cicatriz deixada, uma feridantiga mede-se mais exatamente pela dor que provocou, e para sempre perdeu-se no momento em que cessou de doer, embora lateje louca nos dias de chuva.” (Caio Fernando Abreu em “Morangos Mofados – Os Companheiros”)

Em poucas palavras - Guimarães Rosa

“Só se pode viver perto de outro, e conhecer outra pessoa, sem perigo de ódio, se a gente tem amor. Qualquer amor já é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.” (Guimarães Rosa)

terça-feira, 29 de março de 2011

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Carpinejar

Viemos de uma genealogia

Viemos de uma genealogia
que nunca dará adeus,
em nenhuma situação,
ainda que da morte
ou da feroz despedida.

Não nos daremos adeus,
ainda que o fundo do tempo
martele nos joelhos
como um médico de família,
ainda que o barco vacile
e a terra se abra sem cumprimentos.

Não nos daremos adeus
por uma questão de caráter.
(Carpinejar)

Na vitrola aqui de casa - For once in my life

Dica de onde ir - Café – Riqueza Negra de Minas Gerais

Café – Riqueza Negra de Minas Gerais

Olá, amigo da cozinha.

Já sentiu o aroma daquele cafezinho passado na hora hoje? É assim que Minas Gerais começa seus dias, com cheirinho de roça, de casa de avó, de padaria...

O café, mais do que parte de nossa cultura, é um importante componente de nossa economia. Minas produz cerca da metade do café brasileiro, com mais de 1 milhão de hectares plantados e uma produção diversificada e termos de tipos e qualidades de grãos. A cultura cafeeira representa o principal produto de exportação do nosso agronegócio, enviado para mais de 60 países mundo a fora.
Atualmente, o café brasileiro tem sido mais reconhecido internacionalmente e alcançado excelentes resultados em termos de classificação por institutos especializados. E Minas Gerais desempenha papel de destaque entre os cafés considerados especiais, ou gourmet, produzidos no Brasil. Isto se deve, em grande parte, ao relevo montanhoso do Estado, cujas altitudes elevadas são propícias ao cultivo de frutos com excelência.
Um bom exemplo é a região da Serra da Mantiqueira, que produz alguns dos melhores cafés do país. O município de Carmo de Minas, que visitei recentemente, destaca-se na produção desses cafés especiais e tem conquistado as melhores colocações em concursos importantes, já há alguns anos. É de lá que vem, por exemplo, a Unique Cafés Especiais, que tem resultados impressionantes como o recorde mundial no “Cup Of Excellence” – mais renomado concurso de cafés em todo o mundo. A marca atingiu a pontuação de 95,85 pontos, numa escala de 0 a 100, em 2005.
E se você é mais que bebedor, mas um apreciador de um bom café, fica aqui uma dica: no dia 09 de abril será inaugurada a “Academia do Café”, um projeto inédito em Minas que pretende elevar o nível de conhecimento de profissionais e amadores sobre a bebida. Idealizada pelo amigo Bruno Souza, especialista no assunto, a Academia irá oferecer cursos e oficinas, além funcionar como laboratório para avaliação e seleção de cafés especiais a serem exportados para os EUA.
Vai funcionar na Av. do Contorno, 4392, no Funcionários.
Mais informações: 3643-1959 / 9296-6716
academiadocafe@gmail.com.

Saudações gastronômicas!
(Fonte: http://www.dzai.com.br/eduardoavelar/blog em 28/03/2011)

Serviço - Procura-se

Achei hoje no Google esse pedido. Quem sabe alguém de Santa Rita do Sapucaí pode ajudar com alguma informação!

Procura-se
Há muito tempo atras minha avó deixou minha mãe com sua amiga e nunca mais apareceu levando apenas seu outro filho.

deixando minha mãe com esta amiga que criou junto com o seu marido mais o problema e que so tenho o primeiro nome da minha avó é Maria Filomena deu a luz a minha mãe no ano de1953 em Santa Rita do Sapucai.

Leitora: Patrícia

Cidade: Poá – SP”

segunda-feira, 28 de março de 2011

Serviço - Receita Federal tem brecha legal que permite pagar menos IR

Receita Federal tem brecha legal que permite pagar menos IR

Ao fazer a declaração, os contribuintes têm a possibilidade de reduzir a carga fiscal exigida pela Receita. E isso pode ser feito de forma legal, sem risco de a declaração ser retida na malha fina.
Usando as brechas dadas pela Receita, os contribuintes terão restituição maior ou pagarão menos após a entrega da declaração.
Essas possibilidades são mais comuns no caso de contribuintes casados e nos casos em que os filhos também trabalham. Eis algumas manobras que o leão permite.

Separadas
Quando trabalham (ou têm renda), integrantes da mesma família (marido, mulher, filhos etc.) devem sempre fazer declarações separadas -cada um terá a isenção anual de R$ 17.989,80.
No caso de um casal, o que tiver a maior renda deve, de preferência, declarar usando todas as deduções permitidas (o modelo completo).
Se suas deduções forem superiores a R$ 13.317,09, sempre será vantagem optar pelo modelo completo.
O que tiver a menor renda deve, em geral, declarar no modelo simplificado, pois poderá abater, sem comprovação, 20% da renda tributável (limitado a R$ 13.317,09).

Pensão Alimentícia
Quando um casal se separa, geralmente o marido deve definir, perante o juiz, como será o pagamento da pensão alimentícia judicial à ex-mulher e aos filhos (se houver).
Nos casos em que não há filhos (ou se eles forem maiores), o acordo pode ser feito por escritura pública.
Tomemos por exemplo um casal com dois filhos menores. Se o marido pagar pensão alimentícia aos três, deve dizer ao juiz que deseja pagar valores individuais (em contas bancárias) em vez de fazer um só depósito. Para tanto, todos terão de ter CPF.
Se pagar R$ 1.400 a cada um, a empresa em que trabalha (se for assalariado) descontará R$ 4.200 e depositará R$ 1.400 para cada um.
Os valores são isentos. Se quem paga a pensão for autônomo, abaterá esse valor no cálculo do carnê-leão.
Ao declarar, o responsável pela guarda dos filhos deve fazer três declarações. Como cada um terá recebido R$ 16,8 mil, todos estarão isentos. No total, R$ 50,4 mil da família estarão isentos.
Se os R$ 50,4 mil fossem pagos apenas à ex-mulher, ela teria R$ 3.004,56 de imposto devido no ano (usando o modelo simplificado).

Bens Comuns
Se um casal tem renda de bens comuns, pode dividi-la (metade para cada um). Exemplo: marido e mulher trabalham e têm imóvel alugado por R$ 2.000 mensais.
Nesse caso, não precisarão pagar o carnê-leão porque cada um recebe R$ 1.000 (valor isento). O ideal é declararem separadamente. Assim, cada um inclui a própria renda e os R$ 12 mil do aluguel.
Se cada um tiver recebido R$ 40 mil no emprego (ou como autônomo), a renda anual individual será de R$ 52 mil. Declarando no modelo simplificado, cada um poderá deduzir R$ 10,4 mil. A renda tributável individual será de R$ 41,6 mil, o que dá R$ 3.292,56 de IR devido (juntos, pagarão R$ 6.585,12).
Se um deles tributasse os R$ 2.000 apenas na sua declaração, teria pago R$ 37,57 por mês pelo carnê-leão. No ano, seriam pagos R$ 450,84. Nesse caso, sua renda anual totalizaria R$ 64 mil (a do outro seria de R$ 40 mil).
No caso de R$ 64 mil, o IR devido seria de R$ 5.766,65; no de R$ 40 mil, seria de R$ 1.428,69 (ambos usando o modelo simplificado).
Lançando o aluguel em duas declarações, o imposto devido pelo casal seria de R$ 6.585,12; em apenas uma, seria de R$ 7.195,34.
(Fonte: Marcos Cézari - Folha de São Paulo em 28/03/2011)

Persona - Frida Kahlo

Magdalena Carmen Frieda (Frida) Kahlo y Calderón (Coyoacán, 6 de Julho de 1907 - Coyoacán, 13 de Julho de 1954)

Gostei... - Código de barras

Em poucas palavras - Joseph Conrad

“A crença numa origem sobrenatural do mal não é necessária; o homem sozinho é capaz de todas as perversidades.” (Joseph Conrad)

sábado, 26 de março de 2011

Dica de diversão -V Canoata Ecológica Rio Sapucaí Mirim

PROJETO CANOATA ECOLÓGICA RIO SAPUCAÍ MIRIM
OBJETIVO GERAL Desenvolver e aplicar atividades de incentivo ao uso Sustentável da bacia hidrográfica do rio Sapucaí Mirim visando a preservação dos recursos hídricos.
Veja mais informações no site da AVASC (Associacão para Valorizacão Ambiental e Social Cachoeirense).

Recebi, do Guto Guerzoni, o convite para participar da V Canoata Ecológica Rio Sapucaí Mirim. Não sei se poderei participar, mas transmito o convite para todos os moradores da região.

Data: 23 de Abril de 2011
Horário : 6:30 às 12:00
Local : Rio Sapucaí Mirim – Cachoeira de Minas

Pátria Minas - Quer comprar?

Em Belo Horizonte, quatro brasileiros contam vantagem até que o paulista resolve:
― Eu tenho muito dinheiro, vou comprar a Usiminas!
O gaúcho contra-ataca:
― Pois eu, que sou muitíssimo rico, comprarei a Fiat!
E o carioca:
― Pois eu, que sou multibiliardário, vou comprar a Vale do Rio Doce!
Mineiro:
― Num vendo!

quinta-feira, 24 de março de 2011

Aviso aos navegantes - DDD 85% mais barato

DDD 85% mais barato

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) oferece simulador, que retorna ao consumidor, qual operadora é mais barata para realizar a ligação DDD e quanto será economizado em relação a opção mais cara. Dependendo da operadora e do plano escolhido, a ligação DDD pode sair até 85% mais barata. Basta informar dados de origem e destino da ligação, a distância entre as cidades e a duração da ligação.

Faça o teste no site da Proteste. Clique aqui!
(Fonte: Marina Rigueira - http://www.dzai.com.br/marinaepaula/blog em 23/03/2011)

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Affonso Romano de Sant´Anna

Aprendizados


Uns aprendem a nadar
outros a dançar, tocar piano,
fazer tricô e a esperar.

Na infância cai-se
para se aprender a andar,
cai-se do cavalo e do emprego
aprendendo a viver e a cavalgar.

Em alguns aprendizados
chega-se à perfeição.

Em alguns.

No amor, não.
(Affonso Romano de Sant´Anna)

Você sabia? - Abaporu

Abaporu

Quando o quadro Abaporu, da artista Tarsila do Amaral (1886- 1973), foi comprado, em 1995, por US$ 1,43 milhão em leilão em Nova York pelo empresário argentino Eduardo Costantini, houve polêmica e comoção no Brasil sobre a perda de uma das obras referenciais do modernismo brasileiro.
Abaporu, título inspirado na língua tupi e que quer dizer "homem que come gente", representa uma figura humana com pé e braço agigantados, tornando-se um símbolo da fase da artista. É uma referência à proposta modernista de “deglutir” a cultura estrangeira, fazendo uma releitura com base na realidade brasileira. O quadro foi pintado em óleo sobre tela em 1928. A pintora Tarsila do Amaral presenteou o Abaporu ao seu marido na época, o escritor Oswald de Andrade.
No mesmo período, ela criou a tela Antropofagia (1929) e Urutu (1928). O Abaporu fica em exposição permanente no Museu de Arte Latino-americana de Buenos Aires (Malba), inaugurado em Buenos Aires em 2001 e que apresenta o acervo do empresário.

Blog: Meninos, eu vi!!! Ao vivo e em cores...

Gostei... - Você tem medo de amar?

Gostei... - Novas vias públicas de BH

O trânsito aqui em BH anda cada dia pior. Está tudo uma loucura!

Achei na Internet algumas sugestões para os novos nomes das vias públicas daqui:
Avenida do Contorno – Avenida do Transtorno
Avenida Antônio Carlos – Avenida Antônio Caos
Avenida Cristiano Machado – Avenida Cristiano Atrasado
Via Expressa – Via Estressa
Avenida Afonso Pena - Avenida Afonso Pena que passei por aqui
Anel Rodoviário - Anel Rodou no Horário
Avenida Pedro I - Avenida Pedro Só de Primeira
Avenida Raja Gabáglia - Avenida Raiva Gabáglia
Avenida Teresa Cristina - Avenida Teresa Tristinha
Avenida Francisco Sales - Avenida Francisco Saco
Avenida Nossa Senhora do Carmo – Avenida Nossa Senhora do Fique Calmo
Avenida Getúlio Vargas – Avenida Getúlio Praga
Complexo da Lagoinha - Perplexo da Lagoinha
Avenida Barão Homem de Melo - Avenida Barão Homem das Molas
Avenida Prudente de Morais – Avenida Imprudentes e Imorais
Avenida Amazonas - Avenida Uma Zona

Dica de diversão - Para os santarritenses que residem em Sampa

Vocês poderão ver de quinta-feira (24) a domingo (27) no Risadaria, maior evento de humor da América Latina, que ocorre na Bienal do Ibirapuera (zona sul de São Paulo), registros curiosos feitos por repórteres fotográficos do Brasil.
(Paulo Whitaker/Reuters)

Nessa foto, o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles aparece com um sapato muito grande durante palestra na faculdade Getúlio Vargas, em fevereiro deste ano.

Blog: Deve ter sido quando ele estava um pouco apertado de finanças e pediu emprestado o sapato do meu marido.

Fiquei muito triste quando li isso - STF decide: Ficha Limpa vale só a partir de 2012

STF decide: Ficha Limpa vale só a partir de 2012

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (23), derrubou a validade da Lei da Ficha Limpa nas eleições do ano passado.
Criada com o propósito de se tornar uma barreira imediata aos candidatos com condenação judicial, a Lei da Ficha Limpa só terá efeito a partir das eleições municipais de 2012. Por seis votos a cinco, o Supremo Tribunal Federal (STF) interpretou ontem que o texto fere o artigo 16 da Constituição, o qual estipula que mudanças na legislação eleitoral só têm eficácia se forem promulgadas um ano antes do pleito. A lei entrou em vigor no último dia 4 de junho – ou seja, apenas quatro meses da eleição de 2010. E foi usada para barrar centenas de candidatos.
A interpretação de ontem permitirá que os políticos que tiveram o registro negado em função das novas regras e que concorreram sub judice sejam agora empossados. Haverá duas mudanças entre os eleitos para a Câmara dos Depu¬¬¬tados e três para o Senado.
Mas ainda não existe estimativa do impacto nas eleições para deputado estadual em todo o país. Os votos de candidatos “fichas-sujas”, mas que participaram do pleito sub judice, foram considerados nulos e agora passam a ser contabilizados.
Mesmo podendo ser aplicada nas eleições de 2012, a ficha limpa ainda poderá ter dispositivos questionados.

Como votou casa ministro a Lei da Ficha Limpa

Gilmar Mendes - Não
Luiz Fux – Não
Ayres Brito – Sim
Joaquim Barbosa – Sim
Ricardo Lewandowski – Sim
Celso de Melo – Não
José Antonio Tiffoli – Não
Carmem Lúcia – Sim
Ellen Gracie – Sim
Cesar Peluso – Não
Marco Aurélio - Não

Santa Rita é notícia - Ecologia e acessibilidade são destaques de feira de ciências da USP

Ecologia e acessibilidade são destaques de feira de ciências da USP

Estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnico estão apresentando nesta semana, em São Paulo, projetos de ciência e tecnologia que desenvolveram em suas escolas. A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), organizada pela USP, é a maior do país. Esta edição conta com 301 projetos de 670 estudantes de todo o país – e um da Colômbia.
O principal objetivo da feira é incentivar a ciência desde cedo e estimular os jovens a seguir carreira científica. Contudo, mostra resultados práticos com projetos que revelam a criatividade dos alunos e professores que os conduzem.
Em geral, os projetos selecionados apontam soluções de baixo custo, tendo em vista o cuidado com o meio ambiente e a acessibilidade aos portadores de necessidades especiais, entre outros temas.

Palmilha ecológica
O projeto dos alunos Lana Pousa, Paulo Henrique Cerqueira e Nilcélia de Freitas, do Senai Geraldo Vieira Martins, de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), uniu duas das principais atividades econômicas da cidade, que fica a 315 km de São Paulo, no Oeste do estado: a plantação de arroz e a produção de calçados.
A partir de cascas de arroz que seriam jogadas fora, estão sendo produzidas palmilhas para sapatos. O processo é simples: as cascas são unidas com cola branca e formam um material bastante resistente. Depois, são cortadas no formato do molde. Quando o calçado é confeccionado, a palmilha é revestida como outra qualquer.

Cadeira de rodas acionada pelo sopro

Cadeira acionada pelo sopro foi pensada para
tetraplégicos (Foto: Tadeu Meniconi/G1)

Três projetos diferentes buscaram ajudar os tetraplégicos. Eles desenvolveram cadeiras de rodas movidas a motor que podem ser acionadas sem as mãos – pela voz, por exemplo.
Pensando em pacientes que têm também limitações na fala, alunos da Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa, em Santa Rita do Sapucaí (MG), elaboraram uma cadeira controlada pelo sopro. Um sensor fica à altura da boca de quem está sentado. Com diferentes tipos de sopros, o portador escolhe a direção para onde quer ir e dá o comando para se movimentar. O projeto é assinado pelos estudantes Joaquim Eduardo de Oliveira, Wellington Rodrigues e Nixon Teixeira.

Destilador caseiro
O conhecimento da realidade de cada lugar também influenciou na escolha dos temas. Pensando nas comunidades de pescadores do litoral de Pernambuco, Maria Esther Marinho, Bianca Tavares e Lucas Jansen, alunos do Colégio Damas, de Recife, montaram um destilador caseiro para filtrar a água do mar e torná-la potável.
Eles usaram ferramentas facilmente encontradas no comércio e gastaram R$ 30,60 para montar o destilador. A água do mar é aquecida numa panela de pressão e o vapor sai por uma mangueira de silicone. Depois, passa por uma serpentina de cobre imersa num recipiente cheio d’água – o metal foi escolhido porque ajuda a matar as bactérias. Condensada, a água sai pelo outro lado em condições de ser consumida – os estudantes fizeram análises laboratoriais e os indicadores estavam de acordo com o que o Ministério da Saúde recomenda.

Tapete sonoro
Simples na concepção científica, o tapete sonoro é uma ideia criativa para ajudar a tomar conta de crianças. Por dentro dele, há fios que se cruzam sem se encostarem. Quando alguém pisa, os fios se tocam, acionam o circuito elétrico e ele emite um som.
Posicionando o tapete perto de lugares que podem oferecer riscos às crianças – fogões e escadas, por exemplo – os pais seriam avisados a cada vez em que o filho se aproximasse desses pontos, o que pode evitar acidentes domésticos.
O projeto é assinado por Amanda Balbinotti, Juliane Cristina dos Santos e Monize Picinini, alunas da Escola Técnica Estadual Trajano Camargo, de Limeira (SP).
(Fonte: http://g1.globo.com em 23/03/2011)

quarta-feira, 23 de março de 2011

Serviço - Saiba como declarar o imposto de renda com segurança pela internet

Saiba como declarar o imposto de renda com segurança pela internet

Estamos na temporada de declaração anual de imposto de renda. Em 2011, não haverá mais a remessa do formulário de papel e a declaração deverá ser entregue à Receita Federal apenas pela internet utilizando o programa ReceitaNet conforme disposto na Instrução Normativa 1.095.
Há também a opção de entregar um disquete com os dados nas agências do Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal. Até o dia 29 de abril, cerca de 24 milhões de pessoas devem prestar contas com o Leão.
A declaração de Imposto de Renda demanda a transmissão de dados sigilosos. O cidadão precisa estar atento a alguns procedimentos de segurança quando for acessar o programa da Receita Federal na internet para efetuar a declaração.

Fique atento as dicas:

* Tente recuperar o arquivo gravado na declaração transmitido em 2010. O programa ReceitaNet permite a importação de vários dados que foram registrados na declaração anterior, evitando equívocos de digitação além de uma grande economia de tempo.

* Não clique em nenhum link que solicite atualização de seus dados cadastrais por meio de correio eletrônico. Os contribuintes que precisarem fazer alterações, regularizações e consultas cadastrais, devem utilizar o site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br), através do portal chamado e-CAC, o Centro Virtual de Atendimento da Receita, onde os serviços são utilizados apenas pelo contribuinte ou seus procuradores. Para utilizar o e-CAC, é necessário gerar um código de acesso ou possuir um certificado digital padrão ICP-Brasil.

* Fique atento, pois a Receita Federal advertiu recentemente sobre um novo golpe que consiste no envio de falsas cartas que estão sendo enviadas solicitando ou intimando que contribuintes regularizem seus dados cadastrais.

* Evite fazer a transmissão da declaração a partir de computadores de uso comum situados em lanhouses, cybercafés ou locais similares. Os dados da declaração que podem ser gravados ao final da transmissão poderão ser esquecidos no computador, facilitando o acesso de terceiros a informações sigilosas.

* Se possível, faça uso de um certificado compatível com os padrões de segurança da ICP-Brasil, tais como e-CPF ou identidade da OAB para ter prioridade no processamento da restituição se for o caso.

* Neste ano, os contribuintes que optarem pela declaração simplificada poderão fazer uso da ferramenta Retificadora Online que poderá ser acessada no site da Receita Federal. A retificação online sem a instalação de um programa específico em seu computador só era possível nas declarações completas. Para efetuar a retificação online será necessário que o contribuinte possua um certificado digital ou obtenha um código após cadastro no site da Receita Federal.

* Guarde o arquivo digital da sua declaração pelo prazo mínimo de 5 anos. Este procedimento também facilitará a sua declaração no ano seguinte.

* Guarde o recibo e transmissão, pois caso seja preciso efetuar retificação da declaração, o contribuinte terá de informar o número do recibo de entrega anterior.

* A pressa é inimiga da perfeição. Não deixe para fazer a declaração nos últimos dias, pois o excesso de solicitações ao site da Receita pode deixar a transmissão mais lenta ou eventualmente indisponível causando transtornos desnecessários ao contribuinte.
(Fonte: http://www.dzai.com.br/alexandreatheniense/blog em 23/03/2011)

De onde vem? Com a pulga atrás da orelha

Com a pulga atrás da orelha
A expressão estar/ficar/andar com a pulga atrás da orelha significa ter suspeitas de algo ou de alguém, desconfiar.
Durante milhares de anos, o ser humano foi vítima desse maldito bicho chamado pulga. Não havia nenhum inseticida ou veneno realmente eficaz para combater esta praga, que se alojava em todos os cantos das casas, hospitais, escolas, jardins, ruas, salas de diversões, tribunais, e muitos outros espaços.
Até meados do século XX, a pulga era, sem dúvida, um problema muito grave: verdadeiras colônias viviam nos colchões, nas almofadas, nos cabelos, nos armários. Agora imaginem o desconforto de alguém, que acorda a meio da noite com uma coceira horrível na orelha. Pois, é isso mesmo: uma pulga está lá, feliz e quentinha, a sugar o seu sangue!
Na Espanha, a expressão é “Tener la mosca detrás de la oreja”. Não se sabe onde a expressão primeiro e não há uma explicação clara para a substituição do inseto.
Só sabemos que sentimo-nos desconfortáveis, há qualquer coisa que nos incomoda… Será uma pulga ou uma mosca?

Persona - Elizabeth Taylor

Elizabeth Rosemond Taylor
(Londres, 27 de fevereiro de 1932 – Los Angeles, 23 de Março de 2011)

Santa Rita é notícia - Febrace

USP – Feira de ciências e engenharia exibe projetos inovadores até quinta (24)

A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), evento promovido pela Escola Politécnica (Poli) da USP, traz, em seu nono ano consecutivo de realização, mais de 300 projetos finalistas nas áreas de engenharia, ciências exatas e da terra, humanas, sociais aplicadas, biológicas, da saúde e agrárias, que estarão disponíveis para visitação do público geral até quinta-feira (24). Os criadores dos trabalhos - estudantes com, no máximo, 20 anos de idade - vêm de todo o país e, muitas vezes, trazem dos seus locais de origem ideias para melhorar o ambiente em que vivem.
A feira, montada numa tenda no estacionamento da Poli, é organizada de modo que o visitante esteja sempre cercado por vários projetos, da mesma área, mas muito diferentes entre si. Os alunos ensinam o público, mas também aprendem uns com os outros, já que entram em contato com ideias e pessoas novas. Esse clima de troca de informações e interatividade é, inclusive, a principal motivação dos organizadores da Febrace. São 670 os projetos em exposição.

Projetos
Dentre os trabalhos expostos está o dos alunos Joaquim de Oliveira, Welington Rodrigues e Nixon Teixeira, todos com idades entre 15 e 16 anos. Eles construíram uma cadeira de rodas quase que totalmente de material reciclável e de baixo custo para tetraplégicos, controlada pelo sopro. Inicialmente, o pensamento era fazer com que a ativação dos comandos fosse feita a partir da voz do cadeirante, mas quando eles visitaram uma entidade para pessoas com deficiência em sua cidade, Santa Rita do Sapucaí (MG), e descobriram um tetraplégico mudo, reformularam o projeto.
“O sopro é feito em um microfone adaptado e o comando é transmitido, fazendo a cadeira se mover”, explica Joaquim, que aponta ainda para o fato de que, como o ar deve ser direcionado, ventos, mesmo que fortes, não conseguem acionar a movimentação.
Em outro projeto, os estudantes cariocas Charles de Almeida, Ana Carolina Rodrigues e Felipe Miranda desenvolveram um desfibrilador pessoal para leigos, cujo funcionamento é facilitado e seguro. Para a criaçao do projeto, eles estudaram todas as condições que, quando presentes, levam ao atraso da assistência a quem teve um problema cardíaco, como a demora das ambulâncias para chegar ao local em que está a vítima.
“Já temos até patente do produto, mas se ele um dia for comercializado, eu não quero nenhum retorno pra mim. A única coisa em que penso é garantir o bem estar das pessoas”, diz Charles. A morte de um amigo foi a motivação para a criação do desfibrilador.
Na área de humanas, as estudantes Maria Júlia Rossetto e Maria Helena dos Anjos, de Limeira, no interior paulista, adaptaram jogos educativos para crianças portadoras de Síndrome de Down. Um deles é um boliche que tem suas peças em forma de animais coloridos. “A ideia é que quando a peça for derrubada, o educador ou pai faça o barulho que o animal costuma fazer. Por exemplo, se for a vaca, o adulto imita o som produzido por ela”, conta Maria Júlia.
Segundo a dupla, os jogos foram testados e tiveram ótima aceitação por crianças. “Nós vamos, inclusive, doá-los para as instituições em que realizamos os experimentos depois que a Febrace acabar”, conta a estudante.

A concepção da Febrace
"O nosso objetivo é que o aluno passe a observar mais o seu entorno, que sua atenção seja captada por problemas do dia-a-dia. Queremos pessoas empreendedoras”, diz a professora Roseli de Deus Lopes, que coordena o evento. Segundo ela, a proposta é que os participantes sejam inovadores, e não que apresentem uma mera reprodução, nem que sigam “a receita de alguma experiência encontrada na internet”.
Maior evento desse gênero no Brasil, a magnitude da Febrace chama atenção. “Queremos provocar as escolas para que elas percebam que podem dar mais liberdade de criação aos estudantes, para que estes sejam instigados a fazer boas perguntas e a ir atrás das respostas”, afirma a professora Roseli. Para tanto, a Febrace, além da realização da edição nacional, também estimula a realização de feiras internas, nas instituições de ensino.
De acordo com a professora, a experimentação a partir de alguns conceitos aprendidos em sala de aula traz resultados muito mais expressivos do que a “decoreba” de fórmulas e dados, principalmente porque somente na prática é possível a integração de várias áreas e assuntos. “Na vida real, as coisas não são fragmentadas, há uma forte multidisciplinaridade”, atesta.

A organização da feira
Assim que acaba uma edição, a do próximo ano já começa a ser organizada e a divulgação a ser feita nas escolas. Cada aluno ou grupo de no máximo três integrantes envia em novembro um relato de toda a experiência e, em dezembro, a escolha dos finalistas, que se apresentarão nos três dias de evento, é feita.
Para isso, são necessários cerca de 300 voluntários. Eles escolhem não necessariamente os projetos mais sofisticados, mas os que demonstraram maior criatividade e curiosidade por parte do grupo. A ideia é identificar aqueles que conseguiriam se desenvolver plenamente em condições ideais de materiais e orientações.
Ao final das avaliações que ocorrem na feira, há premiações em todas as categorias, além de entrega de prêmios e bolsas concedidas por órgãos e empresas apoiadoras, como a Intel e a Petrobras.
Estudantes de toda a rede do ensino médio podem se candidatar para a edição nacional da Febrace.

Serviço
A exposição dos projetos da Febrace acontece de terça (22) a quinta-feira (24) na tenda de eventos localizada no estacionamento da Poli, à Av. Prof. Luciano Gualberto, travessa 3, 380, Cidade Universitária, São Paulo. No sábado (26), no Palácio dos Bandeirantes (sede do governo paulista), acontece a cerimônia de premiação, que contemplará os melhores trabalhos da edição 2011 da feira.
A programação completa pode ser conferida no site do evento.
Fonte: http://www.planetauniversitario.com em 23/03/2011)

Em poucas palavras - Guimarães Rosa

"Viver é um rasgar-se e remendar-se." (Guimarães Rosa)

terça-feira, 22 de março de 2011

Aviso aos navegantes - Blog do Professor Jaci

Blog novo na praça! É do Jaci (que eu sempre chamava de Peninha), professor da FAI. É mais uma dica para você que é de Santa Rita do Sapucaí ou procura coisas boas na Internet.
Confira aqui!!!

sábado, 19 de março de 2011

Você sabia? - Super lua cheia no céu

Super lua cheia no céu

Hoje, 19 de março, a lua atinge sua posição mais próxima da Terra, conhecida como perigeu – algo que só acontece a cada 18 anos. O resultado é que, ao nascer no Leste, nosso satélite natural estará maior e mais brilhante do que o normal.
A lua cheia varia de tamanho por causa de sua órbita oval. O trajeto elíptico tem um lado (chamado perigeu) cerca de 50 mil km mais perto da Terra do que o outro (apogeu). Para um observador no planeta, a lua, no perigeu, fica 14% maior e 30% mais brilhante do que no apogeu.
Hoje, a lua estará em seu perigeu máximo – 356.577 km de distância. A proximidade é beneficiada por outra coincidência: para a maior parte do ocidente, ela surge no horizonte menos de uma hora após o perigeu. Esse fenômeno aconteceu pela última vez em março de 1993.
Essa proximidade da lua pode aumentar um pouco as marés, mas não há com o que se preocupar: as variações serão de apenas alguns centímetros a mais do que o normal. A Nasa ainda alerta que, diferentemente do que alguns boatos que circularam na internet dizem, as luas de perigeu não deflagram desastres naturais.
E para, quem quer tirar belas fotos, outra dica da Nasa: o melhor momento para observar a lua é quando ela ainda está perto do horizonte. Em contraste com árvores e prédios, ela parecerá maior.
(Fonte: http://exame.abril.com.br)

quinta-feira, 17 de março de 2011

Pátria Minas - Mineirim poliglota

Mineirim poliglota

O mineirim vai dirigindo tranquilamente seu fusquinha por uma rua da capital. Quando pára num sinal vermelho, uma BMW bate na sua traseira.
Após bater no carro do mineirim, o gringo desce do carro e fala gentilmente:
_HELLO!
E o mineirim responde:
_Relô coisa ninhuma! Amassô foi tudo! Vai tê que pagá, uai!

Na vitrola aqui de casa - Te devoro

Em poucas palavras - Cícero

"Não nascemos apenas para nós mesmos." (Cícero)

Zenzando na rede

Fiquei muito triste quando li isso - Tétrico trio

Tétrico trio

Você imaginaria que uma nação traumatizada por dois ataques atômicos que mataram e mutilaram milhares dos seus cidadãos seria a última a recorrer a usinas nucleares para sua energia. Mas o Japão é um dos países (outro é a França) que aderiram com mais entusiasmo à tecnologia nuclear, desmentindo a velha máxima do gato escaldado e da água fria.
Agora Fukushima, onde ainda não sabem se haverá uma grande tragédia ou apenas um grande susto, poderá se juntar a Hiroshima e Nagasaki num tétrico trio de lugares destruídos, com a diferença que em Hiroshima e Nagasaki a destruição veio do alto e no caso de Fukushima viria do chão e do mar, com o movimento das placas tectônicas substituindo os bombardeiros americanos e a fúria da Natureza substituindo a fúria da guerra.
Os japoneses alegam que o país não tem alternativas viáveis para produzir a energia de que necessita e que suas centrais nucleares são construídas para resistir aos previsíveis terremotos, mas também já surgiram denúncias de falsificações de relatórios de segurança e outras falcatruas na administração das usinas, inclusive a de Fukushima. O que só prova que a estupidez humana é a mesma, seja pilotando um B-29 ou maquiando a ameaça do envenenamento por acidente de uma população.
(Luiz Fernando Veríssimo)
(Fonte: Blog do Noblat em 17/03/2011)

Santa Rita é notícia - Governo de Minas estimula a retenção de capital intelectual

Governo de Minas estimula a retenção de capital intelectual

Investimento de multinacionais e do Governo de Minas em centros de pesquisa promete fortalecer o capital intelectual mineiro

A partir de 2011, Minas Gerais vai ganhar quatro centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D). Nesses centros de pesquisas as empresas desenvolvem tecnologia de ponta, inovação para seus produtos. A implantação desses centros permitirá que os pesquisadores do Estado, interessados em inovação, tenham mais oportunidades de trabalho em Minas e não tenham que buscar somente no exterior suas realizações profissionais. Para estruturar esses centros foi necessário estabelecer parcerias entre governo do Estado, Fapemig (Fundação de Amparo a Pesquisa de Minas Gerais) e as empresas Coffey, General Electric Transportation (GE), Ericsson e CSEM Brasil. Essas articulações foram formalizadas, em 2010, por meio do programa Inove em Minas, só a iniciativa privada contribuiu com R$28 milhões para a execução do projeto. A perspectiva é que até 2012 os centros de P&D dessas quatro instituições já estejam funcionando.
Inove em Minas

Desenhado e desenvolvido pela Secretaria de Estado de Ciência e Ensino Superior (Sectes), o Inove Minas começou seus trabalhos em dezembro de 2009. O programa tem como objetivo promover o desenvolvimento de Minas Gerais por meio da atração de centros de pesquisa para o Estado.

O que já saiu do papel

A Ericsson, uma das empresas atraídas, já iniciou a implantação de seus dois centros de P&D nas cidades de Belo Horizonte e Santa Rita do Sapucaí. O objetivo da empresa é desenvolver aplicativos multimídia e softwares. De acordo com o diretor de assuntos coorporativos da Ericsson, Edvaldo Santos, “os projetos estão caminhando de vento e poupa 37 empregos já foram criados e muitos outros ainda vão surgir, dentro da Ericsson e nos negócios que os centros de P&D vão impulsionar”. Ainda segundo ele, os centros de P&D vão trazer para Minas um ganho de competência em assuntos estratégicos como: comunicação e informação.

O que esta por vir

Os outros três centros de P&D entrarão em operação até 2012. O centro de pesquisas da GE que será instalado em Contagem, onde já está localizada a fábrica de locomotivas da empresa, vai desenvolver uma tecnologia para motores de combustão interna para locomotivas que utilize diesel e gás.
O diretor da Coffey Information, Vicente de Paulo Pereira, revela que a empresa também vai começar os trabalhos ainda esse ano. A tecnologia que será desenvolvida tem relação com realidade virtual, uma das ferramentas utilizadas na geotecnologia.
Já a CSEM vai atuar no desenvolvimento de tecnologias na área de eletrônica orgânica. Uma das aplicações dessa inovação é a produção de tickets inteligentes, com identificação por radiofrequência mais barata, que dificulta a falsificação e pode ser usado no transporte, segurança pública e grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014.

(Fonte: http://www.simi.org.br em 10/03/2011)

quarta-feira, 16 de março de 2011

Santa Rita do Sapucaí - O Vale da Eletrônica

Reportagem realizada pelo programa "Mundo S/A" - Canal GloboNews e exibida em 30/03/2009.

Gostei... - Acertei de novo

Acertei de novo a pergunta do blog da Maria Helena Rubinato. Logo eu que não sou nem um pingo observadora.

Onde foi tirada essa foto? Você sabe?

Nídia, você compete com o Google! Acertou! Parabéns!
Catedral de Buenos Aires
foto enviada por Virgínia Rodrigues

terça-feira, 15 de março de 2011

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Castro Alvesiro

Ia postar ontem, à noite, mas não tive tempo. Coloco hoje, pois para mim todo dia é Dia da Poesia.

Dia Nacional da Poesia

Todos os anos, o dia 14 de março celebra o Dia Nacional da Poesia, homenageando o poeta brasileiro Antonio Frederico de Castro Alves (1847-1871), que nasceu nesta data. Conhecido como “poetas dos escravos”, o autor desempenhou um papel importante na luta pela abolição da escravidão no Brasil. Republicano, ao seu tempo, defendeu os ideais fundamentais de democracia, especialmente, o voto direto e secreto nas eleições.
As suas principais obras foram “Os Escravos”, que traz “Navio Negreiro”, um de seus mais importantes poemas e “Espumas Flutuantes”, marcado pela valorização do amor e pela luta por liberdade e justiça.
Nesse vídeo Maria Bethânia nos presenteia com trechos do poema Navio Negreiro:


segunda-feira, 14 de março de 2011

Dica de diversão - Meditação e Paz Interior

Comercial legal - Futura (Condenados)

Zenzando na rede

De onde vem? - Por (deixar) as barbas de molho

Por (deixar) as barbas de molho
Às vezes se perde o sentido real de expressões como esta. Foi do provérbio espanhol "Quando vires as barbas do vizinho ficar sem pêlos (por causa de um incêndio), põe as tuas de molho", isto é, deixe-as molhadas, que herdamos a expressão. Significava que todos devemos aprender com as experiências dos outros.
Na Antiguidade e na Idade Média, a barba significava honra e poder. Ter a barba cortada por alguém representava uma grande humilhação. Hoje essa expressão quer dizer: ficar de sobreaviso, precaver-se, acautelar-se, prevenir-se contra um perigo iminente.

Em poucas palavras - Lya Luft

“Lembro-me do passado, não com melancolia ou saudade, mas com a sabedoria da maturidade que me faz projetar no presente aquilo que, sendo belo, não se perdeu.” (Lya Luft)

Gostei... - Audioteca Sal & Luz

Achei essa dica no blog da Maria Helena Rubinato.

Audioteca Sal & Luz

Meus olhos são seus olhos

A Audioteca Sal & Luz é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que produz e empresta livros falados (audiolivros) para pessoas cegas ou com deficiência visual, em todo o território nacional, de forma gratuita.
Possui, hoje, mais de 1.700 associados e conta, em seu acervo, com cerca de 2.700 títulos, entre didáticos/profissionalizantes e literatura.
Nosso objetivo é proporcionar, aos nossos associados, meios para a conquista de uma vida com qualidade.
Mais do que inclusão, desejamos viver numa sociedade que não exclua seus filhos, a despeito de todas as diferenças. Que essas diferenças sejam o estímulo necessário para nosso crescimento individual e para a construção de uma nação mais justa.

Conheça aqui!

Santa Rita do Sapucaí

Santa Rita é notícia - Vale da eletrônica de Minas diversifica atuação e começa a fornecer material elétrico para a construção civil

Vale da eletrônica de Minas diversifica atuação e começa a fornecer material elétrico para a construção civil

O Vale da Eletrônica mineiro, polo industrial do Sul do estado especializado na produção de artigos de eletrônica, telecomunicações e informática, lança sua primeira investida para diversificar a atividadetradicional que tornou a região conhecida no Brasil e no exterior. O alvo agora é a construção civil, um dos setores que mais tem crescido no país. Criada há 10 anos, a Condupar Minas Condutores Elétricos, sediada em Santa Rita do Sapucaí, começa a produzir este mês kits completos de instalações elétricas padronizadas para casas populares pré-fabricadas.
Tomadas, fios, interruptores, disjuntores e chicotes elétricos vão sair da fábrica em caixas padronizados pelas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e prontos para ser instalados em moradias com 40 metros quadrados. É a primeira etapa do desenvolvimento de uma linha de produção que deve chegar a residências de até 170 m2 e prédios de apartamentos de quatro andares. Segundo o gerente geral da fábrica, Luiz Carlos Paduan, a empresa já tem contratos com construtoras de Minas e de São Paulo para atender 400 casas e está definindo os detalhes de um grande acordo com o grupo Inepar, que anunciou recentemente joint venture com a americana InnoVida Factories para construir casas pré-fabricadas no Brasil.
Até então, as indústrias do Vale da Eletrônica de Minas vinham trabalhando como fornecedoras de equipamentos para habitação, a exemplo de câmeras e portões eletrônicos. A iniciativa da Condupar significa o ingresso da indústria nos projetos da construção, um avanço, de acordo com Roberto Souza Pinto, presidente do Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica (Sindvel). “Vamos participar de um mercado imensurável”, afirma.
Fabricante de cabos e chicotes elétricos para produtos dos setores elétrico e de eletrônico, a Condupar Minas tem como clientes companhias, como a Bosch, Black & Decker, Arno e Fischer. O projeto de confecção dos kits de instalação elétrica para residências em substituição ao sistema convencional foi desenvolvido no último ano. A instalação completa inteligente fica pronta para uso do consumidor numa casa de 40 metros em uma hora e meia. “O trabalho se limita, basicamente, a parafusar as tomadas. A solução permite redução de custos de 30% a 40% em relação às instalações convencionais”, afirma o gerente da empresa, Carlos Paduan.
Para atender a nova linha de produção, a fábrica alugou um galpão e contratou 40 trabalhadores. O kit é adaptado às condições e pontos de tomadas das residências que a partir dos 70 metros quadrados necessitam de maior números de pontos, incluindo alarme, por exemplo. Para as residências de maior dimensão, a Condupar desenvolveu o protótipo para atender à construtora Inepar em associação com a americana InnoVida Factories.
A tecnologia do novo sistema construtivo que a Inepar Innovida Brasil vai implantar para casas produzidas em série está em fase de homologação a partir de ensaios feitos nos laboratórios da UFMG, informou o diretor comercial da Inepar InnoVida no Brasil, Márcio Duelba. A empresa prevê a construção de quatro fábricas no país. A primeira unidade será instalada em Curitiba, com início de produção em agosto e capacidade para fabricar 20 mil casas por ano.
(Fonte: Marta Vieira – Estado de Minas em 02/-3/2011)

Dica de diversão - Bethânia e as palavras

Meu programa para domingo próximo. Depois eu conto como foi.

Bethânia e as palavras

Maria Bethânia tem uma relação íntima com as palavras. Vem de muito tempo a ligação de Maria Bethânia com as palavras. Desde o colégio em Santo Amaro, quando seu professor Nestor Oliveira a ensinou, assim como a seu irmão Caetano Veloso, a ouvir poesia. Esta paixão pelas palavras ela levou para os palcos, nos textos que sempre recitou em seus espetáculos – desde o famoso show de estréia no Teatro Opinião, em 1965. A escritora portuguesa Maria Gabriela Llansol afirmava que Bethânia era uma “cantora de leitura”.
O projeto começou em Minas, no ano passado, quando Bethânia foi convidada pela UFMG para participar do ciclo de conferências Sentimentos do Mundo. Logo em seguida realizou outras leituras na Casa do Saber/RJ, PUC/RJ, no Itamaraty/Brasília (para o Encontro Mundial dos Países de Língua Portuguesa) e, mais recentemente, na Casa Fernando Pessoa, em Portugal, como retribuição à Ordem do Desassossego que recebeu com a imortal Cleonice Berardinelli por ser, no Brasil, uma das maiores divulgadoras do legado de Fernando Pessoa.
Acompanhada pelo violonista Jaime Além e pelo percussionista Carlos César, Bethânia vai recitar poemas e fragmentos de textos de autores como Fernando Pessoa, Guimarães Rosa, Manuel Bandeira, Sophia de Mello, Fausto Fawcett, entre outros. São cerca de 70 trechos. E como música também é poesia, ela apresenta ABC do Sertão (Luiz Gonzaga), Romaria (Renato Teixeira), Último Pau de Arara (J.Guimarães/Venâncio/Corumbá), Estranha Forma De Vida (Amália Rodrigues), Marinheiro Só (domínio público/adaptação Caetano Veloso), Dança da Solidão (Paulinho da Viola) e Menino de Jaçanã (Luis Vieira/Arnaldo Passos).
Maria Bethânia reconhece que dizer poesia, hoje em dia, “neste mundo de corre-corre”, é “um desafio”, mas também, “uma idéia que comove e atrai”. E Fernando Pessoa, o poeta da sua vida, não fica de fora. “É a minha tradução mais fiel”, afirma, acrescentando: “Suporta minha respiração, minha cadência e o ritmo desassossegado do meu coração”. O poeta é lembrado com pungentes poemas, como o Poema do Menino Jesus, de Alberto Caieiro, popularizado pela intérprete a partir do show Rosa dos Ventos; e Ultimatum, de Álvaro de Campos, que soa impressionantemente atual desde sua leitura no show Dentro do Mar tem Rio.
Confira a leitura de Eros e Psique, de Fernando Pessoa, feita por Bethânia para o documentário Palavra Encantada, de Helena Solberg:

Zenzando na rede

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Fernando Pessoa

Estou cansado de inteligência


Estou cansado da inteligência.
Pensar faz mal às emoções.
Uma grande reação aparece.
Chora-se de repente, e todas as tias mortas fazem chá de novo
Na casa antiga da quinta velha.
Pára, meu coração!
Sossega, minha esperança fictícia!
Quem me dera nunca ter sido senão o menino que fui…
Meu sono bom porque tinha simplesmente sono e não ideias que esquecer!
Meu horizonte de quintal e praia!
Meu fim antes do princípio!
Estou cansado da inteligência.
Se ao menos com ela se apercebesse qualquer coisa!
Mas só percebo um cansaço no fundo, como baixam na taça
Aquelas coisas que o vinho tem e amodorram o vinho.
(Álvaro de Campos)

Álvaro de Campos nasceu em Tavira, Algarve, Portugal, e depois se mudou para Glasgow, Escócia, onde foi estudar engenharia. Primeiro mecânica, depois naval. Álvaro de Campos é um dos mais conhecidos heterônimos de Fernando Pessoa.

sábado, 12 de março de 2011

Fragmentos - "A maçã no escuro"

“Que coisa estranha: até agora eu parecia estar querendo alcançar com a última ponta de meu dedo a própria última ponta de meu dedo - é verdade que nesse extremo esforço, cresci: mas a ponta de meu dedo continuou inalcançável. Fui até onde pude. Mas como é que não compreendi que aquilo que não alcanço em mim. já são os outros? Os outros, que são o nosso mais profundo mergulho!” (Clarice Lispector em “A maçã no escuro”)

Em poucas palavras - Lya Luft

“Não queremos perder, nem deveríamos perder: saúde, pessoas, posição, dignidade ou confiança. Mas perder e ganhar faz parte do nosso processo de humanização.” (Lya Luft)

Zenzando na rede

Na vitrola aqui de casa - I started a joke

Dancei muito essa música nos bailinhos, na minha juventude. Que saudade!!! A vida era uma grande brincadeira.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Fiquei muito triste quando li isso - Brasil não tem universidades entre as 100 melhores do mundo

Brasil não tem universidades entre as 100 melhores do mundo

O Brasil não tem nenhuma instituição entre as 100 melhores universidades em reputação do mundo, segundo o ranking elaborado pela organização Times Higher Education. A Universidade de São Paulo (USP) só apareceu na 232ª posição, e acabou representando todas as instituições da América do Sul. A universidade de Harvard é a líder do ranking com pontuação máxima em todos os critérios.O ranking foi montado a partir de uma pesquisa somente para convidados de mais de 13 mil professores de 131 países do mundo e reforça a posição dominante das instituições dos EUA e consagra boa reputação de universidades do Reino Unido e do Japão. O índice faz parte do ranking das melhores universidades do mundo divulgado pela THE em setembro do ano passado.


Rússia (Universidade Lomonosov de Moscou), China (universidades Tsinghua, Pequim e Hong Kong) e Cingapura e Hong Kong aparece com instituições entre as 50 melhores do ranking. No grupo entre as posições 51º e 100º aparecem universidades de países emergentes como a Universidade de Seul, na Coreia do Sul; Universidade de Taiwan e o Instituto de Ciência da Índia. O Brasil é o único dos BRICs a não ter nenhuma instituição de ensino superior entre as melhores.
A pesquisa pediu aos acadêmicos experientes para destacar o que eles acreditavam ser o mais forte das universidades para o ensino e a pesquisa em seus próprios campos. Harvard obteve 100 pontos. As outras cinco melhores classificadas foram Instituto de Tecnologia de Massachusetts; Universidade de Cambridge (Reino Unido); Universidade da Califórnia, em Berkeley; Universidade de Stanford University e Universidade de Oxford (Reino Unido).
(Fonte: O Globo em 10/03/2011)

Blog : Deu no Noblat - O Brasil foi o único dos Brics a não figurar em lista de cem instituições com melhor reputação.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Truques e quebra-galhos - Entre em forma com atividades domésticas

Só faltou ter sido publicado no dia Internacional da Mulher!

Entre em forma com atividades domésticas

Está se tempo para ir à academia? Fique tranquila, pois é possível ficar em forma sem sair de casa.

Limpar o chão e estender roupa no varal também ajudam a manter a forma.
É isto mesmo, as atividades domésticas, além de deixar tudo brilhando, também podem fazer muito bem para a sua saúde e ajudar a melhor ou manter o seu físico.
Lavar uma pilha de louças e sair esfregando o piso estão longe de serem esforços em vão. A operação limpeza pesada pode queimar mais calorias do que um treino na academia.
Segundo especialistas, todas as tarefas domésticas exigem a contração da musculatura dos membros superiores, devido ao uso contínuo das mãos e braços. Nas atividades em que mudamos de planos, do alto para o baixo e vice-versa, a força é aplicada no abdômen, quadril, coxas, glúteos e panturrilhas. Em todos os movimentos, é importante fazer a contração do abdômen para proteger a coluna. Como benefício, a tonicidade do músculo é favorecida.
Para ilustrar, fizemos um comparativo de algumas regiões do corpo favorecidas com as atividades domésticas e os exercícios equivalentes de uma aula de musculação. Também elaboramos algumas dicas de como realizar os movimentos de forma correta, sem lesionar ligamentos e articulações. Acompanhe:

Esfregar o chão
Regiões trabalhadas: abdômen, braços, ombros, costas, quadril e panturrilhas.
Calorias gastas na academia: 160 kcal em média
Em casa: para deixar o piso brilhando e o corpo sarado, você pode fazer uso de um esfregão, rodo ou uma enceradeira. O importante é que mantenha o tronco flexionado e o abdômen contraído. A média de calorias gastas é 80 kcal.

Estender roupa no varal
Regiões trabalhadas: abdômen, lombar, ombros, coxas e panturrilhas.
Calorias gastas na academia: 120 kcal em média
Em casa: coloque a pilha de roupas em uma bacia no chão e faça o movimento de abaixar para buscar as peças e levantar para estendê-las no varal. Durante o agachamento, as pernas devem estar sempre afastadas. Os joelhos precisam estar levemente flexionados e na mesma linha da ponta dos pés, para evitar lesões. Calorias gastas: 50 kcal em média

Passar roupa
Regiões trabalhadas: braços e ombros.
Calorias gastas na academia: 100 kcal, em média
Em casa: determine um número de peças para cada série de movimentos e descanse por 30 segundos a 1 minuto. Também é importante alternar os braços para trabalhar o esquerdo e o direito da mesma forma. Calorias gastas: 66 kcal em média

Lavar louças
Regiões trabalhadas: ombros, braços e antebraço.
Calorias gastas na academia: 120 kcal em média
Em casa: não precisa se assustar com a montanha de louças na pia. Copos, pratos e até as temidas panelas serão seus aliados para a hora de vestir aquela blusa de alcinha. O braço que esfrega estará usando mais força, então o ideal é sempre alternar entre o direito e o esquerdo para o exercício ser completo. Calorias gastas: 70 kcal em média

Lavar roupas
Regiões trabalhadas: ombros, braços, peito e abdômen.
Calorias gastas na academia: 130 kcal em média
Em casa: a mais árdua tarefa domésticas também promete os melhores resultados. Em frente ao tanque, posicione-se com as pernas afastadas e joelhos flexionados na linha dos pés. O abdômen como sempre, deve estar contraído. Coloque metas para esfregar as peças. A cada 15 roupas lavadas, por exemplo, descanse por 30 segundos a 1 minuto para não fatigar o músculo.
Calorias gastas: 80 kcal em média

Limpar móveis
Regiões trabalhadas: ombros, braços, coxas, pernas e abdômen.
Calorias gastas na academia: 110 kcal em média
Em casa: para deixar a mobília reluzindo, você vai abaixar e levantar os braços. "Em todos os movimentos que o braço ergue-se acima da linha do ombro é necessário um tempo de intervalos para não cansar os músculos”, ensina Viviane Vieira. O ideal aqui é alternar as tarefas. Lustre os móveis na parte de cima, varra o chão e depois lustre a parte de baixo.
Calorias gastas: 50 kcal em média

Puxar água do quintal
Regiões trabalhadas: costas, braços e abdômen
Calorias gastas na academia: 120 kcal em média
Em casa: depois daquela chuva ou mesmo para lavar o piso da parte externa da casa, o esforço é tremendo. Lembre-se dos mesmos princípios: tronco flexionado, abdômen contraído e alterne o rodo entre a mão direita e esquerda para trabalhar os dois lados do corpo.
Calorias gastas: 80 kcal em média

Então, pegue o escovão, a vassoura, a esponja e mãos à obra!
(Fonte: Adelson Canudo – Saúde Plena em 10/03/2011)

Gostei... - Ano Novo Brasileiro

"Roubei" a imagem do blog Viver é Perigoso.

Na cultura ocidental o Ano Novo começou no dia primeiro de janeiro. Em 3 de fevereiro teve início o Ano Novo Chinês e, finalmente, em 14 de março...

quarta-feira, 9 de março de 2011

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Mário Quintana

Último poema


Enquanto me davam a extrema-unção,
Eu estava distraído...
Ah, essa mania incorrigível de estar
Pensando sempre noutra coisa!
Aliás, tudo é sempre outra coisa
- segredo da poesia –
E enquanto a voz do padre zumbia como um besouro,
Eu pensava era nos meus primeiros sapatos
Que continuavam andando, que continuam andando,
Até hoje
Pelos caminhos deste mundo.
(Mário Quintana)

Fragmentos - “Inventário do Ir-remediável”

“Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu”. (Caio Fernando Abreu em “Inventário do Ir-remediável”).

De onde vem? - Quarta-feira de cinzas

Quarta-feira de cinzas

A quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário cristão ocidental. O nome “oficial” da quarta-feira de cinzas é “ O Dia das cinzas”.
Alguns cristãos tratam a quarta-feira de cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade da própria mortalidade.
As cinzas que o cristão Católico Apostólico Romano recebe neste dia é um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte.
Na Igreja primitiva, variava a duração da Quaresma, mas eventualmente começava seis semanas (42 dias) antes da Páscoa.
Isto só dava por resultado 36 dias de jejum (já que se excluem os domingos). No século VII foram acrescentados quatro dias antes do primeiro domingo da Quaresma estabelecendo os quarenta dias de jejum, para imitar o jejum de Cristo no deserto.
Era prática comum em Roma que os penitentes começassem sua penitência pública no primeiro dia de Quaresma. Eles eram salpicados de cinzas, vestidos com saial e obrigados a manter-se longe até que se reconciliassem com a Igreja na Quinta-feira Santa ou a Quinta-feira antes da Páscoa. Quando estas práticas caíram em desuso (do século VIII ao X) o início da temporada penitencial da Quaresma foi simbolizado colocando cinzas nas cabeças de toda a congregação, como símbolo de sua identificação com Jesus Cristo.
Hoje em dia na Igreja, na Quarta-feira de Cinzas, o cristão recebe uma cruz na fronte com as cinzas obtidas da queima das palmas usadas no Domingo de Ramos do ano anterior. Esta tradição da Igreja ficou como um simples serviço em algumas Igrejas protestantes como a anglicana e a luterana. A Igreja Ortodoxa começa a quaresma desde a segunda-feira anterior e não celebra a Quarta-feira de Cinzas.
A Quaresma é observada pela maioria dos católicos, pela maioria das denominações ortodoxas e algumas denominações protestantes.
(Fonte: Textos da Internet)

Na vitrola aqui de casa - Marcha da quarta-feira de cinzas

terça-feira, 8 de março de 2011

Santa Rita é notícia - Bloco do Urso agita Santa Rita do Sapucaí

Veja como está sendo os carnavais mais tradicionais do Sul de Minas

Muita animação em Santa Rita do Sapucaí, Poços de Caldas, Carmo do Rio Claro, Ouro Preto e Circuito das Águas

Veja aqui o Bloco do Urso.

A folia de Carnaval continua por todo o Sul de Minas e em pontos tradicionais do Estado.
Em Santa Rita do Sapucaí, a animação fica por conta do Bloco do Urso, que atraiu pessoas de toda a região e até da capital do Carnaval, Salvador. Os foliões foram para as ruas na noite de segunda-feira (7), mostrando descontração e muita originalidade nas fantasias.
O bloco saiu com som para todos os gostos e começou ao ritmo de muito pop rock, mas depois foi tomado pelo axé, sob o comando da cantora Flavinha Mendonã, que já gravou com Jammil e Alexandre Peixe.
(Fonte: EPTV em 08/03/2011)

De onde vem? - Dia Internacional da Mulher

Dia Internacional da Mulher


Oito de Março

Música: Tavito
Letra: Etel Frota e Felipe Cerquize

Nem mulheres de Atenas
Nem mulheres de antenas
Atentas mulheres
Apenas.

Incisivas ou amenas,
Mulatas, louras, morenas
Abstêmias, obscenas
Sempre valerão a pena.

Introspectas ou faceiras
Recatadas ou rameiras
Arteiras mulheres
Inteiras.

Amuadas, tagarelas
Redondiças ou magrelas
São leoas, são gazelas
Brancas, pretas, amarelas
Peço apenas que me deixem
Viver entre elas.

Dia Internacional da Mulher

No dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857.
Mas, somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...