segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Você sabia? - Espumante de Andradas é o melhor do Brasil



Tradição centenária em Andradas, a produção de vinho é uma atividade que passa de geração a geração. Os produtores investiram em qualidade e não tem do que reclamar. Eles acabaram de colher um prêmio nacional para o espumante fabricado na cidade.
http://www.dzai.com.br/jornaldaalterosa/video/playvideo?tv_vid_id=68259

Dica de diversão - Trio Amadeus

Ontem, fomos assistir o Trio Amadeus. Fiquei muito triste ao ver que num evento, cujo preço era R$1,00 (isso mesmo, 1 Real), não havia 100 pessoas.
Aqui neste vídeo está faltando o violino. Ontem era harpa, violão e violino. Muito lindo, até minha filha, que tem apenas 9 anos, adorou. Se um dia você tiver a oportunidade de assistir, não perca.

Dica de Leitura - Paula


"Paula", de Isabel Allende, é o testemunho contado na primeira pessoa sobre a morte de uma filha.
Isabel Allende garante que esta obra não é sobre a morte. "O meu livro 'Paula' é uma memória trágica da história da morte de uma jovem rapariga, mas sobretudo uma celebração da vida. (...) A sua longa agonia deu-me a oportunidade única de rever o meu passado."
Com efeito, embora "Paula" tenha como ponto de partida e fio condutor a doença da filha da escritora, o livro vai-se transformando num autêntico documento autobiográfico, à medida que Isabel Allende faz desfilar as figuras e os acontecimentos que intervieram na sua vida.

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Fernando Pessoa



Na vitrola aqui de casa - Catedral

Bão dimais - Pavê de Chocolate

PAVÊ DE CHOCOLATE

INGREDIENTES: 1 lata de leite condensado * 1 vez a mesma medida de leite * 4 colheres (sopa) de maizena * 3 gemas * 4 colheres (sopa) de chocolate em pó * 1 lata de creme de leite * 2 pacotes de biscoitos champanhe * 200 ml de rum
COBERTURA: 100 gramas de chocolate ao leite em barra * 1 lata de creme de leite * 200 gramas de raspas de chocolate * 10 cerejas * 1/2 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
MODO DE FAZER: Numa panela coloque o leite, o leite condensado, a maizena, as gemas e o chocolate. Leve ao fogo mexendo sempre, até obter um creme. Retire do fogo e adicione o creme de leite. Mexa bem. Num pirex retangular, coloque uma camada de recheio de chocolate, uma de biscoitos molhados no rum e assim, sucessivamente, terminando com os biscoitos. Cubra com uma farta camada de cobertura de chocolate, espalhe por cima o chocolate em raspas e depois as cerejas. Pulverize com o açúcar de confeiteiro e leve ao refrigerador.
COBERTURA: Leve ao fogo o chocolate picado e o creme de leite, em banho-maria. Deixe em fogo baixo até que o chocolate esteja dissolvido. Mexa bem.

A arte do Origami - Porta-lápis

Aconselho, depois de pronto, passar um pouquinho de cola na ponta que é dobrada para dentro, colocar um clips e esperar secar. Isso faz com que o porta-lápis fique mais firme.


Você sabia? - Festas do Sul de Minas

Festa do Morango - Uma das principais cidades produtoras de morango em Minas Gerais é Pouso Alegre, na Região Sul de Minas. Agricultores da comunidade rural de Cruz Alta comemoram as boas safras com a tradicional Festa do Morango, que acontece na segunda quinzena de agosto há quase 30 anos.
Os produtores que participaram da 29ª Festa do Morango em 2009 aproveitaram a situação favorável do comércio da fruta. Minas está no topo do ranking nacional e é responsável por produzir 59% de todo o morango do país. Segundo dados da Emater, Pouso Alegre deve produzir, este ano, mais de 17 mil toneladas de morango.
Na festa típica, um concurso premia os produtores dos melhores morangos, julgados por uma comissão de especialistas e comerciantes. A variedade de receitas feitas com a fruta também agrada os turistas.
Festa do Milho - No Sul do estado, a cidade que celebra a importância do milho para a cultura de seu povo é Córrego do Bom Jesus. A festa é realizada em março e apresenta tradicionais aperitivos derivados do milho, como o curau e a pamonha. Também é parte do evento o concurso da bonequinha do milho e a apresentação de violeiros.
Festival do Café com Biscoito - A produção de biscoitos é tradição e mobiliza a população do município de Caldas, no Sul de Minas. A festa é realizada no bairro Pocinhos do Rio Verde em julho. Com música ao vivo, comidas típicas, artesanato e barracas diversas, a festa é conhecida em toda a região.
Festa da Banana - No bairro de Bom Sucesso, em Brazopolis, Sul de Minas, a Festa da Banana é parte do calendário oficial. Em 2009 o evento foi realizado no começo de maio com exposição de produtos derivados, competição de pratos típicos, artesanato, shows e escolha da rainha e das princesas da festa. Também no Sul de Minas a banana é celebrada em Piranguçu, em abril. Além da eleição da rainha, o evento tem missa, shows e gincana.
Festa do Café - O plantio de grãos ocupa uma área de 2,8 milhões de hectares (4,77%) em Minas. Entre os grãos, o mais cultivado é o café, que ocupa uma área de mais de um milhão de hectares, com a produção concentrada no Sul de Minas e na Zona da Mata. Juntas, as duas regiões são responsáveis pela produção de mais de 702 mil toneladas do grão. Por causa desse estimulante saboroso, item básico na alimentação de muitos brasileiros, os festivais estão concentrados perto de onde o produto é cultivado.
O festival de Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, já está em sua 4ª edição. Durante o evento, normalmente realizado em junho, é possível degustar pratos nas categorias salgados, bebidas e doces que participam de um concurso. O festival conta com a participação de mais de 40 municípios mineiros. Em 2009 o evento foi realizado em junho, com o apoio da Emater.
Além desta festa, a força do café consegue movimentar pelo outros municípios no estado.
Em Machado, na região Sul, a Festa do Café divulga a atividade cafeeira, uma das mais importantes na região, através da exposição de produtos feitos com o grão.
(Estado de Minas)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Na vitrola aqui de casa - Nossa Senhora

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Lya Luft


Ônus

A esperança me chama,
e eu salto a bordo
como se fosse a primeira viagem.
Se não conheço os mapas,
escolho o imprevisto:
qualquer sinal é um bom presságio.

Seja como for, eu vou,
pois quase sempre acredito:
ando de olhos fechados
feito criança brincando de cega.
Mais de uma vez saio ferida
ou quase afogada,
mas não desisto.

A dor eventual é o preço da vida:
passagem, seguro e pedágio.
(Lya Luft)

Você sabia? - Hoje é dia de Nossa Senhora das Graças


Nossa Senhora das Graças

Em uma tarde de sábado, no dia 27 de novembro de 1830, na capela das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, Santa Catarina Labouré teve uma visão de Nossa Senhora. A Virgem Santíssima estava de pé sobre um globo, segurando com as duas mãos um outro globo menor, sobre o qual aparecia uma cruzinha de ouro. Dos dedos das suas mãos, que de repente encheram-se de anéis com pedras preciosas, partiam raios luminosos em todas as direções e, num gesto de súplica, Nossa Senhora oferecia o globo ao Senhor.
Santa Catarina Labouré relatou assim sua visão: "A Virgem Santíssima baixou para mim os olhos e me disse no íntimo de meu coração: 'Este globo que vês representa o mundo inteiro (...) e cada pessoa em particular. Eis o símbolo das graças que derramo sobre as pessoas que as pedem.' Desapareceu, então, o globo que tinha nas mãos e, como se estas não pudessem já com o peso das graças, inclinaram-se para a terra em atitude amorosa. Formou-se em volta da Santíssima Virgem um quadro oval, no qual em letras de ouro se liam estas palavras que cercavam a mesma Senhora: Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Ouvi, então, uma voz que me dizia: 'Faça cunhar uma medalha por este modelo; todas as pessoas que a trouxerem receberão grandes graças, sobretudo se a trouxerem no pescoço; as graças serão abundantes, especialmente para aqueles que a usarem com confiança.' "
Então o quadro se virou, e no verso apareceu a letra M, monograma de Maria, com uma cruz em cima, tendo um terço na base; por baixo da letra M estavam os corações de Jesus e sua Mãe Santíssima. O primeiro cercado por uma coroa de espinhos, e o segundo atravessado por uma espada. Contornando o quadro havia uma coroa de doze estrelas.
A mesma visão se repetiu várias vezes, sobre o sacrário do altar-mor; ali aparecia Nossa Senhora, sempre com as mãos cheias de graças, estendidas para a terra, e a invocação já referida a envolvê-la.
O Arcebispo de Paris, Dom Quelen, autorizou a cunhagem da medalha e instaurou um inquérito oficial sobre a origem e os efeitos da medalha, a que a piedade do povo deu o nome de Medalha Milagrosa, ou Medalha de Nossa Senhora das Graças. A conclusão do inquérito foi a seguinte: "A rápida propagação, o grande número de medalhas cunhadas e distribuídas, os admiráveis benefícios e graças singulares obtidos, parecem sinais do céu que confirmam a realidade das aparições, a verdade das narrativas da vidente e a difusão da Medalha".
Nossa Senhora da Medalha Milagrosa é a mesma Nossa Senhora das Graças, por ter Santa Catarina Labouré ouvido, no princípio da visão, as palavras: "Estes raios são o símbolo das Graças que Maria Santíssima alcança para os homens."

Oração à Nossa Senhora das Graças

Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expôr, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades (momento de silêncio e de pedir a graça desejada).
Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior Glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre como verdadeiros cristãos. Amém.

Rezar 3 Ave Marias. Depois: Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.
Nossa Senhora das Graças é a minha santa de devoção. Onde quer que vá, sempre encontro sua imagem como para me mostrar que está sempre a me proteger.

Santa Rita é notícia - Escola de Santa Rita do Sapucaí será homenageada na ALMG

A Escola Estadual Doutor Luiz Pinto de Almeida, em Santa Rita do Sapucaí, receberá homenagem da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A pedido do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), a Comissão fará uma reunião extraordinária, na quarta-feira (2/12/09), às 10 horas, no Plenarinho II da ALMG.
A instituição foi a vencedora do Prêmio Referência Nacional em Gestão Escolar, promovido pela Fundação Roberto Marinho. O Prêmio incentiva processos de melhoria contínua e uma cultura de autoavaliação nas escolas do País e a cada ano elege as melhores experiências de administração de escolas públicas.
Em 2009, 1.900 colégios, de 21 estados, inscreveram-se, mas apenas seis chegaram à final. Além da escola mineira, havia representantes do Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Tocantins.
A escola Doutor Luiz Pinto de Almeida tem 1.230 alunos de Ensino Fundamental e participa de projetos da Secretaria de Estado de Educação, tais como o Escola de Tempo Integral, Escola Referência, Formação Inicial para o Trabalho (FIT), Projeto de Desenvolvimento Profissional (PDP) e Programa Educacional de Atenção ao Jovem (Peas).
A direção apostou na integração com a comunidade por meio de parcerias. Uma delas é com a Escola Técnica de Eletrônica de Santa Rita, em que estudantes do 9º ano têm a oportunidade de ganhar bolsas para cursos técnicos na área. A região é conhecida como Vale da Eletrônica.
Foram convidadas a diretora da Doutor Luiz Pinto de Almeida, Monica Flores de Carvalho Ribeiro, e a diretora da Superintendência Regional de Ensino de Pouso Alegre, Romilda dos Reis.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A arte do Origami - Pinheiro

Que tal você mesma fazer seus cartões de Natal ? Depois de pronto, você pode decorá-lo ou apenas escrever uma bela mensagem para os amigos. Além de ter um toque original, acalma e relaxa enquanto o Natal não vem.

Reduza, reuse e recicle - Garrafa PET

Mônica Loureiro, a Inventadeira de moda, postou essa sugestão para a organização de coisas miúdas em gavetas : bijuterias, roupas íntimas, material de escritório, etc.
Usando fundos de garrafas PET com as bordas arrematadas em crochê ou outro acabamento é possivel manter a gaveta sempre em ordem e o planeta agradece.

Bão dimais - Quiche de cebola

QUICHE DE CEBOLA

INGREDIENTES: MASSA: 100 gramas de margarina * 2 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo * 1 colher (chá) de fermento em pó
RECHEIO: 400 gramas de cebola * 2 colheres (sopa) de manteiga * 4 tiras de bacon * 3 ovos * 1 lata de creme de leite * sal * pimenta
MODO DE FAZER: MASSA: Bata a margarina e vá juntando a farinha misturada ao fermento, pouco a pouco, até que a massa fique consistente e solte completamente da vasilha. Abra a massa e forre uma forma refratária.
RECHEIO: Descasque e corte as cebolas em rodelas. Coloque a manteiga e o bacon picadinho numa panela e junte a cebola. Leve ao fogo para cozinhar e dourar. Retire do fogo e deixe esfriar. Bata os ovos ligeiramente, acrescente o creme de leite e tempere com sal e pimenta. Junte as cebolas e misture. Coloque o creme de cebolas sobre a massa e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos. Sirva quente.

Na vitrola aqui de casa - Paciência

Saúde - Estudo britânico confirma propriedade analgésica de hortelã brasileira

Uma xícara de chá de um tipo de hortelã tem propriedades analgésicas equivalentes às de alguns remédios vendidos comercialmente, concluiu um estudo feito na Grã-Bretanha por uma pesquisadora brasileira.
Há séculos, a erva Hyptis crenata, conhecida como hortelã-brava e salva-de-marajó, vem sendo utilizada na medicina popular no Brasil para tratar desde dores de cabeça e estômago até febre e gripe.
Liderada pela brasileira Graciela Rocha, a equipe da Universidade de Newcastle, no nordeste da Inglaterra, fez estudos com ratos e provou que a prática popular tem base científica.
O estudo foi publicado na revista científica Acta Horticulturae. Graciela Rocha está apresentando seu trabalho no International Symposium on Medicinal and Nutraceutical Plants em Nova Déli, na Índia.

Tradição

De forma a reproduzir os efeitos do tratamento da maneira mais precisa possível, a equipe fez uma pesquisa no Brasil para descobrir como a erva é preparada tradicionalmente e que quantidades devem ser ingeridas.
O método mais comum de uso é ferver a folha seca em água durante 30 minutos e deixar que o líquido esfrie entes de bebê-lo. Os pesquisadores descobriram que quando a erva é ingerida em doses similares às indicadas na medicina popular, ela é tão efetiva em aliviar a dor como uma droga sintética, do tipo aspirina, chamada indometacina.
A equipe pretende agora iniciar testes clínicos para descobrir quão efetiva a erva é no alívio da dor em humanos. "Desde que os homens começaram a andar na Terra, temos procurado plantas para curar nossas aflições", disse Graciela Rocha. "Na verdade, calcula-se que mais de 50 mil plantas sejam usadas no mundo com fins medicinais"."
Além disso, mais de a metade de todos os remédios vendidos com receita são baseados em uma molécula que ocorre naturalmente em alguma planta. O que fizemos foi pegar uma planta que é amplamente usada para tratar a dor com segurança e provar cientificamente que ela funciona tão bem como algumas drogas sintéticas", disse Rocha. "O próximo passo é descobrir como e por que a planta funciona".

Sabor da Infância

Graciela disse que se lembra de ter tomado o chá como cura para todas as doenças da sua infância. Ela disse: "O sabor não é o que a maioria das pessoas na Grã-Bretanha reconheceriam como hortelã. Na verdade, ela tem um gosto mais parecido com o da sálvia, que é uma outra erva da família das mentas. Não é muito gostoso, mas remédios não tem de ser gostosos, não é?"
A presidente da Chronic Pain Policy Coalition, entidade britânica que trabalha para combater a dor crônica, disse que a pesquisa é interessante. "São necessários mais estudos para identificar a molécula envolvida, mas este é um estudo interessante sobre um possível novo analgésico para o futuro", disse Beverly Collett.
"Os efeitos de substâncias semelhantes à aspirina são conhecidos desde que os gregos, na Antiguidade, relataram o uso da casca do salgueiro para cortar a febre".
(BBC Brasil.com)

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A arte do Origami - Coração com asas

Boas dobras....

Na vitrola aqui de casa - Don't know why

Serviço - Governo passará a analisar substância cancerígena em refrigerantes

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento começará a analisar a presença de benzeno (substância potencialmente cancerígena) em refrigerantes.
Atualmente não há testes oficiais para detectar a substância nas bebidas, tampouco limites estabelecidos na legislação --uma resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de 2007 normatiza apenas os níveis de ácido benzoico (que, junto com o ácido ascórbico, se transforma em benzeno).
O ministério, que registra e fiscaliza os alimentos no país, afirmou que está desenvolvendo em sua rede oficial de laboratórios uma metodologia de análise para detecção da substância em refrigerantes.
A perspectiva é iniciar os trabalhos de validação do processo em 2010, mas ainda não há data para a implantação das análises de forma sistemática. A Anvisa informa que não há previsão de edição de resolução sobre o benzeno.
O Ministério Público Federal está investigando a presença da substância nas bebidas e determinará a realização de um teste para a confirmação dos resultados divulgados pela Pro Teste --Associação Brasileira de Defesa do Consumidor.
Dois dos 24 refrigerantes testados (Sukita Zero e Fanta Laranja Light) pela entidade apresentaram concentrações acima dos limites aceitáveis para serem considerados próprios para consumo.
(MARY PERSIA - Folha Online em 25/11/2009)
Observação: Já postei o teste realizado pela Pro Teste.

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Fernando Pessoa

Nada mais lindo do que Maria Betânia dizendo os textos de Fernando Pessoa. Faz bem ao coração e à alma... Aqui ela recita parte do poema Cartas de Amor.




Cartas de amor

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Fernando António Nogueira Pessoa nasceu em 1888, em Lisboa, aí morreu em 1935, e poucas vezes deixou a cidade em adulto, mas passou nove anos da sua infância em Durban, na colônia britânica da África do Sul, onde o seu padrasto era o cônsul Português. Pessoa, que tinha cinco anos quando o seu pai morreu de tuberculose, tornou-se num rapaz tímido e cheio de imaginação, e num estudante brilhante.
Pouco depois de completar 17 anos, voltou para Lisboa para entrar na universidade, que cedo abandonou, preferindo estudar por sua própria conta, na Biblioteca Nacional, onde leu sistematicamente os grandes clássicos da filosofia, da história, da sociologia e da literatura (portuguesa em particular) a fim de completar e expandir a educação tradicional inglesa que recebera na África do Sul.
Respeitado em Lisboa como intelectual e como poeta, publicou regularmente o seu trabalho em revistas, boa parte das quais ajudou a fundar e a dirigir, mas o seu gênio literário só foi plenamente reconhecido após a sua morte. No entanto, Pessoa estava convicto do próprio gênio, e vivia em função da sua escrita. Embora não tivesse pressa em publicar, tinha planos grandiosos para edições da sua obra completa em Português e Inglês e, ao que parece, guardou a quase totalidade daquilo que escreveu.
Familiares de Pessoa descreveram-no como afetuoso e bem humorado, mas firmemente reservado. Ninguém fazia ideia de quão imenso e variado era o universo literário acumulado no grande baú aonde ele ia guardando os seus escritos ao longo dos anos.
O conteúdo desse baú - que hoje constitui o Espólio de Pessoa na Biblioteca Nacional de Lisboa - compreende os originais de mais de 25 mil folhas com poesia, prosa, peças de teatro, filosofia, crítica, traduções, teoria linguística, textos políticos, horóscopos e outros textos sortidos, tanto datilografados como escritos ou rabiscados ilegivelmente à mão, em Português, Inglês e Francês. Pessoa escrevia em cadernos de notas, em folhas soltas, no verso de cartas, em anúncios e panfletos, no papel timbrado das firmas para as quais trabalhava e dos cafés que frequentava, em sobrescritos, em sobras de papel e nas margens dos seus textos antigos. Para aumentar a confusão, escreveu sob dezenas de nomes, uma prática - ou compulsão - que começou na infância. Chamou heterônimos aos mais importantes destes "outros", dotando-os de biografias, características físicas, personalidades, visões políticas, atitudes religiosas e atividades literárias próprias. Algumas das mais memoráveis obras de Pessoa escritas em Português foram por ele atribuídas aos três principais heterônimos poéticos - Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos - e ao "semi-heterônimo" Bernardo Soares, enquanto que a sua vasta produção de poesia e prosa em Inglês foi, em grande parte, creditada aos heterônimos Alexander Search e Charles Robert Anon, e os seus textos em francês ao solitário Jean Seul. Os seus muitos outros alter-egos incluem tradutores, escritores de contos, um crítico literário inglês, um astrólogo, um filósofo e um nobre infeliz que se suicidou. Havia até um seu "outro eu" feminino: a corcunda e perdidamente enamorada Maria José. No virar do século, sessenta e cinco anos depois da morte de Pessoa, o seu vasto mundo literário ainda não está completamente inventariado pelos estudiosos, e uma importante parte da sua obra continua à espera de ser publicada.
(Fonte Casa Fernando Pessoa)

Dica de diversão - 7º Festival Natalino de Corais

PROGRAMAÇÃO

01- Coral Sagrado Coração de Jesus-Caxambu-MG
Regência: Genivaldo Correa

02- Coral Vocacional Santa Cruz-Juiz de Fora-MG
Regência:Sirley Aparecida Fontes de Souza

03-Coral Artecanto-Perdões-MG
Regência: Nelson José Pereira Teodoro

04-Coral Cantinho da Boca e Madrigal Mulheres das Gerais-Pouso Alegre-MG
Regência: Ciça Amoroso

05- Coral Vozes em Canto-Oliveira-MG
Regência: Maria Íris Teixeira Silveira
Regência auxiliar: Eduardo Ribeiro

06- Coral Montserrat-Baependi-MG
Regência: Fernando Serva Fernandes Filho

07-Coral do Inatel-Santa Rita do Sapucaí-MG
Regência: Ana Paula Carvalho Souza (Puiu)

08- Conjunto de Câmara e Coro Canto das Gerais-São Lourenço-MG
Regência: Paulo Freitas

09-Coral Vozes de Minas-Caxambu-MG
Regência:Henrique de Jesus

10-Coral do Centro de Convivência da Feliz Idade-Nova Friburgo-RJ
Regência: Jofre Fernando Silva

11-Coral Bach-São Lourenço-MG
Regência: Maria Bernadete Guimarães

12-Grande Coral (Glória in Excelsis Deo)

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Gostei... - 1000 visitas

No dia 14/10/2009 comecei esse blog. Como já disse, estou aposentada e queria brincar com as palavras e dividir as minhas preferências com outras pessoas.
Não tinha a pretensão de receber tantas visitas. Agradeço a todos os leitores que dão uma passadinha por aqui e quero que saibam que esse ato me estimula a procurar sempre textos, músicas e poemas que possam contribuir para o crescimento de cada um, em especial.

TV saudade - Agente 86


Com o sucesso de James Bond na década de 1960, os produtires Lenard Stern e Dan Melnick, associados a Mel Brooks e Buck Henry, idealizaram uma série de TV cômica com os mesmos temas, espionagem e Guerra Fria.
O episódio-piloto foi rodado em preto e branco. A história começa exatamente como os demais episódios, com o Agente 86 indo para o escritório secreto, atravessando várias portas.
Agente 86 durou cinco temporadas, de 1965 a 1970, ganhando sete prêmios Emmy, dois para seriado cômico e três para Don Adams. Foram produzidos cento e trinta e oito episódios de vinte e quatro minutos. No Brasil, foi exibido primeiro pela TV Record e depois, em reprise, pela TV Bandeirantes.
O herói se chamava Maxwell "Max" Smart e, interpretado por Don Adams, atuava para uma organização secreta chamada C.O.N.T.R.O.L.E. Esta possuía como missão combater a organização criminosa K.A.O.S.
Smart possuía como código o número 86 e era auxiliado por uma bela agente cujo número era 99. Costuma-se dizer que era a agente 99 quem resolvia tudo e Smart ficava com os créditos (embora essa versão seja um pouco exagerada, na realidade o agente 86 resolvia tudo, mas do seu jeito atrapalhado).
Assim como James Bond, Smart tinha uma série de equipamentos especiais como o sapato-fone e o escudo invisível de sua casa. Além disso, havia o impagável cone do silêncio, que ele usava para conversar com o chefe sobre assuntos sigilosos, mas era tão ruidoso que um não podia ouvir o outro.

Bão dimais - Pavê de Abacaxi

Pavê de Abacaxi

INGREDIENTES: CREME: 1 lata de leite condensado * 1 vez a mesma medida de leite * 3 gemas * 2 colheres (sopa) margarina * 1 lata de creme de leite * 1 lata abacaxi em calda picada * 200 gramas de biscoitos champanhe
COBERTURA: 3 claras * 1 lata de creme de leite sem soro * 4 colheres (sopa) açúcar
MODO DE FAZER: CREME: Misture o leite condensado, o leite, as gemas e a margarina. Leve ao fogo, mexendo sempre. Retire do fogo e acrescente o creme de leite sem soro.
COBERTURA: Bata as claras em neve, adicione o açúcar e bata bem. Acrescente o creme de leite.
MONTAGEM: Coloque os biscoitos umedecidos na calda de abacaxi num refratário, cubra com o creme. Adicione sobre o creme alguns pedaços de abacaxi. Coloque a cobertura e o restante do abacaxi. Leve à geladeira e sirva no dia seguinte.

Na vitrola aqui de casa - Traduzir-se

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Elisa Lucinda


Credo
De tal modo é, que eu jamais negá-lo poderia:
sou agarrada na saia da poesia!
Para dar um passeio que seja,
uma viagem de carro, avião ou trem,
à montanha, à praia, ao campo,
uma ida a um consultório com qualquer possibilidade,
ínfima que seja, de espera,
passo logo a mão nela pra sair.
É um Quintana, uma Adélia, uma Cecília, um Pessoa
ou qualquer outro a quem eu ame me unir.
Porque sou humano e creio no divino da palavra,
pra mim é um oráculo a poesia!
É meu tarô, meu baralho, meu tricot,meu i ching,
meu dicionário, meu cristal clarividente, meus búzios,
meu copo d'água, meu conselho, meu colo de avô,
a explicação ambulante para tudo o que pulsa e arde.
A poesia é síntese filosófica,
fonte de sabedoria,
e bíblia dos que, como eu,
crêem na eternidade do verbo,
na ressurreição da tarde e na vida bela.
Amém!...
(Elisa Lucinda)

Saúde - Estudo liga meditação a menor risco de ataque em cardiopata

Praticar meditação pode ajudar a reduzir quase pela metade o risco de sofrer um ataque cardíaco ou um AVC (acidente vascular cerebral) em pacientes com doença cardiovascular. Esse é o resultado de um estudo apresentado no congresso da American Heart Association, realizado em Orlando.
Segundo os autores da pesquisa, feita no Medical College of Wisconsin e patrocinada pelo instituto americano de saúde, trata-se do primeiro estudo controlado que constatou os benefícios a longo prazo da técnica sobre eventos no coração.

Editoria de Arte/Folha Imagem

Os pesquisadores acompanharam 201 pacientes, com idade média de 59 anos, durante cinco anos. Todos tinham aterosclerose (depósito de gordura nas paredes das artérias).
Eles foram separados em dois grupos. Um foi submetido a um programa de meditação transcendental, praticado duas vezes por dia durante 15 ou 20 minutos. O outro foi considerado o grupo controle. Todos continuaram recebendo os remédios que já tomavam.
Ao final do período, no grupo que praticou meditação houve 20 eventos, como ataques cardíacos, derrames e mortes. Entre os demais, foram 32. Os que meditaram também tiveram uma redução da pressão arterial de cinco milímetros de mercúrio (a medida usada para pressão), em média.
"A meditação tem um efeito antiestresse, com queda nos níveis de cortisol e adrenalina", explica o psicólogo José Roberto Leite, chefe do núcleo de medicina comportamental da Universidade Federal de São Paulo.
Sabe-se que os hormônios relacionados ao estresse (como o cortisol e a adrenalina) interferem no metabolismo e aumentam a frequência cardíaca, a pressão arterial e os níveis de gorduras --o que tem um impacto direto na saúde cardiovascular. A longo prazo, os efeitos do estresse também abalam o sistema imunológico.
"É um trabalho científico sério que corrobora o que já se observava na prática", diz o cardiologista Carlos Alberto Pastore, do InCor (Instituto do Coração). Segundo ele, qualquer atividade que alivie o estresse reduz também o risco cardíaco.
"A pessoa que medita consegue enfrentar melhor o estresse", diz Norvan Leite, médico especialista em medicina chinesa e responsável pela implantação da primeira sala de meditação em um hospital público e pelo serviço de acupuntura no Hospital do Servidor Público Municipal, em São Paulo. "A prática altera o organismo como um todo", observa.

Depressão

Outro estudo sobre o assunto, publicado no periódico científico "American Journal of Hypertension", demonstrou que a meditação também é eficaz para reduzir a pressão arterial, a ansiedade e a depressão. A pesquisa, feita na American University, em Washington, acompanhou por três meses 298 estudantes universitários, divididos em dois grupos.
"A meditação promove mudanças neuroquímicas significativas com a liberação de endorfinas", completa José Roberto Leite, da Unifesp.
Segundo o psicólogo, após um mês de prática regular é possível observar alguns benefícios. "Mas deve-se encarar a meditação como a alimentação ou a atividade física e incorporá-la à rotina", afirma.
(GABRIELA CUPANI da Folha de S.Paulo em 24/11/2009)

Truques e quebra-galhos - Máquina de lavar roupas precisa de limpeza interna com água sanitária

Elas vivem cheias de água e sabão e por isso podem parecer estar sempre limpas. Mas, periodicamente, as lavadoras de roupas precisam de uma higienização interna. "É preciso retirar os restos de amaciante e de detergente que ficam impregnados", diz Marcelo Fischer, gerente-geral de tecnologia de lavanderia da Brastemp.
Basta pôr na máquina vazia cerca de meio litro de água sanitária e ligá-la no ciclo normal com nível de água alto. Repita o processo a cada dois meses.
Para a limpeza externa, Fischer recomenda apenas passar um pano com água e sabão neutro. Nunca use produtos abrasivos ou à base de solventes.
Os filtros, que retêm os fiapos que se soltam das roupas, também devem ser limpos freqüentemente apenas com água.Outra dica para manter a máquina em bom estado é usar a dosagem certa de amaciante e detergente -espuma em excesso só atrapalha. Escolha produtos de boa qualidade. "Produtos de má procedência podem entupir os componentes e deixar a máquina mais impregnada de gordura", diz Fischer.
Ele lembra ainda da necessidade de remover objetos (como moedas e clipes), de fechar os zíperes para evitar arranhar o cesto e de distribuir as peças uniformemente, com as mais volumosas no fundo.
Por último, há outra dica importante que só 20% dos consumidores levam em conta, diz Fischer: ler o manual de instruções. "Ele traz todos os passos para uma maior durabilidade."
(Folha de são Paulo em 21/02/2008)

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Cecília Meireles


Encomenda


Desejo uma fotografia
como esta - o senhor vê? - como esta:
em que para sempre me ria
como um vestido de eterna festa.

Como tenho a testa sombria,
derrame luz na minha testa.
Deixe esta ruga, que me empresta
um certo ar de sabedoria.

Não meta fundos de floresta
nem de arbitrária fantasia...
Não... Neste espaço que ainda resta,
ponha uma cadeira vazia.

(Cecília Meireles)

Na vitrola aqui de casa - Stand by me

Saúde - Veja o que ajuda e o que atrapalha a memória

Falhas de memória costumam ficar mais marcantes na meia-idade, mas há uma série de estratégias e hábitos para ajudar a manter vivas as lembranças.

O QUE AJUDA A MEMÓRIA

MEMORIZAÇÃO
É possível treinar a memória para melhorar o desempenho. Os exercícios vão desde criar associações para se lembrar de uma informação (por exemplo, ligar uma imagem ao nome de alguém) até ler um livro sublinhando as informações mais importantes e revisá-las mentalmente horas depois.
MANTER-SE ATIVO
O trabalho intelectual estimula a produção de novos neurônios. No entanto, a repetição diária de cálculos complexos não é tão efetiva. É preciso que a pessoa sustente um aprendizado ou a aquisição de novas habilidades (tal como o estudo de uma nova língua), ou o envolvimento com atividades criativas.
EXERCÍCIO FÍSICO
A atividade física contribui para o bom funcionamento do sistema circulatório, favorecendo o fluxo de sangue e a oxigenação do cérebro. Estudos apontam que o exercício também promove novas associações neuronais, ajudando na preservação das funções cognitivas. Indiretamente, é benéfico por ajudar a controlar doenças (como as cardiovasculares) que são fatores de risco para distúrbios neurocerebrais.
SAÚDE VASCULAR
Já foi dito que o que faz bem ao coração beneficia também a mente. É verdade. Estudos recentes mostram que o colesterol elevado na meia-idade aumenta o risco de Alzheimer na velhice. O desempenho das funções cerebrais está diretamente associado ao fluxo sanguíneo nessa região. Controlar o colesterol, que "entope" os vasos com gordura, e a pressão arterial ajuda a preservar as funções da memória e as cognitivas em geral.
DIETA
A dieta rica em ômega-3, encontrado principalmente em peixes de águas geladas, fornece matéria-prima para a produção de novos neurônios. Além disso, o cozimento do pescado forma quantidades muito mais baixas de aminas heterocíclicas (substâncias que degeneram as células nervosas) do que o de outras carnes.
LAZER CRIATIVO
Atividades de lazer que envolvem habilidades motoras (como artesanato) ou aspectos intelectuais (como ler livros ou ir ao cinema) levam à criação de novas ligações entre os neurônios. Isso cria novos "atalhos" no cérebro para as informações serem armazenadas e lembradas posteriormente. A aquisição de novos conhecimentos e habilidades aumenta a reserva cognitiva do cérebro.

O QUE AFETA A MEMÓRIA

DEPRESSÃO
Além de o estado de apatia levar a um pior desempenho nas tarefas cognitivas, as alterações na atenção causadas pelo quadro depressivo fazem com que a pessoa não memorize bem informações recentes. As alterações nos neurotransmissores associadas à depressão teoricamente também podem interferir nos processos de memorização.
ESTRESSE
Quando o estresse emocional se prolonga por muito tempo, causa o bloqueio da produção de novos neurônios e facilita a degeneração dos existentes, afetando a memória. Já o estresse transitório tem repercussão limitada, mas reduz a capacidade de concentração nas tarefas que estão sendo realizadas. Ele também provoca a liberação de maiores quantidades de cortisol, que afeta áreas do hipocampo associadas à memória secundária.
MEDICAMENTOS
Alguns medicamentos, como os ansiolíticos, interferem na memória. Se as dificuldades relacionadas a essa capacidade forem muito marcantes, o médico deve ser consultado e o remédio, substituído. Medicamentos que causam uma diminuição temporária de atenção (por exemplo, anti-histamínicos) podem dificultar a memorização, mas o efeito é passageiro.
SONO
Os estímulos recebidos pelo cérebro ao longo do dia se fixam durante o sono, que forma novas associações de neurônios. Dormir menos do que o necessário ou ter pequenos despertares prejudica a memorização. Distúrbios do sono também levam a deficits de atenção nos períodos de vigília; sem atenção,novas informações não são absorvidas.
DIETA
O cozimento de carnes leva à formação de aminas heterocíclicas, as quais criam ligações irreversíveis com o DNA. O resultado é a degeneração acelerada das células nervosas, que se manifesta mais em idades mais avançadas, devido aos efeitos cumulativos. Quanto mais alta a temperatura do fogo, maior o efeito deletério, por isso grelhados e frituras não devem ser consumidos com frequência.
(Fontes: CÍCERO COIMBRA e MARTÍN CAMMAROTA, neurologistas, CÁSSIO BOTTINO, psiquiatra, e KATIA OSTERNACK, neuropsicóloga)
(RACHEL BOTELHO - Folha de S.Paulo em 19/11/2009)

Santa Rita é notícia - Produtos a serem lançados pelas indústrias de Santa Rita

Já no próximo ano, a GT, empresa do Vale da Eletrônica em Santa Rita do Sapucaí, no Sul do estado, pretende lançar no mercado o Ecoenergy, sistema que vai por fim ao consumo indesejado dos aparelhos eletrônicos que ficam em modo de repouso, conhecido como stand by. A promessa é de redução de até 95% na despesa gerada pelo modo de repouso. “Hoje, um receptor de TV a cabo gasta, em média, 10 watts/hora mesmo desligado. Com o uso do Ecoenergy esse gasto vai passar para 0,5 watts/hora. Na conta de luz, que pode ter pelo menos 15% do seu valor representado por consumo em stand by, essa parcela passará para apenas 0,2%”, afirma Frederico Ferrão, diretor de desenvolvimento da GT.
Para isso, basta que os consumidores comprem um adaptador que será ligado à tomada e conectará aparelhos que consumam até 1000 watts/hora em funcionamento normal. O Ecoenergy também terá um controle individual que sinalizará se os aparelhos ali conectados estão ligados ou em repouso. “Quando a pessoa mandar o comando de standby, ele simulará que a TV, decodificador ou DVD foram desligados. Portanto, não haverá gasto de energia. O consumo de 0,5 watts/hora será somente o do Ecoenergy”, explica. Espera-se que o custo, estimado em R$ 70 a R$ 75, possa ser ressarcido em cerca de sete meses.
Ainda com a intenção de aumentar o controle da conta de luz, a Inovale, também localizada em Santa Rita do Sapucaí, se prepara para comercializar o Econo$ensor, display digital que vai informar, em Reais, a quantidade de energia consumida na casa. “Por enquanto o Econo$ensor apenas mede a energia gasta e mostra o valor financeiro a ser pago em reais, mas a intenção é que a pessoa seja informada quanto está gastando por setor da casa ou comércio, seja na tomada, chuveiro e geladeira e até que controle a fuga de energia”, explica Pedro Ribeiro, um dos idealizadores do projeto juntamente com Dênio Vilela de Lima e um grupo de alunos do Instituo Nacional de Telecomunicações (Inatel). O aparelho, com valor previsto de R$ 100 a R$ 150, ainda permitirá o estabelecimento de metas de consumo e informará se o valor estabelecido já foi ultrapassado.
(Fonte: elétrica.info)

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Tv saudade - A ilha da fantasia


Em 1978, nos EUA, estreou a série Ilha da Fantasia. Criada por Aaron Spelling foi originalmente criada para ser um filme mas depressa ganhou o formato de série.Em1 57 episodios a série contava a história do misterioso Sr. Roark dono de uma ilha e que supostamente podia concretizar os sonhos daqueles que visitavam a ilha.Por 50.000 dólares pessoas ricas e famosas aterravam na Ilha e aí realizavam os seus sonhos.cada episodio começava com Tatoo , o famoso anão, a tocar o sino e a gritar ” Olha o avião! Olha o avião!”. Este era o sinal para o Sr. Roak chegar e os dois vestidos de smoking branco receberem os novos hospedes.Enquanto os hospedes recebiam as regras o Sr. Roark explicava a Tatoo qual era o desejo de cada um.Ser mais bonita , encontrar um amor antigo foram alguns dos desejos realizados, cada epísodio contava a história de dois desses hospedes.
“A lição de moral era que mesmo tendo todas as suas fantasias ou sonhos realizados, ainda assim podemos ficar infelizes porque o que importa mesmo é como somos por dentro…”
(http://www.espaçoseries.com/)

Fiquei muito triste quando li isso - Falecimento da Dona Lourdes

Ao meu grande amigo Teteu e família, o meu abraço de consolo nessa hora de dor e tristeza. Que Deus ampare a todos.

Na vitrola aqui de casa - How insensitive

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Mario Benedetti

Conheci a poesia de Mario Benedetti em um passeio por Montevidéu. Fiquei encantada com a doçura e sensibilidade de seus poemas. Ele é muito querido por lá. Foi por muito tempo casado com Luz López (quer coisa mais linda do que se chamar Luz e poder ouvir:_ Você é a Luz da minha vida?). Ouça o poema na voz do próprio poeta.




Tática e estratégia
Minha tática é
olhar-te
aprender como tu és
querer-te como tu és

minha tática é
falar-te
e escutar-te
construir com palavras
uma ponte indestrutível

minha tática é
ficar em tua lembrança
não sei como nem sei
com que pretexto
porém ficar em ti

minha tática é
ser franco
e saber que tu és franca
e que não nos vendemos
simulados
para que entre os dois
não haja cortinas
nem abismos

minha estratégia é
em outras palavras
mais profunda e mais
simples
minha estratégia é
que um dia qualquer
não sei como nem sei
com que pretexto
por fim me necessites.

Mario Benedetti nasceu em 1920 em Tacuarembó, Uruguai. Em 1960, com a publicação de La tregua, alcança reconhecimento internacional, com mais de uma centena de edições traduzidas em 19 idiomas e levada ao cinema, ao teatro, ao rádio e à televisão. Em 1973 teve que abandonar o seu país por razões políticas; viveu na Argentina, em Cuba, no Peru e em Espanha. A sua vasta produção literária abrange todos os géneros, incluindo famosas letras de canções. A poesia de Benedetti renova a linguagem dos sentimentos, diz com uma voz original aquilo que todos sentimos.
Mario Benedetti faleceu aos 88 anos em Montevidéu, no dia 18 de Outubro de 2009.

Saúde - Minas aplica vacina contra a meningite

Meio mililitro que pode salvar vidas. A partir do dia 28, uma simples picada de agulha vai imunizar crianças de até 2 anos contra um mal que deixa sequelas permanentes: a meningite tipo C. Numa parceria com um laboratório internacional, como antecipou o Estado de Minas em setembro, Minas vai ser o primeiro estado do país a produzir a vacina contra a doença, via Fundação Ezequiel Dias, e já no último sábado de novembro deve começar a aplicação de doses em 540 mil crianças.Antes da assinatura do convênio, a medicação só era oferecida na rede privada , custando, em média, R$ 150 a dose. Em Minas, o investimento de R$ 16 milhões na compra da tecnologia e construção de uma fábrica, no Bairro Gameleira, Oeste de BH, vai permitir a autossuficiência na produção. A expectativa é de que, a partir do segundo semestre de 2010, esteja pronto o primeiro lote de 1 milhão de doses, para atender o calendário de imunização. Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual, Luiz Felipe Caram, primeiro será imunizada a faixa etária de maior risco. “É uma garantia de qualidade de vida para as crianças, que não correm o risco de ter sequelas que muitas vezes dificultam a fala, a audição e a locomoção.”
A vacinação maciça será dia 28, das 8h às 17h, em todos os municípios do estado. Gratuitamente, as doses serão distribuídas entre 4 mil postos de saúde do interior, sendo 217 na capital. A orientação é que os pais levem o cartão de vacinação para orientação em campanhas futuras. Crianças com até 12 meses, passados dois meses da primeira aplicação, terão que voltar ao posto para reforçar a dose.
Antes da vacinação maciça, a imunização só era ofertada em casos emergenciais de surto. Com os investimentos em Minas, a expectativa é fornecê-la para outros estados e até para outros países a custo reduzido. A estimativa é de que a dose custe até cinco vezes menos do que o valor cobrado por laboratórios. “Os recursos da comercialização podem ser reinvestidos na área da saúde, o que permite novas pesquisas em outras vacinas”, diz Caram. Além de proteger contra a meningite C, a Funed deve produzir remédios para o tratamento da hepatite C, de doentes renais crônicos e transplantados.
Ingrid Lara Gonçalves Barbosa, de 5 meses, foi a primeira a ser imunizada em Minas, durante lançamento da campanha, na quarta-feira, pelo governador Aécio Neves, no Palácio da Liberdade. Segundo a técnica de segurança do trabalho Sirlene Melo Gonçalves, mãe da criança, sua filha mais velha teve de ser vacinada em clínica particular.
(Pedro Rocha Franco - Estado de Minas em 19/11/2009)

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

TV saudade - Anos Incríveis

Anos incríveis (em inglês: The Wonder Years) foi uma série americana de televisão criada por Carol Black e Neal Marlens. Durou seis temporadas na rede americana ABC, de 1988 a 1993.
Anos incríveis apresentou as questões sociais e os eventos históricos do final dos anos 60 e início dos anos 70 através dos olhos do protagonista Kevin Arnold, que também vive os assuntos da adolescência (principalmente com seu grande amigo Paul e sua paquera, Winnie Cooper), problemas familiares e outros. Enquanto se passam as histórias, os acontecimentos são narrados por um Kevin mais velho e experiente, que descreve o que acontece e conta o que aprendeu de suas experiências. Esta técnica serviu de inspiração a outras séries.
A música de abertura é uma versão de Joe Cocker da música dos Beatles With a Little Help from My Friends.
Quem nunca se arrepiou ou se emocionou ao ver aquele garotinho de 12 anos viver exatamente aquilo que já vivemos um dia? Pois é, sem duvida todo mundo já viu pelo menos um episódio ou acompanhou a série Anos Incríveis. Alguns como eu, devem ser apaixonados pela série, mas não é difícil saber por quê. Anos Incríveis trata de um tema atual na cabeça de todos nós, os conflitos, as descobertas, as lembranças da juventude. Fala da família e de seus desencontros, e mostra a beleza da vida que por muitas vezes sozinhos não conseguimos enxergar. Quem nunca se apaixonou pela professora, ou andou com má companhia? Quem nunca se envolveu com uma pessoa qualquer prá fazer ciúme em quem você acreditava ser o grande amor da sua vida? Era assim a vida de Kevin Arnold e sua família entre os anos 60 e 70 no subúrbio dos Estados Unidos, uma época mágica, encantadora, realmente Anos Incríveis!
A série Anos Incríveis foi produzida entre os anos de 1988 e 1993 nos Estados Unidos e dividida em 6 temporadas. No Brasil foi exibida de uma só vez entre 1994 e 1995 pela Tv Cultura ( canal 2 de São paulo ), e mais tarde pelo Canal 21 ( emissora pertencente a Tv Bandeirantes ).
(http://www.macamp.com.br/)

A arte do Origami - Porco

Esse também não é difícil. É só seguir o diagrama passo-a-passo.


Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Cecília Meireles

Hoje é dia dos prediletos. Depois da canção, o poema preferido.



Retrato

Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo.
Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração que nem se mostra.
Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
Em que espelho ficou perdida a minha face?
(Cecília Meireles)

Na vitrola aqui de casa - Como nossos pais

Hoje, minha canção predileta.

Santa Rita é notícia - Escola mineira ganha o Destaque Brasil em Gestão Escolar

A Escola Estadual Doutor Luiz Pinto de Almeida, de Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas ganhou o Prêmio Referência Nacional em Gestão Escolar – Destaque Brasil, divulgado nesta quarta-feira (11), em Brasília. Concedido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), pela União Nacional dos Dirigentes de Educação (Undime) e pela Unesco e promovido pela Fundação Roberto Marinho, o prêmio incentiva um processo de melhoria contínua da escola e uma cultura de autoavaliação escolar. Este ano, 1.900 escolas, de 21 estados, inscreveram-se, mas apenas seis chegaram à final. Além da escola mineira, havia representantes do Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Tocantins.
A Escola tem 1.230 alunos de Ensino Fundamental e participa de vários projetos da Secretaria de Estado de Educação (SEE), tais como o Escola de Tempo Integral, Escola Referência, Formação Inicial para o Trabalho (FIT), Projeto de Desenvolvimento Profissional (PDP) e Programa Educacional de Atenção ao Jovem (Peas). O caráter participativo da escola se reflete nos resultados das avaliações externas nacionais e estaduais. No Proalfa deste ano, teste que avalia a capacidade de leitura e escrita dos estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental, a Doutor Luiz Pinto obteve a média de proficiência de 680,04. Foi uma das maiores do Estado, que teve média geral de 551.
No Proeb de 2008 a escola também se destacou. Em português a instituição conseguiu uma média de proficiência de 249,90, enquanto a média estadual ficou em 204,80. Já na avaliação de matemática a média foi de 298,49, enquanto a média da do estado ficou em 218,20. A participação dos alunos no Proeb nas duas avaliações foi próxima aos 100%.
Localizada em Santa Rita do Sapucaí, a Escola Estadual Doutor Luiz Pinto de Almeida apostou na integração com a comunidade para promover o desenvolvimento. A partir de várias parcerias com outras instituições, a escola ampliou seu leque de atuação e criou vários projetos. Uma das parcerias é com a Escola Técnica de Eletrônica da cidade. Como a região tem o apelido de Vale da Eletrônica, devido à grande concentração de indústrias do setor, a escola pensou na parceria como uma forma de iniciar os estudantes na eletrônica. Alunos do 9º ano têm a oportunidade de ganhar bolsas de estudos para fazer um curso técnico na área.
Outra parceira é a Prefeitura de Santa Rita de Sapucaí. Utilizando o espaço da escola, a prefeitura oferece um curso de alfabetização de jovens e adultos que atualmente atende a uma turma de 25 estudantes. Segundo a diretora da escola, Mônica Ribeiro, as parcerias são uma forma de alcançar objetivos cada vez mais altos. "A comunidade de Santa Rita do Sapucaí é um exemplo para o Brasil. As empresas têm responsabilidade social, a comunidade é ativa na escola e a rede municipal atua de forma integrada com a estadual. Dessa forma nós conseguimos crescer cada vez mais", explica.
O primeiro lugar no Prêmio Referência Nacional em Gestão Escolar – Destaque Brasil vai render bons frutos à E.E. Doutor Luiz Pinto Almeida. A escola vai receber um prêmio de R$ 15 mil para continuar a desenvolver suas atividades. Segundo a diretora, o investimento dos recursos ainda tem que ser discutido com o colegiado, mas a ideia inicial é aplicar boa parte deste valor em capacitação de professores. "Esse sempre foi o foco da nossa escola, porque quando se capacita um professor o resultado você vê no aluno", diz.
Além disso, todos os 21 diretores de escolas que chegaram à reta final do prêmio fizeram uma viagem de intercâmbio para os Estados Unidos, onde puderam conhecer o funcionamento das escolas públicas americanas. Mônica Ribeiro retornou dos Estados Unidos para acompanhar a premiação. Na bagagem, a diretora trouxe boas ideias e a certeza de que o trabalho que faz em Santa Rita do Sapucaí está no caminho certo. "Eu fui para lá pensando que encontraria muita tecnologia, uma realidade difícil de alcançar. Eles têm projetos muito interessantes na educação, mas não estão tão distantes da nossa realidade. Eles gostaram muito dos trabalhos que fazemos aqui no Brasil também", conta Mônica.
(Agencia Minas em 11/11/2009)

terça-feira, 17 de novembro de 2009

TV saudade - Os Waltons


Quando vejo o que é oferecido para minha filha, na televisão, não sei se devo ficar triste ou entrar em pânico. Nos desenhos e/ou séries, os personagens se agridem física e verbalmente o tempo todo. É aí que bate uma saudade grande do que eu costumava assistir. Era tudo regado com sensibilidade e pureza.
Começo aqui a postar textos contando do que eu sinto saudade na TV.

Os Waltons (The Waltons) era uma série criada por Earl Hammer, Jr. baseado em seu livro "Spencer´s Mountain" e num filme de mesmo nome, de 1963. A série televisiva narrava a trajetória da família Waltons, vista pela visão do filho mais velho chamado John Boy, que iniciava narrando os acontecimentos de cada episódio.
A série começou mostrando os acontecimentos durante a depressão norte-americana de 1930, toda a pobreza e as dificuldades que família se encontrava, como eles lutavam para manter a união e conservar os sonhos de cada um dos membros dessa família. A família era composta pelo pai John, por sua esposa Olivia e seus sete filhos (John Boy, Jason, Mary Ellen, Erin, Ben, Jim Bob e Elizabeth), além da vovó (Esther) e do vovô (Zeb). Eles tinham uma pequena serraria e viviam de um pequeno ganho de suas árvores na Montanha Walton, em Virginia.
Além dos personagens que compunham a família, a série mostrava os habitantes locais como o proprietário do armazém, o xerife, as duas irmãs solteironas, entre outros. O espetáculo procurava mostrar quase todos os problemas familiares como crescimento dos filhos, casamento, escola, emprego, universidade, envelhecimento, doença, morte, entre outros, sempre com grande seriedade e também dramaticidade.
Quem assistiu à série Os Waltons, na hora de dormir deve se lembrar do "Boa Noite John Boy"; "Boa noite Mary Ellen".
Lembro-me da série sendo passada sábado, no fim da tarde, na Rede Globo (1972-1981).

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Adélia Prado

Com licença poética
Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou tão feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
- dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade da alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.

(Adélia Prado)

Na vitrola aqui de casa - What a wonderful world



Do CD "A wonderful world", simplesmente fantástico.

Bão dimais - Bolo de fubá molhadinho

Bolo de fubá molhadinho

Ingredientes: 2 e 1/2 xícaras (chá) de açúcar * 3 xícaras (chá) de fubá * 3 xícaras (chá) de leite * 1/4 xícara (chá) de óleo * 1/4 xícara (chá) de margarina * 4 ovos * 1 colher (sopa) fermento Royal
Modo de fazer: Misture todos os ingredientes, menos os ovos e o fermento, e leve ao fogo. A massa está no ponto quando se desprende do fundo da panela. Deixe de lado, esfriando. Enquanto isso, bata as claras em neve e reserve. Depois de fria, a massa recebe as gemas e o fermento. Por último, misture a ela as claras em neve e leve o bolo ao forno bem quente por 35 minutos.

A Andréa quem me mandou essa receita. Disse que é ótima. Vou testar qualquer dia.

Santa Rita é notícia - Estado libera R$ 8,7 milhões para ações na área social

Nesta terça-feira (17), às 10h, o vice-governador professor Antonio Anastasia assina convênios com prefeituras de 115 municípios mineiros, para repasse de R$ 8,7 milhões que serão aplicados em ações na área social. A solenidade contará com as presenças dos prefeitos e do secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Agostinho Patrús Filho, e será realizada no Minascentro - Rua Guajajaras, 1.022, Centro.Serão destinados R$ 4,5 milhões para 45 prefeituras instalarem 45 Centros de Atendimento Socioinfantil (Casi). Outras 85 cidades receberão R$ 4,2 milhões para implantação, reforma ou aquisição de equipamentos para os Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

Cidades que serão beneficiadas – Casi:
Araçuaí, Bambuí, Bela Vista de Minas, Boa Esperança, Caldas, Camanduacaia, Canaã, Capitão Enéas, Carmo de Minas, Catuji, Chapada do Norte, Conceição do Rio Verde, Divinolândia de Minas, Dores do Indaiá, Dores do Turvo, Igarapé, Ipaba, Itajubá, Itamarati de Minas, Itamonte, Itanhandu, Itaobim, Itinga, Jequitinhonha, João Monlevade, Lambari, Manga, Manhumirim, Matias Cardoso, Padre Paraíso, Paulistas, Piranga, Resende Costa, Rosário da Limeira, Sabará, Santa Luzia, Santa Rita do Sapucaí, Santana de Cataguases, São João Evangelista, São Miguel do Anta, São Vicente de Minas, Senador Firmino, Tocos de Moji, Toledo e Vespasiano.
(Jornal Correios dos Lagos em 17/11/2009)

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Victor Colona

Post Scriptum
Deixo para o mundo minha gastrite
Minha enxaqueca e um pouco de azia
As minhas madrugadas sem limite
E a angústia sob o sol do meio-dia.

Deixo também, como herança, a preguiça
A luxúria, o orgulho e a ironia
Uma dose de veneno e cobiça
E a descrença acrescentada à apatia.

Podem levar meus amores relapsos
Minha loucura crônica, os colapsos
E um eventual resto de alegria

Mas fica comigo aqui, resguardado
Aquele que será o meu legado
Minha alma seca e minha poesia.
Victor Colona é um jovem poeta carioca, publicou um livro e tem difundindo suas obras através do seu blog http://deitandoovebo.wordpress.com/. Descobri esse poeta através do Blog do Noblat.

Na vitrola aqui de casa - O mare e tu

Que pena que não existe mais....- Pirulito guarda-chuva


Quem não se lembra dos pirulitos em forma de guarda-chuva fechado, que uns meninos vendiam na porta do grupo escolar? O mais interessante era o artefato usado para carregar a mercadoria. Uma tábua retangular cheia de furos, presa no pescoço por uma cordinha fina. Os pirulitos eram colocados nos buracos. Acho que devia caber umas cem guloseimas.
O pirulito era feito com mel e o palito de taquara de bambu. Vinha enrolado em pedaços de papel manteiga e era bem puxa-puxa. Quando você mordia, serrando os dentes e puxava, ele esticava formando uma linha. Quanto mais você puxava, mais fino ficava o fio. Se arrebentava, grudava na sua mão e braço fazendo uma lambança só. Hoje penso que tinha três sabores: de infância, de saudade e de lembrança.

A Internet é mesmo uma maravilha. Fui procurar uma foto do pirulito e achei também a receita.

Esta receita é de D. Edna dos Santos, de São João del-Rei (Minas Gerais), e ela mesma vende os pirulitos de mel que faz. Sua receita, antiga, tornou-se rara. Durante todo dia ela faz os doces (pirulitos, cocada, pé-de-moleque, biscoito de fubá com amendoim e puxa-puxa) e, à noite, quando se certifica de que os pirulitos estão firmes no papel manteiga, vai vendê-los na rua. Com o avental branco e o tabuleiro cheio, peregrina por bares, restaurantes e estação ferroviária.

Ingredientes
• 1 kg de açúcar (cristal ou refinado)
• Suco de um limão pequeno
• 1 copo (de 200 ml) de água
• 100 ml de mel

Material
• Papel manteiga
• 60 palitos para pirulito (encontrados em lojas de festas)
• 1 caixinha de papelão

Numa chaleira, colocar a água, o suco de limão, o mel e, aos poucos, o açúcar. Levar ao fogo brando e mexer por cinco minutos. Deixar por mais 20 minutos, até obter uma calda amarela, mais consistente.
Deixar a calda descansar por cinco a dez minutos na chaleira. Cortar o papel manteiga em pedaços de 6 cm x 9 cm e enrolá-los em forma de cone, fechando no fundo para não vazar. No fundo de uma caixinha de papelão (pode ser usada uma caixa de sapatos), abrir pequenos buracos (com 2 cm de diâmetro) para encaixar os cones. Depois de preenchê-los com a calda, deixá-los esfriar por dez minutos, antes de colocar os palitos. Deixar descansar em temperatura ambiente e servir (de preferência) no dia seguinte. Rende de 50 a 55 pirulitos.

Bão dimais - Carne de geladeira

Carne de Geladeira

Ingredientes: 1 lagarto de aproximadamente 1,5 kg * 1 folha de louro * 4 tomates * 1 pimentão * 1 dente de alho * 200 gramas de azeitonas verdes * 1 cebola * 1 copo de óleo * 1 copo de vinagre * 4 colheres (sopa) de purê de tomate ou 2 colheres (sopa) de massa de tomate * pimenta * sal * cheiro verde
Modo de fazer: Depois de limpo, levar para cozinhar o lagarto em água com 1 colher (sopa) de sal e o louro por uma hora na panela de pressão. Depois de cozido, deixar esfriar, na geladeira, e fatiar bem fino. Reservar.
Picar os tomates, pimentão, azeitonas, alho, cheiro verde e cebola como para vinagrete. Levar ao fogo os ingredientes picados, menos o cheiro verde, com o óleo, o vinagre e a massa de tomate até levante fervura. Temperar com sal e pimenta a gosto. Desligar e acrescentar o cheiro verde. Colocar em um pirex com tampa, uma camada de molho e uma de carne até acabar. Levar à geladeira. Dura bastante tempo, na geladeira e é ideal para comer com pão francês.
Blog: Meu sogro adorava.

Dica de onde ir - Museu guarda memória de Pouso Alegre

Com uma trajetória de 44 anos resguardando a história da cidade sulmineira de Pouso Alegre, o Museu Histórico Municipal Tuany Toledo acaba de ganhar um espaço próprio, em que o visitante poderá conhecer um pouco mais sobre a memória do município e da região. O acervo reúne mais de 4 mil peças e é o único de Minas Gerais mantido pelo Poder Legislativo.
Uma área de 900 metros quadrados foi especialmente adaptada para receber o museu, no prédio da Câmara Municipal, na Avenida São Francisco, Bairro Primavera. Entre os destaques do acervo estão objetos, iconografia e documentação dos séculos 19 e 20, com informações importantes sobre a formação da sociedade do Sul de Minas, com especial atenção para a história de Pouso Alegre. O museu é cadastrado no Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e no Conselho Nacional de Arquivos (Conarq).
Nas novas paredes estão fotos de pouso-alegrenses de destaque no cenário brasileiro, como a de Adalberto Ferraz, que foi o primeiro prefeito Belo Horizonte, em 1897; Bernardino de Campos, duas vezes presidente do estado de São Paulo, pela última vez em 1906; Prisciliana Duarte de Almeida, uma das fundadoras da Academia Paulista de Letras, e Vinicius Meyer, ex-presidente da Imprensa Oficial de Minas Gerais (1948).

Doações

O museu está sempre recebendo novas doações e os objetos têm sido disponibilizados para a análise de várias linhas de pesquisas. As peças do cotidiano contam e recontam histórias e estão distribuídas em núcleos temáticos, como os da Revolução de 1932, da Segunda Guerra Mundial e da diocese da cidade. São objetos pessoais, domésticos, fardamentos e aparatos religiosos. O núcleo mais expressivo é formado por jornais da primeira metade do século 19. Entre eles está o Pregoeiro Constitucional, editado pelo padre Senador José Bento, datado de 1834.
A ideia de reunir todo esse acervo partiu de Alexandre de Araújo, atualmente diretor do museu. Tudo começou em 1965, quando Alexandre resolveu fazer uma mostra de objetos na Casa Vitale, na época, instalada na Avenida Doutor Lisboa, para comemorar o aniversário de 117 anos de Pouso Alegre. Em maio de 1984, foi criada a galeria para exposição de fotos, documentos e antiguidades de Pouso Alegre, e, no ano seguinte, a Galeria Tuany Toledo. Em 2 de abril de 1990, pela Resolução 368, da Câmara de Vereadores, o espaço ganhou a denominação Museu Histórico Municipal Tuany Toledo.
“Contar o passado de Pouso Alegre era um sonho que eu tinha desde criança. Hoje, sou uma pessoa feliz por ter contribuído com a cidade e, agora, no prédio novo, vamos continuar o nosso trabalho de preservação da cultura”, afirma Alexandre.
Entre as novidades que o local pretende oferecer nos próximos meses está um site em que pesquisadores e a comunidade em geral poderão pesquisar no arquivo digital. “Estamos digitalizando todos os documentos para que o acesso fique mais fácil. Também pretendemos promover exposições temporárias”, comentou a coordenadora técnica da instituição, Suely Ferrer.
(Patrícia Rennó – Estado de Minas em 15/11/2009)

domingo, 15 de novembro de 2009

Modos e modas - Como se Vestir para Entrevista de Emprego

A conquista por uma oportunidade de trabalho nem sempre é tão fácil, devido a isso, é importante levar em consideração todos os requisitos que possam auxiliar na conquista da vaga de emprego. Alguns aspectos devem ser levados em conta, como do modo de se portar, idéias, como falar diante do entrevistador e o vestuário não fica de fora, pelo contrário é um dos fatores de imposição mais importantes.
A aparência, conquistada pelas roupas escolhidas, demonstra nossa capacitadade e confirma as citações do currículo ou revela se atendemos às expectativas necessárias para ocupar o cargo do trabalho. Antes de iniciarmos um diálogo ou nos apresentarmos, já estamos nos comunicando visualmente, por meio das roupas.
Para as mulheres, indica-se que vistam camisas, calças sociais, tailleur, terno ou cashmere para os ambientes de trabalho mais formais. Para os menos formais, saias retas ou godês (na altura do joelho), calça risca de giz, cardigan, vestido de modelagem reta até o joelho, coletes, blusas meia manga e, dependendo da informalidade do local o jeans é permitido, mas invista em uma peça mais social na parte de cima como suéter, blazer ou camisa de tecido sofisticado, para evitar um visual esportivo. Evite também saltos que façam barulhos!
Para os homens, se o cargo for para emprego formal, use gravata e terno, caso contrário calças clássicas, camisas sociais de tricoline, camisa com gola rulê e sapatos fechados.
Saiba que alguns visuais podem gerar impressões erradas sobre o seu potencial, emitindo negatividade ou incapacidade. Não importa o cargo de emprego ou nível de formalidade da empresa, algumas roupas ou acessórios devem ser evitados como roupas amassadas ou rasgadas, largas ou excessivamente apertadas, shorts, bermudas, chinelos, estampas chamativas, moletom e, na maioria dos casos, até mesmo o jeans. Para as mulheres, brilhos, transparências, barriga aparecendo e decotes jamais devem ser usados. Os homens devem evitar calças curtas, meias de cor diferente dos calçados, colarinhos abertos e jamais usem bonés em entrevistas de emprego! Lembre-se que a roupa deve combinar com o cargo que se deseja, então quanto mais formal for o futuro cargo, mais formal deve ser a roupa.
O visual deve ser discreto, porém bem apresentado. Os cabelos devem ser presos ou bem penteados, a maquiagem deve haver, mas de modo suave e cores neutras. As unhas devem estar bem feitas, mas com esmalte claro (nunca esmalte escuro!). Os acessórios devem ser pequenos e discretos (nada exagerado ou muito fashion), se possível uma jóia discreta. O perfume deve ser suave. Não pense que esses detalhes não interferem, pelo contrário, os mínimos detalhes também fazem a diferença! As cores das roupas também influenciam a impressão gerada pelo visual. Prefira cores sóbrias como o preto, marrom, azul ou cinza. Listras também são uma boa opção. Evite cores chamativas ou muito fortes.
A dica básica para se vestir diante de uma entrevista de emprego é elegância e simplicidade. Estar arrumado e bem vestido de uma maneira discreta e confortável é o segredo. Boa Sorte! (Grazielle Cruz Abu Absi em http://www.portaisdamoda.com.br)

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Manuel Bandeira



Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem.

(Manuel Bandeira)

Na vitrola aqui de casa - Angélica

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Saúde - Diabetes

Muitas pessoas desconhecem os sintomas que caracterizam a diabetes e por isso demoram para perceber que há algo errado com seu corpo, que precisa ser tratado antes que as coisas piorem.
Os sintomas da diabetes mais comuns são a sede intensa, urinação frequente, fome frequente, cansaço, perda de peso repentina, demora para curar ferimentos, pele seca, formigamento nos pés e visão borrada. Entretanto, algumas pessoas não chegam a apresentar estes sintomas.
A diabetes é caracterizada pelos altos níveis de açúcar no sangue devido à incapacidade do corpo de produzir a insulina, hormônio responsável pelo processamento do açúcar no corpo humano. Os problemas de saúde causados pela diabetes podem ser graves, mas atualmente os diabéticos têm à disposição várias maneiras de controlar a doença.
Quando entra no corpo humano, a insulina se torna glicose, e sem a insulina, esta substância não pode entrar nas células. O acúmulo de glicose no sangue pode levar a complicações como doenças cardíacas, problemas nos rins e pode levar à necessidade de amputação de membros.
Atualmente, mais de 8 milhões de pessoas com menos de 60 anos sofrem com a diabetes. Algumas dessas pessoas têm diabetes do tipo 1, que geralmente ocorre em pessoas com menos de 30 anos. Este tipo da doença é caracterizada pela falta de produção do hormônio.
Muitas pessoas têm a doença do tipo 2, mais comum em adultos acima de 40 anos. Este tipo da doença é desenvolvida devido a hábitos e problemas de saúde como a obesidade e o sedentarismo. Pessoas com a diabetes de tipo 2 produzem insulina em quantidades insuficientes ou o hormônio funciona de forma ineficiente.
A diabetes de tipo 2 pode ser evitada com a manutenção de um peso saudável e com o hábito de fazer exercícios regularmente. Para idosos, essas dicas também são eficientes para evitar o desenvolvimento da doença. Já que a diabetes tipo 2 é mais comum entre pessoas com mais de 45 anos, é recomendável que pessoas acima desta idade façam exames para detectar a doença em seu estágio inicial e possam ter uma vida saudável, tratando a falta de insulina.

Na vitrola aqui de casa - Haja o que houver

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Elisa Lucinda


Outra de Elisa Lucinda.


Reconstituição

Tive de repente
saudade da bebida que eu estava bebendo...
tive saudade e tentei me lembrar que gosto faltava,
qual era a bebida...
Fui procurando entre copos e móveis
e dei com sua boca.

A saudade era dela
A bebida era o beijo.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Santa Rita é notícia - Parabéns!!! Valeu a torcida !!!

Parabéns a toda a equipe da Escola Estadual Doutor Luiz Pinto de Almeida!!!

Combate à violência, diminuição dos índices de repetência, conquista de novos espaços e parcerias. Em todos estes casos, o caminho para alcançar bons resultados é o mesmo: uma gestão escolar eficiente.
E é para divulgar os bons exemplos que acontece o Prêmio Gestão Escolar, homenagem concedida pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), pela União Nacional dos Dirigentes de Educação (Undime) e pela UNESCO e promovido pela Fundação Roberto Marinho.
O Prêmio incentiva o trabalho realizado por escolas que investem e acreditam no potencial de seus alunos nos mais distantes pontos do Brasil. Os diretores das ganham um diploma de Liderança em Gestão Escolar e recebem como prêmio a participação em viagem de intercâmbio no Brasil, ou no exterior. Dentre essas escolas, a que for selecionada para o primeiro lugar recebe ainda um prêmio de dez mil reais, concedido pela Fundação Roberto Marinho. Apoiam ainda a Gerdau, Unicef, Fundação Ford e Fundação Victor Civita. Este ano, escola vencedora foi a Escola Estadual Doutor Luiz Pinto de Almeida, de Santa Rita do Sapucaí, Minas Gerais.

Conheça abaixo um pouca da história da vencedora:

A Escola Estadual Doutor Luís Pinto se localiza na cidade de Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais. A diretora Mônica Ribeiro conta que a região sofre com enchentes e que, quando elas chegam, a comunidade corre para ajudar a salvar a escola da inundação. “A cidade tem um comprometimento muito grande com a educação”, diz.
A escola fica aberta nos fins de semana, oferece aulas de alfabetização para adultos e oficinas de reciclagem de conteúdo para os professores. Além desses projetos, a escola Doutor Luís Pinto possui uma parceria com o CAPS (Centro de Assistência Psicossocial) da cidade. Nele, os alunos desenvolvem atividades de artesanato e brincadeiras com os pacientes, portadores de transtornos mentais. Os que mais se identificam com a causa tornam-se mobilizadores voluntários. Segundo a diretora, eles “quebraram o gelo do preconceito da comunidade” e até suas famílias participam.
Sobre a disputa pelo Prêmio, a diretora Mônica resume o que acredita ser o diferencial da escola. “Se nos conformarmos com as dificuldades, ficaremos de braços cruzados. O prêmio aumenta a autoestima de escola e mostra que somos capazes de promover mudanças, sem esperar que elas cheguem até nós. Queremos ensinar a voar alto”.

Veja o vídeo com o depoimento da diretora vencedora:


(Canal Futura)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...