terça-feira, 31 de agosto de 2010

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 10 - Pequi

10. Experimentar as guloseimas da Festa Nacional do Pequi, em Montes Claros.

Você vai amar ou odiar o sabor desse fruto, mas não pode deixar de experimentá-lo. O mais interessante é que o fruto não pode ser mordido, porque o seu interior é cheio de espinhos. Você tem que roê-lo para raspar a polpa. Aqui em casa, aprendemos a comê-lo com meu marido, que é montesclarense, e todo mundo adora.

Serviço - Cadeirinha para transportar crianças é obrigatória a partir de setembro

Cadeirinha para transportar crianças é obrigatória a partir de setembro

Entra em vigor amanhã a lei que obriga os motoristas a transportar os bebês em cadeirinhas. Os pais ainda têm muitas dúvidas sobre o tipo de equipamento para cada faixa etária.

Bebê conforto para crianças com até um ano de idade. Cadeirinha para quem tem de um a quatro anos. Dos quatro até os sete anos e meio assento elevatório. De acordo com a nova lei, a criança pode usar apenas o cinto de segurança somente depois de atingir um metro e quarenta de altura.
Para se adequar, Queila comprou os equipamentos para os filhos de cinco e de três anos e para o bebê de quatro meses, mas ainda tem dúvidas. “Qual cadeirinha eu uso? Pra qual faixa etária? Pra qual peso? E logicamente sem ser multada”, questiona Queila Pierri Fernandes, psicóloga.
“Os pesos e as alturas das crianças não são iguais para todas, por isso, nós recomendamos que leve a criança até o lugar onde vai comprar pra testar se elas ficam confortavelmente instaladas”, alerta Celso Arruda, engenheiro mecânico/Unicamp.
“E pra quem tem quatro ou mais filhos como fazer, se no banco traseiro só cabem duas?”, pergunta outra mãe. “A mais velha fica na frente com o dispositivo de retenção adequado para aquela faixa etária. O air bag tem que ser desligado para não ferir a criança no caso de um acidente”, explica o engenheiro.
Simulações feitas com bonecos mostram que o peso da criança aumenta em até 50 vezes no caso de uma batida a 80 quilômetros por hora. “O risco é realmente ele transferir toda energia deste impacto para uma região que não tem proteção. É comum nestes casos o arremesso para fora do carro ou uma lesão do pescoço e na coluna”, diz José Luis Zabeu, ortopedista.
Os acidentes de trânsito matam por ano no Brasil duas mil e quinhentas crianças e adolescentes. Estudos comprovam que os dispositivos de segurança podem reduzir em 70% o risco de morte, mas de nada adianta a cadeirinha certa se a fixação no carro não for adequada.
“A cadeirinha deve estar muito bem instalada com no máximo dois dedos de folga e a criança sempre deve estar com o cinto de segurança longe do pescoço”.
Mesmo com os protestos... “Depois eles vão entender que é para o bem dele. Em primeiro lugar a segurança das crianças”, diz Queila.
Quem não usar as cadeirinhas a partir de amanhã, primeiro de setembro, pode ser multado no valor de 191,54 reais e o motorista perde sete pontos na carteira.
Saiba qual o equipamento adequado para cada criança:
Até1 ano: bebê conforto no banco de trás
De 1 a 4 anos: cadeirinha no banco de trás
De 4 a 7 anos e meio: assento de elevação, sem encosto, no banco de trás
De 7 anos e meio a 10 anos: banco de trás com cinto
(Fonte: http://g1.globo.com/jornal-hoje em 31/08/2010)

Dica de leitura - A guerra do fim do mundo

A Guerra do Fim do Mundo


Em 1977, depois do sucesso com o romance Tia Julia e o escrevinhador, Mario Vargas Llosa começou a escrever um romance que seguia um caminho diferente: em vez de usar suas memórias para compor uma história de forte veia cômica, ele decidiu recontar a dramática Guerra de Canudos, impressionado pela leitura, alguns anos antes, de Os Sertões, de Euclides da Cunha.Em 1980, após exaustivas pesquisas em arquivos históricos e viagens pelo sertão da Bahia, ele terminava A guerra do fim do mundo. Nele, o habilidoso escritor peruano constrói uma saga que engloba tudo; honra e vingança, poder e paixão, fé e loucura.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Na vitrola aqui de casa - Por quem merece amor

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 9 - Lago de Furnas

9. Passear de lancha pelo Lago de Furnas, o “mar doce” dos mineiros.

Sentir o coração disparar ao ver os canyons e cachoeiras. Você pode ficar no Hotel das Escarpas do Lago ou na cidade de Capitólio que oferece hospedagens de ótima qualidade. Não deixe de fazer um passeio de lancha pelo lago. É maravilhoso.

Fiquei muito triste quando li isso - Incêndio destrói fábrica em Santa Rita do Sapucaí

Até quando???? É necessário criar, urgentemente, uma BRIGADA MUNICIPAL DE INCÊNDIO.

Incêndio destrói fábrica em Santa Rita do Sapucaí

Um incêndio de grandes proporções destruiu na madrugada desta segunda-feira um prédio de dois pavimentos onde funcionava a empresa AG Technologies, fabricantes de componentes eletrônicos, em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas Gerais. Segundo o Corpo de Bombeiros, as equipes foram deslocadas para combater chamas em um lote vago, que ameaçava um barracão. Entretanto, no caminho eles foram direcionados pela PM para a Rua João Rennó, no bairro Fernandes, onde o prédio pegava fogo. Quando chegaram ao local, os dois andares do edifício estavam em chamas. Foram necessárias cinco horas de trabalho para combater totalmente o fogo. Aproximadamente 15 mil litros de água foram utilizados pelos bombeiros.
De acordo com a Defesa Civil, somente a analise pericial irá confirmar o que causou o incêndio. Todas as dependências da empresa foram destruídas, mas ninguém ficou ferido. Ainda segundo os bombeiros, o incêndio no lote vago que eles foram deslocados inicialmente foi controlado por terceiros.
(Fonte: http://www.band.com.br/minasgerais em 30/08/2010)

Dica de diversão - 2a. Mostra de Patchwork de Pouso Alegre

2a. Mostra de Patchwork de Pouso Alegre "Retalhos de Minas". Realização do Clube do Retalho de Pouso Alegre. Vale a pena visitar.

(Clic na imagem para ver em tamanho grande)

Comercial Legal - O que faz você feliz?

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Mário Quintana

Recordo ainda


Recordo ainda... e nada mais me importa...
Aqueles dias de uma luz tão mansa
Que me deixavam, sempre, de lembrança,
Algum brinquedo novo à minha porta...

Mas veio um vento de Desesperança
Soprando cinzas pela noite morta!
E eu pendurei na galharia torta
Todos os meus brinquedos de criança...

Estrada afora após segui... Mas, aí,
Embora idade e senso eu aparente
Não vos iludais o velho que aqui vai:

Eu quero os meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino... acreditai!...
Que envelheceu, um dia, de repente!...
(Mário Quintana)

domingo, 29 de agosto de 2010

Pátria Minas - Indo prá Sum Paulo

Indo prá Sum Paulo

- Então, você vai mesmo pra São Paulo?
- Vô...
- Mas cadê sua mala?
- Uai, mala pra quê?
- Pra guardar sua roupa!
- Uai, ocê tá doido, sô? E ocê acha que eu vô viaja pelado?

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 8 - Lagoa Dourada

8. Saborear o rocambole de Lagoa Dourada.

Não importa se é o "legítimo", o "delicioso", o "tradicional", os rocamboles fazem a fama da cidade. Existem muitos sabores diferentes: doce de leite, goiabada, chocolate, nozes, etc. O mais interessante é que há embalagens apropriadas para vocês levarem rocamboles de lembrança para presentear alguém ou para saborear em casa. Tudo bem embaladinho para não amassar mimo tão delicado.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Santa Rita é notícia - Chamas consomem áreas verdes em pontos diferentes de Minas Gerais

Chamas consomem áreas verdes em pontos diferentes de Minas Gerais

Há 15 dias, o fogo destrói a Serra do Paredão, em São Sebastião da Bela Vista, no sul de Minas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 100 hectares já foram consumidos pelas chamas – o que equivale a 100 campos de futebol.
Brigadistas e bombeiros tentam se aproximar dos focos, mas encontram dificuldades. “O trabalho é combatê-los ao máximo. Estamos usando abafadores e bombas d’água, mas o local é de difícil acesso”, disse o sargento do Corpo de Bombeiros Alexandre Silva.
Vinte e dois funcionários das prefeituras das cidades de São Sebastião da Bela Vista e de Santa Rita do Sapucaí também trabalham para apagar o incêndio.
A preocupação não é somente com a vegetação. Os animais também sofrem com as queimadas. “É lamentável porque se perde muito. A natureza vai demorar anos para recuperar”, lamentou Silva.
(Fonte G1 Mg em 26/08/2010)

Em poucas palavras - Johann Fichte

"Os teus atos, e não os teus conhecimentos, é que determinam o teu valor." (Johann Fichte)

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 7 - Nascente do Rio São Francisco

7. Emocionar-se na nascente do Rio São Francisco no Parque Nacional da Serra da Canastra.

Você vai morrer sem entender como aquele fiozinho de água vai se transformar no “Velho Chico”, que nasce em Minas Gerais, atravessa toda a Bahia, contorna o sul de Pernambuco e depois é a divisa natural dos estados de Sergipe e Alagoas, até, por fim, desaguar no Atlântico. Há várias pessoas que já fizeram a viagem por toda a extensão do rio e deve mesmo ser uma experiência incrível.

Blogging

Tem dias que gente acorda assim BOROCOCHô... Sem vontade de postar nada, com a cabeça navegando em outros mares, mas...

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Bão dimais - Torta azedinha de banana

Torta azedinha de banana

INGREDIENTES: 1 caixinha de pó para pudim sabor baunilha * 4 colheres (sopa) de leite * 1 e ¼ xícaras (chá) de manteiga * 1 xícara (chá) de açúcar * 2 ovos * 1 pitada de sal * 2 xícaras (chá) de farinha de trigo * 3 colheres (chá) de fermento em pó * 1 dúzia de bananas maduras * 1 xícara (chá) de suco de limão * canela em pó * açúcar para polvilhar
MODO DE FAZER: Dissolva o pó para pudim no leite. Numa tigela, bata a manteiga até que esteja fofa. Junte, aos poucos, o açúcar, os ovos e o sal. Peneira a farinha com o fermento e acrescente lentamente à mistura de ovos. Junte o pó para pudim dissolvido. Unte uma forma de aro removível com manteiga e polvilhe com farinha de trigo. Espalhe metade da massa e alise com uma colher molhada no suco de limão. Em seguida, coloque sobre a massa metade das bananas em rodelas e respingue com 1 colher (sopa) de suco de limão. Polvilhe com o açúcar misturado com canela. Coloque o restante da massa, espalhando com a colher molhada no limão. Cubra com as bananas restantes em rodelas e respingue novamente com suco de limão. Polvilhe com açúcar e canela. Leve ao forno moderado e asse até que ao enfiar um palito no centro ele saia limpo. Deixe esfriar e desenforme.

Fiquei muito triste quando li isso - Falta consciência para conter queimadas em Minas

Falta consciência para conter queimadas em Minas

O mineiro de antigamente, sentado à beira de uma estradinha qualquer de um rincão das Gerais, impotente diante do fogaréu no mato, simplesmente diria, num pensamento absolutamente fatalista: “Deus quis assim, uai!”. O matuto só tinha o aceiro para impedir que sua plantação torrasse. O tempo andou, o mato cresceu de novo e alguém falou: “Há uma nova consciência no ar para tomar lugar da fumaça”. Ninguém, ninguém mesmo vai fazer queimada de pasto, não sem antes consultar as autoridades de controle do fogo. Não haverá mais fogueiras em acampamentos. Não haverá sequer uma guimba de cigarro voando em direção a uma touceira de capim. E se não houver nada disso, a tecnologia está aí para ajudar o homem a apagar incêndios.
A nova consciência, infelizmente, não andou na mesma velocidade com que o fogo devora florestas, capoeiras e savanas. O menino pergunta: “Mas, não seria mais fácil atiçar a inteligência do homem do que um simples tição?” Seria, se o homem quisesse. As brasas continuam voando, de um campo para outro, de galho em galho e de folha em folha. Basta o inverno chegar. Saem das queimadas, das fogueiras, do toco de tabaco e de uma praga que alguns da espécie humana acham de extrema genialidade e beleza: os balões. E viram chamas vorazes, devastadoras. Bom, a consciência não veio, mas, pelo menos, temos tecnologia, mesmo que em pequenas doses.
O que há de tecnologia para enfrentar queimadas aqui nas Gerais, em seus mais 586 quilômetros quadrados de extensão, são nove pequenos aviões Air Tractor, daqueles com tanque para até 2 mil litros de água, nem todos em operação. O resto é na milenar técnica do abafa. E o fogo anda. Um dia na Serra do Rola-Moça, no outro, na Canastra ou no Parque Renato Azeredo ou na Mata das Abóboras ou, como o da Serra de Igarapé, que, desde domingo, já perdeu 25 hectares. Lá se vão o verde, o habitat dos animais, a camada de ozônio e, às vezes, até uma vida incauta. Só nos primeiros 10 dias deste mês, houve 930 focos de incêndio no estado, contra 484 no mesmo período de 2009. Dá vontade de subir no prédio mais alto desta cidade e, diante do horizonte ardendo, repetir o fatalismo do mineiro de antigamente: “Deus quis assim, uai!”
(Fonte: Arnaldo Viana – Estado de Minas em 25/08/2010)

Saúde - Cuidados com a baixa umidade do ar

Cuidados com a baixa umidade do ar

Sem chuvas significativas as pessoas sofrem com a baixa umidade relativa do ar. O ar muito seco é prejudicial à nossa saúde. O índice de umidade relativa do ar ideal é de mais de 40%, e começa a ficar crítico abaixo de 20%.

Aqui vão algumas dicas para aliviar os efeitos dessa secura:
- Beba mais água do que o normal, ou outros líquidos não alcoólicos. Se possível deixe uma garrafinha com água ao seu lado para que você não "esqueça" de se hidratar.
- Molhe a boca e as narinas com água, várias vezes ao dia. Nos dias secos é normal a parte interna das naridas ficar ressecada e o esforço de assoar o nariz pode causar sangramento devido ao rompimento dos delicados vasos sanguíneos.
- Os olhos também tendem a ficar ressecados e precisam de atenção. Molhe-os com água ou use colírios adequados.
- Crianças e pessoas idosas precisam ainda mais de atenção, não só com a situação de ar seco, mas com o calor e o sol em excesso.
- Usar aparelhos umidificadores dentro de casa ou no seu local de trabalho também aumenta os níveis de umidade do ambiente, deixando-os em padrões confortáveis para a sua saúde.
- Se você não tem aparelho umidificador, faça uso de panos molhados nos cantos do ambiente interno, ou mesmo bacias com água. Isso também ajuda a aumentar a umidade do ar.
- O uso de cremes hidratantes no corpo ajuda a renovar a umidade da pele que também tende a ficar ressecada na situação de índices de umidade do ar muito baixos.
(Fonte: http://dicas-para-viver-bem.blogspot.com)

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 6 - Inhotim

6. Surpreender-se no Inhotim.

Situado nos arredores de Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte (MG), ocupa uma área de 97 ha de jardins botânicos com uma extensa coleção de espécies tropicais raras e um acervo artístico de relevância internacional. Forma a maior combinação de museu de arte contemporânea e jardim botânico do mundo, uma coleção que cresce constantemente. São 10 galerias de arte e 19 obras externas, num total de 90 trabalhos. Os trabalhos estão espalhados por um jardim com 2 100 espécies de plantas.
Reserve um dia inteiro. Se você quiser ver todas as galerias e obras externas, vai gastar, no mínimo, 5 horas. E ainda tem os jardins, o lago, o restaurante. Vejam também, na lojinha, porta-retratos lindos feitos pela minha amiga Cláudia Lemos da Algodoin.

Santa Rita é notícia - Vários focos de incêndio atingem o Sul de Minas

Vários focos de incêndio atingem o Sul de Minas

Vários focos de incêndio atingem o Sul de Minas. A Serra do Paredão, em São Sebastião da Bela Vista, voltou a preocupar as autoridades depois de 10 dias de combate. O incêndio, que estava quase controlado, aumentou e ameaça atingir a área de Santa Rita do Sapucaí. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre, a área destruída chega a 900 mil metros quadrados ou 90 hectares. Homens do Corpo de Bombeiros voltaram à serra nesta terça-feira (24). As prefeituras de Santa Rita do Sapucaí e São Sebastião da Bela Vista também mandaram equipes para a Serra do Paredão. Pelo menos 30 pessoas tentam controlar o incêndio.
(Fonte: http://eptv.globo.com)

Aviso aos navegantes - Patrícia Franco Acessórios

Tem coisas na terra da gente que desconhecemos. Acabei de descobrir na Internet uma pessoa que faz acessórios lindos em Santa Rita do Sapucaí. Achei aqui e passo a dica para vocês. Procurem no Orkut por Patrícia Franco Acessórios e vejam que trabalho interessante.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Na vitrola aqui de casa - Drão

Em poucas palavras - Mahatma Gandhi

"Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo." (Mahatma Gandhi)

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 5 - Santuário do Caraça

5. Se deslumbrar com a paisagem da Serra do Caraça.

Ficar hospedado na Pousada do Santuário e ter a oportunidade de ver um Lobo Guará de pertinho.

De onde vem? - Erro Crasso

Erro Crasso

Em 59 a.C, no Primeiro Triunvirato, o poder em Roma foi dividido entre três figuras: Júlio César, Pompeu Magnus e Marco Licinius Crasso. Enquanto os dois primeiros eram notáveis generais, que ampliaram os domínios romanos, Crasso era mais conhecido pela sua riqueza do que por seu talento militar: César conquistou a Gália (França), Pompeu dominou a Hispânia (Península Ibérica) e Jerusalém, por exemplo. Crasso tinha, assim, uma idéia fixa: conquistar os Partos, um povo persa cujo império ocupava, na época, boa parte do Oriente Médio - Irã, Iraque, Armênia e outros.
À frente de sete legiões, ou 50 mil soldados, confiou demais na superioridade numérica de suas tropas. Abandonou as táticas militares romanas e tentou atacar simplesmente - na ânsia de chegar logo ao inimigo, cortou caminho por um vale estreito, de pouca visibilidade. As saídas do vale, então, foram ocupadas pelos partos e o exército romano foi dizimado - quase todos os 50 mil morreram, incluindo Crasso.
A bobagem feita por Crasso, virou, em várias línguas, sinônimo de estupidez.
Desde então, sempre que alguém tem tudo para acertar, mas comete um erro estúpido, dizemos tratar-se de um "erro crasso".
Há quem defenda que a expressão, que designa um erro grosseiro, vem, simplesmente, da tradução do latim crassus, que significa “gordo” ou “grosseiro”. Mas essa explicação, cá entre nós, não tem graça.

Pátria Minas - O mineirim e a lésbica

Mineirim e a lésbica

O Mineirim chega à cidade grande, querendo conhecer algumas mulheres.
Vê uma loira de capa de revista numa mesa de bar e se aproxima, meio envergonhado.
Senta-se do lado dela e pergunta:
_Quê cocê faz na vida?
Ela responde:
-Eu sou lésbica.
Sem saber o que era isso, ele pergunta o que era ser lésbica.
E ela:
-Eu ACORDO pensando em mulher, PASSO O DIA pensando em mulher, DURMO pensando em mulher.
Ele ficou em silêncio e a mulher perguntou:
-E você, o que faz na vida?
Ele olhou pra ela e disse:
-Uai, sô! Inté gorinha eu pensava quiéra vaquêro, mais to achano quieu tamém sou lésbica.

Serviço - Casos de catapora aumentam no Sul de Minas Gerais

Casos de catapora aumentam no Sul de Minas Gerais

Em Poços de Caldas, o aumento foi de 163,63; em Varginha foi de 76,4%

O número de casos de catapora aumentou em quase todas as regiões do Sul de Minas Gerais se comparado com o ano passado. Uma das situações mais graves está em Poços de Caldas, que registrou um aumento de 163,63% na quantidade de doentes.
Nos sete primeiros meses deste ano, foram contabilizados 464 casos de catapora, somente no mês de julho foram 223 casos, número superior ao que foi nos primeiros sete meses de 2009, com 176 pessoas doentes.
Segundo o infectologista Mário Krugner, o aumento da transmissão nesta época do ano é maior por causa do clima. “O vírus é transmitido por ar e por contato e, com o clima mais seco, as partículas ficam mais no ar e com o frio as pessoas ficam mais aglomeradas, facilitando a transmissão”, afirma o médico.
Em Varginha, foram registrados 861 casos de catapora, em 2010, o que representa um aumento de 76,4% a mais do que no ano passado, quando houve 488 casos.
Na gerência de saúde de Passos, até julho, havia 232 registros de catapora, contra 146 do mesmo período do ano passado, o que representa um aumento de 58,9%
Em Pouso Alegre, o aumento é semelhante, este ano, foram contabilizados 1.219 casos, 53% a mais do que em 2009, quando houve 796 casos de catapora entre janeiro e julho.
Somente na área da gerência de saúde de Alfenas houve queda na incidência da doença. Este ano foram 261 casos de catapora, 35% menos do que foi registrado no mesmo período do ano passado que teve 402 casos.
(Fonte: EPTV em 21/08/2010)

sábado, 21 de agosto de 2010

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 4 - Ouro Preto

4. Ficar horas admirando os altares, imagens e o forro da Igreja de São Francisco de Assis, em Ouro Preto.

Depois, é subir e descer ladeiras para visitar e conhecer o casario, museus e outras igrejas tão belas quanto essa.

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Adélia Pradossímil

Verossímil


Antigamente, em maio, eu virava anjo.
A mãe me punha o vestido, as asas,
me encalcava a coroa na cabeça e encomendava:
"Canta alto, espevita as palavras bem."
Eu levantava vôo rua acima.
(Adélia Prado)

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 3 - Piranguinho


Você pode comprar pelos Correios, via Sedex, veja como.
Moído ou inteiro? Eis a questão.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Pátria Minas - Mineirim comprando tomada

Mineirim comprando tomada

O caipira entra numa loja de material para construção e pede:
- Ei, moço... cê tem aí uma tomada?
- Você quer uma tomada macho ou fêmea? - pergunta o balconista.
- Sei não, seu moço! Eu queria uma tomada pra acender a luz e não pra fazer criação!

Bão dimais - Frango com bacon na cerveja

Frango com bacon na cerveja

INGREDIENTES: 1 e ½ quilos de coxa de frango * 1 colher (sopa) de margarina * 100 gramas de bacon * 1 lata de cerveja * sal * pimenta * rodelas de cebola
MODO DE FAZER: Tempere as coxas a gosto 2 horas antes de ir ao forno. Faça buracos nas mesmas de tal forma que possa entranhar fatias de bacon. Unte uma forma com margarina e coloque as coxas, coloque algumas rodelas de cebola e por cima, entorne a cerveja. Leve ao forno para assar, deixe dourar e vá virando aos poucos. Sirva bem quente.

Serviço - Inverno em Minas é o mais rigoroso em 10 anos

Inverno em Minas é o mais rigoroso em 10 anos

Na quarta-feira, de acordo com a meteorologia, foi registrada a mais baixa temperatura de 2010 em Minas Gerais. O recorde gelado ocorreu em Monte Verde, distrito do município de Camanducaia, no Sul do estado, com 2,7 graus negativos. Na capital, a mínima também foi digna de bater o queixo: 8,5 graus na madrugada, acima apenas da registrada em 13 de junho, quando Belo Horizonte enfrentou 7,4 graus na Região da Pampulha. Outros 17 municípios mineiros enfrentaram quarta-feira as mais baixas marcas do ano.
Temperaturas tão baixas não ocorriam no estado há pelo menos 10 anos. “Essa massa de ar frio veio do Sul do país. As quedas nos termômetros que vêm ocorrendo desde junho são algo que os mineiros não sentem há cerca de uma década”, diagnostica o meteorologista do Centro de Climatologia Tempo Clima/Puc Minas, Afonso Souza. De acordo com ele, no ano passado, durante o inverno, os registros não eram tão rigorosos. “Em 2009, não tivemos massas de ar frio tão frequentes. Este ano, desde o outono estamos enfrentando ondas de frio”, afirma, lembrando que a situação se repete em outros estados, como em Santa Catarina, no Sul, onde chegou a nevar.
De acordo com o especialista, nesses últimos dias, como era de se esperar para a época do ano, a velocidade média do vento está entre 35 a 40 quilômetros por hora. “Isso dá uma sensação de mais frio ainda”, comenta. A umidade do ar ficou em 33% na capital. “No Triângulo, onde o tempo está mais seco, a umidade foi de 25%”, diz.
A temperatura só começa a subir a partir de sexta-feira, segundo a meteorologia. “Mas gradativamente”, avisa Afonso, alertando que, nesta quinta-feira, os mineiros ainda enfrentarão termômetros em baixa. “No fim de semana, as pessoas devem continuar se agasalhando, pois a previsão é de que Belo Horizonte registre entre 12 graus e 25 graus, com dias ensolarados em todo o estado”, projeta.
Para esta quinta-feira, a previsão é de mínima de 1,1 grau negativo, que deve ser registrada no Sul do estado, com máxima de 32 graus, no Triângulo. Paralelamente, o clima seco continua afetando várias regiões do estado. Até 30 de agosto, há a possibilidade, de acordo com o meteorologista, da chegada de nova massa de ar polar ao estado. “Até segunda-feira, não há nenhuma previsão de nova frente fria, mas não descartamos a chance de enfrentar, ainda este mês, novas quedas nos termômetros.”
Se a previsão se confirmar, pessoas que torcem o nariz para o frio ainda terão alguns dias de sofrimento.
(Fonte: Luciane Evans – Estado de Minas em 19/08/2010)

Serviço - Campanha "Dieta do Impostão" é lançada em todo o Brasil

Campanha "Dieta do Impostão" é lançada em todo o Brasil

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) inicia nesta quinta-feira em todo o país a campanha Dieta do Impostão. Segundo a diretora de Desenvolvimento Econômico da entidade, Luciana de Sá, o objetivo da campanha é "conscientizar a população de que dentro dos produtos há uma carga tributária e de que a sociedade deve exigir dos candidatos que o assunto seja abordado nas campanhas".
A campanha Dieta do Impostão terá um site onde as pessoas receberão esclarecimentos sobre a tributação e seus impactos na economia, com mobilização pelas redes sociais. Todos os brasileiros interessados poderão participar e dar sua opinião sobre o tema.
De acordo com a pesquisa, 89,4% dos brasileiros consultados sabem que há impostos incidindo nos produtos. Metade, porém, ignora quais são esses percentuais, que podem chegar a 72% no caso de videogames, a 69% em perfume nacional, a 59% em microondas, a 53% na gasolina e a 50% em DVDs, por exemplo.
(Fonte: Agência Brasil em 19/08/2010)

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 2 - Monte Verde

2. Passar um final de semana romântico em Monte Verde, distrito de Camanducaia, no sul de Minas.

Uma boa dica é a Pousada Cantos e Contos. Já ficamos hospedados e fomos muito bem recebidos. Existem várias outros lugares aconchegantes e encantadores, escolha um e curta o friozinho.

Dica de diversão - Exposição: Cora-Minas, Feira de Artesanato

Colcha de retalhos é sempre um artesanato bonito. Lembra casa de vó...

Exposição: Cora-Minas, Feira de Artesanato


CORA-MINAS - Cooperativa das Costureiras de Colchas de Retalhos e Acessórios
A Cora-Minas nasceu da necessidade que famílias do Bairro São Cristóvão e adjascências sentiram de melhorar a renda familiar. Mulheres jovens e adultas se juntaram em grupos para reciclarem os retalhos de tecidos doados pelas fábricas e ateliês de costura. Bairro São Cristóvão, Pouso Alegre, MG.

FEIRA DE ARTES E ARTESANATO
Onde você encontra quitanda caseira e o mais variado artesanato da nossa região! A Feira de Artes e Artesanato pode ser visitada todos os Sábados na Praça Senador José Bento (em frente à Catedral), das 9 as 16hs.

Período: de 14 a 26 de agosto de 2010
Local: Galeria Artigas (ao lado do Teatro Municipal)
Endereço: Av. Dr. Lisboa, 201, Centro. Tel.: (35) 3449-4303

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Em poucas palavras - Mário Quintana

"O amor é quando a gente mora um no outro." (Mario Quintana)

Ninguém vive sem um pouco de poesia... - Mário Quintana

Os Poemas


Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...
(Mario Quintana)

Coisas que um bom mineiro não pode deixar de fazer - 1 - Grupo Corpo

1. Assistir a um espetáculo do Grupo Corpo onde quer que ele esteja se apresentando.

Só para sentir o gostinho, vejam um trecho do espetáculo Parabelo.

Fiquei muito triste quando li isso - Minas é um dos estados que menos consome livros

Minas é um dos estados que menos consome livros

Pesquisa do Ibope indica que mineiros gastam menos com livros que fluminenses, paulistas e amazonenses. Belo-horizontino perde feio para moradores de Senador José Bento e de Luisburgo.

Cada brasileiro gasta, em média, apenas R$ 30 por ano com livros. Performance de Minas é comparada à de estados nordestinos.

Minas Gerais é um dos estados que menos consomem livros no Brasil, revela pesquisa do Ibope Inteligência. De acordo com o diretor de Geonegócios do instituto, Antônio Carlos Ruótolo, os números mostram que o estado está “mais alinhado com o Nordeste que com o Sudeste” em termos de leitura.
A pesquisa indicou que cada pessoa gasta R$ 14,40/ano com livros em Minas Gerais. A média brasileira é R$ 30/ano. A diferença fica ainda mais gritante quando o estado é comparado ao Rio de Janeiro. Anualmente, os fluminenses, campeões no Brasil, gastam R$ 67,03 com livros. A enquete foi feita de agosto de 2009 a janeiro deste ano e ouviu 19.456 pessoas em todos os estados do país.

Susto

“Catorze reais? Achei que era isso por mês!”, reagiu a administradora Ana Luisa Almeida ao ficar sabendo dos números do Ibope. Ela passou parte de seu domingo em uma livraria na capital mineira e destina R$ 300 aos livros por ano.
Em Belo Horizonte, o gasto médio da população com o produto é de R$ 25,32/ano, abaixo da média nacional. A capital fluminense vem em primeiro lugar: anualmente, cariocas destinam R$ 95,60 aos livros. Em seguida vêm os paulistanos (R$ 67,31) e os brasilienses (R$ 61,32).
Edésio de Souza, gerente da Livraria Leitura do Pátio Savassi, na Zona Sul da capital mineira, estranhou o resultado da enquete. De acordo com ele, sua loja vende R$ 400 mil em livros mensalmente. A unidade do BH Shopping supera esse valor. “Talvez o Ibope tenha feito a pesquisa no Vale do Jequitinhonha”, especula Souza. Entretanto, a enquete abrange toda a Minas Gerais. O estado, anualmente, gasta R$ 244,8 milhões com livros, informa o Ibope.
“O poder aquisitivo mineiro é menor”, observa Ernelson Alves Ribeiro, um dos funcionários da Leitura. “Os livros custam o mesmo que em São Paulo, mas o salário daqui é mais baixo. Por isso os mineiros compram menos”, especula ele.

AMAZONAS

A pesquisa do Ibope trouxe surpresas, além do baixo consumo de livros por parte dos mineiros. O Amazonas, por exemplo, está em quarto lugar no ranking: seus habitantes gastam R$ 39,55 por ano com o produto. No estado de São Paulo são adquiridos 38% dos livros do país. Em termos de gastos, paulistas ficaram em terceiro lugar (com R$ 47/ano), atrás do Rio de Janeiro (R$ 67,03/ano) e do Distrito Federal (R$ 61/ano).
Entre os cinco estados que menos gastam, o Piauí aparece em primeiro lugar. Seus habitantes desembolsam R$ 7,89 por ano com livros. Em seguida vêm Alagoas (R$ 8,65) e Sergipe (R$ 9,09). Pernambuco e Roraima quase empatam na quarta posição, com R$ 12,76 e R$ 12,92, respectivamente.

Senador José Bento brilhou

A pesquisa do Ibope mostrou que, em Minas Gerais, a população de pequenas cidades gasta mais que belo-horizontinos na hora de comprar livro. Senador José Bento, município sul-mineiro, tem 3 mil habitantes e lidera o ranking das aquisições no estado.
Os senabentenses não contam com emissora de rádio ou jornal próprio, a escola local oferece até o ensino médio, mas o cidadão do município destina R$ 34,38/ano aos livros. “Fico muito feliz em saber disso”, afirma Marileia Fernandes, secretária de Educação de Senador José Bento.
Entre os municípios que deixam os belo-horizontinos para trás estão Comendador Gomes (R$ 33,73/ano), Gonçalves (R$ 33,28), Luisburgo (R$ 29,43) e Pedra Bonita (R$ 28,72). Curiosamente, todas essas cidades têm menos de 7 mil habitantes e suas escolas oferecem até o nível médio.
Há municípios mineiros que apresentam gastos extremamente baixos com o produto. Juvenília tem pouco mais de 6 mil habitantes; cada um deles destina, em média, R$ 3,92 a livros por ano. Curral de Dentro, Padre Carvalho, Fronteira dos Vales e Divisa Alegre integram a lista das cidades que menos compram o produto no estado.
O Ibope credita o baixo gasto com livros em Minas Gerais à demanda reprimida. “Com exceção de algumas poucas regiões, Minas tem muitas cidades pequenas, que não contam com livrarias. A pessoa tem interesse de comprar, mas não pode. É um problema de distribuição”, afirma Antônio Carlos Ruótolo, diretor de Geonegócios do instituto. Curiosamente, o município de Senador José Bento, que lidera a lista dos melhores compradores, não tem livraria.

EM NÚMEROS

BRASIL : R$ 30/ano/por pessoa

ESTADOS
Rio de Janeiro : R$ 67,03/ano/por pessoa
Distrito Federal : R$ 61 /ano/por pessoa
São Paulo : R$ 47/ano/por pessoa
Amazonas : R$ 39,55/ano/por pessoa
Minas Gerais : R$ 14,40/ano/por pessoa

CAPITAIS
Rio de Janeiro : R$ 95,60/ano/por pessoa
São Paulo : R$ 67,31/ano/por pessoa
Belo Horizonte : R$ 25,32/ano/por pessoa

EM MINAS
Senador José Bento : R$ 34,38/ano/por pessoa
Comendador Gomes : R$ 33,73/ano/por pessoa
Gonçalves : R$ 33,28/ano/por pessoa
Luisburgo : R$ 29,43/ano/por pessoa
Belo Horizonte : R$ 25,32/ano/por pessoa
(Fonte: Flávia Denise de Magalhães - Portal Uai em 17/08/2010)

Santa Rita é notícia - Segurança

Hoje a segurança é uma das maiores preocupações do ser humano. Mesmo morando em cidades pequenas, ele pode a qualquer momento ser alvo dos "amigos do alheio".
Vejam o equipamento de segurança desenvolvido no Inatel e mostrado na EPTV.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Em poucas palavras - Eclesiastes

Eclesiastes 3

1 - Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
2 - Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
3 - Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
4 - Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
5 - Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
6 - Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
7 - Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
8 - Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

Serviço - Massa de ar frio mantém temperatura baixa e ar seco em Minas

Massa de ar frio mantém temperatura baixa e ar seco em Minas


Uma massa de ar seco e frio, que está sobre a Região Sudeste do país desde segunda-feira, vai manter as temperaturas baixas e a umidade do ar em estado crítico em boa parte de Minas Gerais pelo menos até quinta-feira. Segundo o meteorologista do Centro de Climatologia TempoClima PUC/Minas, Afonso Souza, nos últimos dias a temperatura caiu em até 5 graus. A partir de quinta, o ar frio perde intensidade e a temperatura volta a subir.
No entanto, o tempo continua seco. A umidade do ar nas regiões do Triângulo e Noroeste, por exemplo, pode chegar a níveis de deserto, entre 14% e 20%. Ainda de acordo com Afonso Souza, não há previsão de chuvas até o fim de semana. Na madrugada desta terça-feira, geou em boa parte do Sul do estado.
As temperaturas mais baixas foram registradas em Maria da Fé com 0 graus , Caldas 0,9 graus, Monte Verde 5 graus e Passa Quatro com 7 graus. Em todas estas cidades a sensação térmica ficou abaixo de zero por causa do vento, que chegou até 40km/h. Em Belo Horizonte e região metropolitana, a temperatura média ficou em 11graus. Na capital, os termômetros chegaram a marcar 9,6 graus na madrugada e a máxima durante o dia deve ser de 23 graus.
(Fonte: Juscelino Ferreira – TV Alterosa em 17/08/2010)

Comercial Legal - Varig (Urashima Taro)

Santa Rita é notícia - No jornal O Tempo

Santa Rita

Os 460 empregados de uma fábrica em Santa Rita do Sapucaí correm contra o tempo para entregar até a próxima sexta-feira (20) as 165 mil urnas eletrônicas encomendadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições. De acordo com a assessoria do órgão, os funcionários se revezam em dois turnos e produzem até 2.000 equipamentos por dia. Tudo para cumprir o prazo do TSE. As novas máquinas são mais eficientes contra fraudes. No total, o Brasil vai usar 500 mil urnas no pleito de outubro. Grande parte delas será reaproveitada, mas antes vai passar por atualizações tecnológicas.
(Fonte: http://www.otempo.com.br)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Fiquei muito triste quando li isso - Incêndio consome 60 hectares da Serra do Paredão, no Sul de Minas

Incêndio consome 60 hectares da Serra do Paredão, no Sul de Minas

(Foto: Cristiano Higino)

Um incêndio já consumiu cerca de 60 hectares da Serra do Paredão, no Sul de Minas Gerais. A área é equivalente a 60 campos de futebol. Bombeiros e Defesa Civil de Santa Rita do Sapucaí, São Sebastião da Bela Vista e Pouso Alegre trabalham no local. As causas do incêndio ainda não foram apuradas.
Minas Gerais tem 94 cidades em situação de emergência por estiagem ou seca. As regiões Norte e Noroeste do estado são as que mais preocupam. Em Belo Horizonte, a última chuva foi registrada no dia 22 de maio.
(Fonte: CBN em 15/08/2010)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Pátria Minas - Simplicidade Mineira

Simplicidade Mineira

E perguntaram para o mineirin:
- O que você faria se ganhasse sozinho os 46 milhões da Mega Sena?
-Eu ia pagá umas dívidas...
- Sim, mas e o resto?
- Ah! O resto que espere, uai!!!

Serviço - Termina no domingo o prazo para cadastro de voto em trânsito

Termina no domingo o prazo para cadastro de voto em trânsito

Está chegando ao fim o prazo para quem quiser se cadastrar para votar em trânsito, uma novidade nas eleições de 2010. O eleitor que já sabe que vai estar viajando no dia do pleito poderá votar em alguma das capitais dos estados. Para isso, porém, é necessário se cadastrar até este domingo em um cartório eleitoral.
O eleitor precisa levar o título eleitoral e a carteira de identidade e estar em dia com as obrigações eleitorais. O voto em trânsito será exclusivo para presidente, e o eleitor não precisa justificar a ausência do voto para os demais cargos em disputa - senador, governador, deputado federal e deputado estadual.
O Tribunal Superior Eleitoral ainda não tem os dados de quantos eleitores devem votar em trânsito país afora, mas até quarta-feira, pouco mais de dois mil haviam se inscrito para votar em Belo Horizonte segundo informações do TRE-MG. Segundo o TRE-SP, quase três mil haviam se registrado para votar na capital paulista em cada um dos turnos, enquanto 2.045 eleitores haviam requisitado o voto em trânsito no Rio, de acordo com o TRE-RJ.
Segundo resolução do TSE, seções especiais serão instaladas nas capitais para o voto em trânsito. Importante: após se registrar para votar em trânsito, o eleitor não pode voltar atrás e, no dia da eleição, tentar votar em seu domicílio eleitoral. O site do TSE vai divulgar a partir de 5 de setembro os locais das seções especiais. Se não puder comparecer ao local no dia da votação, o eleitor deverá justificar depois sua ausência.
Os cartórios eleitorais devem funcionar em esquema de plantão no sábado e no domingo, mas o horário ainda não havia sido confirmado pelo TRE-RJ até o fim da tarde de quinta. A Unidade de Atendimento ao Eleitor, localizada no prédio do TRE, funcionará em horário normal no fim de semana, das 11h às 19h.
(Fonte: Renato de Alexandrino – O Globo em 13/08/2010)

Na vitrola aqui de casa - Grito de alerta

Santa Rita é notícia - Governo apresenta TV digital a jornalistas sul-africanos

Governo apresenta TV digital a jornalistas sul-africanos

Brasília - O Ministério das Comunicações começou a apresentar o Sistema de TV Digital Brasileiro – o ISDB-T – a uma comitiva de quatro jornalistas sul-africanos. Eles vieram ao país para conhecer a experiência brasileira de implantação do sistema e se reuniram na tarde desta quinta-feira (12/8) com o assessor da Secretaria de Telecomunicações, Flávio Lenz.
A África do Sul anunciará nos próximos meses o padrão de TV digital que irá adotar. Durante a reunião, Lenz falou sobre as vantagens do ISDB-T, dando destaque aos aspectos de interatividade e mobilidade proporcionados pelo padrão que é desenvolvido na parceria entre Brasil e Japão, e à qualidade das imagens de alta definição.
Lenz reiterou a disposição em cooperar com a África para que a TV digital seja implementada de forma muito mais ágil do que vem acontecendo em países que optaram por outros sistemas. Durante a conversa com os jornalistas, Lenz explicou que a expectativa é de que não haja necessidade de atualizações tecnológicas a médio prazo, amenizando os custos para a adoção do sistema.
O assessor disse que a TV digital trará oportunidades sociais e mercadológicas aos países. Segundo ele, surgirão muitos negócios para as empresas de telecomunicações, as indústrias e os canais de televisão.
Além da visita ao Ministério das Comunicações, os sul-africanos se reuniram com o assessor especial da Presidência da República para a Área de Políticas Públicas em Comunicação, André Barbosa. "Eu repassei a eles todo o projeto de integração da TV digital com a banda larga da internet", disse Barbosa à Agência Brasil.
Ele estima que atualmente 550 milhões de pessoas da América Latina e das Filipinas já tenham acesso à TV digital em padrão nipo-brasileiro. Com a inclusão dos países africanos, esse público pode chegar a 700 milhões de pessoas.
Os jornalistas sul-africanos conheceram também as principais emissoras de TV nacionais e foram a Santa Rita do Sapucaí (MG), município onde fica a base do silício brasileiro. A região abriga várias empresas de desenvolvimento tecnológico e fabricantes de componentes, principalmente transmissores.
A África do Sul faz parte da África Austral, bloco formado por 15 países, que deve decidir até setembro qual padrão de TV digital será adotado.
O Brasil já divulgou o padrão da TV digital nipo-brasileiro a diversos países africanos. A expectativa do governo é de que esse padrão de TV digital seja adotado por até 17 países do Continente Africano.
(Fonte: Agencia Brasil em 13/08/2010)

Você sabia? - Dia Internacional dos Canhotos

Dia Internacional dos Canhotos


Você sabia que em 13 de agosto de 1992, foi lançado o Dia Internacional dos Canhotos?
A data escolhida pela instituição para canhotos Lefthand International, por ser, em 1976, uma sexta-feira 13, sublinhando as superstições antigas quanto aos canhotos antigamente.
Atualmente a data é comemorada ao redor do mundo em eventos anuais onde os não-destros comemoram as vantagens e desvantagens de serem minoria em um mundo onde quase todos os objetos são desenhados para os destros.
De acordo com o verbete do Aurélio, canhoto significa “inábil, desajeitado e desastrado”. Outra palavra usada para designar os esquerdos é sinistro, que está relacionada ao mau agouro. Não é à toa que o dia dos canhotos é comemorado numa data bastante sugestiva: 13 de agosto.
Inteligentes, misteriosos, sinistros... Pouco importa. Ano após ano, os canhotos continuam despertando atenção. Sinistros, os canhotos aguçam a curiosidade. O número exato não se sabe, mas estima-se que cerca de 10% da população brasileira seja canhota. Apesar de ser um número pequeno, esse seleto grupo que prefere usar a mão esquerda, ao invés da direita, historicamente aguça a curiosidade das pessoas para explicar o porquê de alguém ser canhota. Não são poucas as tentativas de explicações, inclusive com respostas que se transformaram em mitos, como por exemplo, "que quem usa a mão esquerda foi porque jogou pedra em Cristo" ou que essa condição é exclusiva de pessoas inteligentes. Mitos à parte, o que se sabe é que o canhoto chama a atenção, tanto que o dia 13 de Agosto foi dedicado para lembrá-los em todo o mundo, uma data considerada sinistra, assim como os canhotos.
A ciência não sabe porque as pessoas nascem canhotas. Apesar de muitas pesquisas desde o século 19, a ciência ainda não sabe explicar porque algumas pessoas nascem canhotas e a maioria nasce predisposta a usar a mão direita. Por muito tempo, os canhotos chegaram a ser considerados pessoas diferentes e geniais. Tudo porque alguns dos maiores expoentes da arte, da cultura e da ciência eram canhotos, ou "sinistros", como também são chamados. Esta hipótese tem pouco a ver com a verdade, porque se gênios como Leonardo DaVinci, Albert Einstein e Isaac Newton eram canhotos, por outro lado também o eram Jack, o Estripador (o famoso assassino de prostitutas que aterrorizou Londres no final do século 19), o pistoleiro Billy the Kid e a heroína francesa (meio santa, meio louca) Joana D’Arc.
A causa mais apontada para o “canhotismo” é a tendência genética. Quando ambos os pais são canhotos, a probabilidade de a criança nascer canhota é de 50%. Quando o pai é canhoto e a mãe é destra, ou vice-versa, as chances de nascimento de canhoto são de 17%. No caso de ambos os pais serem destros, as probabilidades de um filho sinistro se reduzem a 2%.
No entanto, não há comprovação de um gene que determine qual irá ser o hemisfério dominante do cérebro. Um exemplo sempre citado é o da Família Real Britânica, na qual o Rei George II, Rei George IV, a Rainha Victória, a Rainha Mãe Elizabeth e o Príncipe Charles são canhotos.

Mitos, verdades e mentiras

Em praticamente todos os continentes, crenças e lendas sobre o assunto são comuns:
- Na Grécia Antiga, o simples pronunciar “mão esquerda” era constrangedor.
- Na Idade Média, muitas mulheres canhotas foram queimadas pela Inquisição, apontadas como bruxas.
- Até mesmo na religião católica, o sinal da cruz é feito com a mão direita e Jesus está sentado à direita do Pai.
- Em alguns locais na Europa, na América e parte da África, e entre grupos de ciganos, quando a palma da mão direita coçar é sinal que a pessoa irá receber algum dinheiro; se for a palma da mão esquerda que coçar, então a pessoa perderá dinheiro.
- Na Escócia os supersticiosos acreditam que quem entra em casa pisando primeiro com o pé esquerdo acaba trazendo demônios ou má sorte para dentro do lar.
- Na tradição judaica, o Príncipe dos Demônios, que era chefe de Satanás, se chamava Samuel, ou Se’mol, uma palavra hebraica que significa "o lado esquerdo". A partir desta lenda, os esquimós têm a crença de que todos os canhotos são poderosos feiticeiros; em Marrocos, canhotos são considerados pessoas malvadas e demônios!
- Usar a mão esquerda, no Iran, é considerado uma atitude desonrosa. Assim, quando um ladrão era capturado, tinha a mão direita decepada como punição.
- Quando uma pessoa está infeliz, dizem que ela acordou "com o pé esquerdo".
- No passado, os judaicos tinham que manter-se longe da lista dos "Cem Defeitos Físicos" citados por Mai-monides. Entre eles, cegos, mancos, anões e, claro, canhotos.
- No Antigo Egito, o deus Set (que pode ser relacionado ao Satanás do Cristianismo) era também chamado de "O Olho Esquerdo do Sol", e era demoníaco e destrutivo, enquanto Horus, o Deus da Vida, era "O Olho Direito do Sol".
- No Budismo, Buda descreve que o caminho para o Nirvana (purificação e salvação) se divide em duas partes: um é o caminho da mão esquerda, que representa o jeito errado de se viver, e outro é o caminho da mão direita, digno para a purificação da alma.
- Nos países islâmicos e na Índia, a mão esquerda é considerada "suja" e as pessoas são proibidas de comer com a canhota.

Canhotos famosos: Adolf Hitler, Albert Einstein, Alexandre, o Grande, Barack Obama, Bill Clinton, Bill Gates, Benjamin Franklin, Bob Dylan, Charlie Chaplin, Friedrich Wilhelm Nietzsche, Fidel Castro, George H. W. Bush, Gerald Ford, Harry S. Truman, Isaac Newton, Jânio da Silva Quadros, Jimi Hendrix, Júlio César, Leonardo da Vinci, Ludwig van Beethoven, Machado de Assis, Mahatma Gandhi, Michelangelo Buonarroti, Mozart, Napoleão Bonaparte, Paul McCartney, Pablo Picasso, Ronald Reagan, Thomas Jefferson, Winston Churchill

Blog : Um aperto de mão esquerda, como boa canhota que sou!!!

De onde vem? - Sexta-feira,13 como dia de azar?

Sexta-feira,13 de agosto


Sexta-feira, 13 de agosto. Para quem acredita em superstição, hoje é dia de ficar em casa agarrado a um amuleto de proteção. Serve pé-de-coelho, figa, trevo de 4 folhas ou tudo aquilo que possa ter poderes protetores.
E de onde vem essa crença de que sexta-feira, 13 é dia de azar? E de que sendo no mês de agosto é mais azar ainda?
Todos os três elementos dessa data (13- sexta-feira-agosto) são apresentados no folclore popular como pressagio de mau agouro.
Na história da civilização, o 13 é um número considerado incompleto. São doze os ciclos lunares durante um ano solar, que formam os 12 meses no ano, e a contagem da civilização suméria tinha como base 12 unidades, daí vem a porção padrão conhecida como dúzia.
Há o fato de na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas, morreram em seguida, por mortes trágicas, Jesus por crucificação e Judas provavelmente por suicídio.
Além da justificativa cristã, antes disso existem duas outras versões que provêm da mitologia nórdica que explicam a superstição. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça.
Segundo outra versão, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio, os 13 ficavam rogando pragas aos humanos. Da Escandinava a superstição espalhou-se pela Europa.
E para quem acredita em outras forças místicas, a décima terceira carta do Tarô é “A Morte”.
Essa fama, ou maldição, que é muito forte entre os cristãos, vem reforçada pelo fato de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira 13, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico.
Na Inglaterra, a sexta-feira era o dia em que os prisioneiros eram enforcados, daí ser encarado como um mau dia.
O mês de agosto ganhou a fama de mês do azar em sua criação, quando ganhou a superstição por ser o mês da inveja. O nome é uma homenagem ao imperador romano César Augusto. E tem 31 dias porque o homenageado ficou com inveja do mês de julho ter 31 dias e exigiu que o seu mês também tivesse.
Mas de Portugal talvez tenha vindo para o Brasil a maior contribuição para a maldição do mês de agosto ser o mês do desgosto. O mês era a época em que a maioria das embarcações do período das grandes navegações partiam, por conta das condições de tempo. Assim, nenhuma mulher escolhia o mês para se casar, pois casar em agosto significava ficar sozinha, muitas vezes sem lua-de-mel, por meses ou por anos. E se o marido não voltasse da expedição, significava viuvez.
No Brasil, agosto ainda é conhecido pelo mês do cachorro louco, quando a maioria das campanhas de vacinação contra a raiva animal acontece. Segundo o Kennel Club, apesar da doença ocorrer durante todo o ano, é neste período que ocorre uma grande concentração de cadelas no cio em decorrência de condições climáticas. Por isso as campanhas de prevenção ocorrem nesta época.
Somados às superstições ainda existem acontecimentos históricos para marcar o dia. O mais importante, e novamente ligado a tradição cristã, envolve a Ordem dos Templários. No dia 13 de outubro de 1307, uma sexta-feira, a Ordem dos Templários, grupo de sacerdotes e cavaleiros que protegiam cristãos em suas peregrinações por mais de dois séculos após a Primeira Cruzada, foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França que estava profundamente endividado com a Ordem e pressionava o Papa Clemente V a tomar medidas contra eles. Por ordem do rei, nesta sexta-feira 13, os templários da França foram convocados, encarcerados em masmorras e submetidos a torturas para se declararem culpados de heresia.
No Brasil, em uma outra sexta-feira, em 13 de dezembro de 1968, o governo militar decretou o AI-5, que, entre outras medidas, suspendeu direitos e garantias políticas e ampliava dos poderes aos militares durante a Ditadura.
Outro fato histórico que ocorreu em um 13 de agosto é o início da construção do Muro de Berlim, em 1961. Agosto ainda é marcado como o mês das bombas de Hiroshima e Nagasaki, do massacre de protestantes da noite de São Bartolomeu, na França, e do início, por alguns historiadores, da 1ª e da 2ª Guerra Mundial.
Principalmente nos Estados Unidos ainda é comum que prédios não tenham o 13º andar. Muitas empresas aéreas também pulam a poltrona 13 em aviões. Nos esportes, a Fórmula 1 é a categoria mais afetada pela superstição: nenhum piloto usa o número 13 no carro há décadas.
Quem tem medo de sexta-feira 13 é chamado de parascavedecatriafóbico. o termo vem da junção das palavras gregas "paraskevi"("sexta-feira"), "dekastreis" ("treze") e "phobia" (fobia, "medo"). A palavra é considerada uma especialização do termo "triskadekafobia", ou "fobia do número 13".
A próxima sexta-feira, 13 e agosto acontecerá em 2017. Até lá, talvez, outras crendices terão sido incorporadas, sem extinguir as históricas, que remontam a Roma e Portugal de antigamente.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Bão dimais - Mousse de Morango

Aproveitando a safra...

Mousse de Morango

INGREDIENTES: 1 lata de creme de leite * 1 e 1/2 colheres (sopa) de suco de limão * 1 quilo de morango * 8 colheres (sopa) de açúcar * 2 claras * 3 folhas de gelatina ou 1/2 envelope de gelatina em pó sem sabor
MODO DE FAZER: Agite bem a lata de creme de leite e despeje em uma tigela. Junte o limão, misture delicadamente e reserve. Lave e limpe os morangos, reservando alguns para decorar o prato. Amasse os demais com um garfo. Junte, aos morangos amassados, metade do açúcar, o creme de leite e misture bem. Reserve novamente. Bata as claras em neve firme, junte o açúcar restante até formar um suspiro firme. Reserve. À parte, deixe a gelatina de molho em 3 colheres (sopa) de água fria e leve ao fogo, em banho-maria, para dissolver. Junte a gelatina dissolvida ao suspiro. Acrescente o creme de morango, misture delicadamente e despeje em taças. Leve a geladeira por 4 horas. Sirva decorada com os morangos reservados.

Em poucas palavras - Mahatma Gandhi

"Acreditar em algo e não o viver é desonesto." (Mahatma Gandhi)

Serviço - Feirão Folclórico traz várias atrações para Santa Rita

Feirão Folclórico traz várias atrações para Santa Rita

Criado na década de 80, a XVIII Edição do Feirão Folclórico acontecerá nos dias 20,21 e 22 de agosto no Loteamento Família Andrade, em Santa Rita do Sapucaí.
Faz parte da programação do evento: show pirotécnico, apresentação de Escolas Estaduais e Municipais, Gincana entre cidades, Feira Regional de Artesanato, Corrida rústica e Campeonato de pipas.
Com o objetivo de propor ainda maior interação da região com a programação cultural, a XVIII edição conta com novidades. A prefeitura, através da Secretaria de Educação e em parceria com o SESC/MG trará no dia 21 o projeto Causos e Viola das Gerais, um espetáculo que mistura prosa e som na voz do renomado compositor e apresentador Chico Lobo. Visando valorizar artistas locais, a abertura do evento será realizada às 21 horas pela dupla santarritense Leandro e Maílson.
Outra novidade será o encontro regional de bandas e fanfarras na Praça Santa Rita e a realização do I concurso de bonecas de pano. Além de incentivar a arte musical como veículo para a identificação e valorização cultural da região, o evento resgatará brinquedos antigos que tiveram um importante papel na vida das crianças, como a boneca feita de pano.
No último dia do evento, na Praça Santa Rita, às 20h30min, será realizado um show de encerramento com Ediana Maskaro.
As inscrições para participar do campeonato de pipas, corrida rústica e concurso de bonecas de pano estão sendo realizadas na Secretaria Municipal de Educação e se encerrarão no dia 20/08 às 17horas.
Confira toda a programação, regulamento e inscrição do XVIII Feirão Folclórico através do site:www.feiraofolclorico.webnode.com.br

Santa Rita é notícia - Feiras preenchem a agenda de negócios em agosto e setembro

Feiras preenchem a agenda de negócios em agosto e setembro

A agenda de feiras da indústria contempla diversos setores da indústria mineira neste bimestre. São feiras de eletroeletrônica, construção, mineração e outras, que contam com a participação da Fiemg e movimentam a economia do estado.
Começou no dia 10 e vai até esta sexta-feira (13) a 13ª Feira Internacional da Indústria Elétrica e Eletrônica de Minas Gerais (FIIEE MG), no Expominas, em Belo Horizonte. A feira elétricoeletrônica comemora o período de otimismo do setor que, somente para 2010, tem expectativa de faturamento de R$ 125,6 bilhões.
O setor eletroeletrônico também será destaque em setembro. Santa Rita do Sapucaí, cidade a pouco mais de 400 km de Belo Horizonte, sedia a 11ª Feira Industrial do Vale da Eletrônica (Fivel). Conhecida como Vale da Eletrônica, Santa Rita do Sapucaí sedia a Fivel a cada dois anos e, nesta edição, o evento contará com a presença dos segmentos de eletrônica, telecomunicações, informática, automação residencial e industrial, segurança, eletromédicos e prestações de serviço. A feira acontece de 15 a 17 de setembro.

Santa Rita é notícia - Representantes dos TREs de Minas e Mato Grosso do Sul visitam fábrica de urnas

Representantes dos TREs de Minas e Mato Grosso do Sul visitam fábrica de urnas

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul, desembargador Luiz Carlos Santini, que também preside o Colégio de Presidentes dos TREs, e o desembargador Antônio Carlos Cruvinel, do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, visitam, nesta sexta-feira (13), às 10h30, a fábrica de urnas eletrônicas sediada em Santa Rita do Sapucaí, Sul do Estado. Eles pretendem conhecer todo o processo de montagem e fabricação das urnas eletrônicas modelo 2009/2010, que trazem uma série de novidades. Acompanharão a visita a diretora-geral do TRE-MS, Alir Terra Lima Tavares e o diretor de Tecnologia da Informação do TRE-MG, Maurício Melo.
O novo modelo da urna eletrônica, que vai substituir gradualmente os anteriores, terá monitor LCD colorido, em que o eleitor poderá ver as fotos dos candidatos em cores. Além disso, o equipamento contará com memória USB especial de resultados e novos requisitos de segurança. Todas as novas urnas já possuem dispositivo de leitura biométrica nos terminais de identificação do eleitor.
Cada máquina custa R$ 1.214,58 e a Justiça Eleitoral tem um contrato para a fabricação de 194.665 delas, até o final de setembro próximo. Apenas em Minas Gerais, serão aproximadamente 22 mil urnas do novo modelo. No total, cerca de 50 mil urnas serão utilizadas nas eleições 2010, em todo o Estado.
A empresa responsável pela produção das urnas é a Diebold Procomp, multinacional conhecida pela atuação na área de automação bancária. Para fabricação das urnas, a empresa, escolhida por meio de licitação, segue critérios e especificações estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Santa Rita do Sapucaí

A fábrica de urnas no Sul de Minas, que gera 470 empregos diretos, tem capacidade para produzir, em média, duas mil urnas eletrônicas por dia. Os procedimentos mais críticos de segurança são realizados em ambiente com controle de acesso. Além disso, há uma equipe de auditoria da Justiça Eleitoral que acompanha todo o processo de produção.
Entre os principais motivos para escolha do município mineiro para sediar a fábrica de urnas, está a boa oferta de mão-de-obra especializada, pois a cidade possui vários centros educacionais e empresas do segmento de eletroeletrônicos. Além disso, a proximidade do Porto Seco Sul de Minas, localizado na cidade de Varginha, e da Rodovia Fernão Dias (BR-381) foram outros fatores para a definição. A rodovia dá acesso aos principais colégios eleitorais do País como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, o que facilita a logística de distribuição das urnas.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Serviço - Jantar de Confraternização dos antigos alunos a ETE

Que pena!!! Não poderei ir.

Clicar na imagem para ver em tamanho grande.

Bão dimais - Aprenda dicas para deixar o bife à milanesa sequinho e crocante

Aprenda dicas para deixar o bife à milanesa sequinho e crocante

Parece fácil e qualquer pessoa que se arrisque na cozinha de vez em quando sabe as instruções básicas: tempere o bife, passe em ovos e farinha de rosca e é só fritar. Então por que vive dando errado o bife à milanesa feito em casa?
Casca que se solta ou que se encharca de óleo são dois dos desastres comuns no preparo do prato caseiro tão querido. O erro na escolha da carne também resulta, muitas vezes, em uma refeição pouco prazerosa.
Na receita original italiana, o bife à milanesa é feito com vitela. Mas no Brasil o prato foi adaptado e, em geral, recomenda-se o uso de alcatra, coxão mole, fraldinha ou patinho.
No restaurante Ritz, que tem o prato entre os destaques de seu cardápio, o filé-mignon é a regra. Para Roseli Crochiquia, gerente operacional da casa, o filé-mignon é garantia de maciez e, para preparar o à milanesa, o bife ainda é batido para ficar mais fino.
O tempero simples, sem segredos, é feito com alho "bem batidinho", sal e pimenta. Para acentuar o sabor, Roseli ensina que é preciso deixar a carne reservada. "No Ritz, deixamos por pelo menos duas horas na câmara fria para pegar o tempero", conta.
Para empanar, o restaurante escapa da farinha de rosca trivial e aposta na farinha de pão italiano. E o truque é que o bife é empanado duas vezes: "passe no ovo batido, na farinha de rosca de pão italiano, e então passe no ovo de novo e na farinha mais uma vez".
Na hora de jogar na frigideira, Roseli defende que o óleo precisa ser quente, mas não queimando. No Ritz, a temperatura certa para a fritura é exatamente 180º.
(Fonte: Juliana Zambelo – Folha de São Paulo em 10/08/2010)

Blog: É o prato predileto da minha filha, mas só a vovó Amélia é quem sabe fazer. Faço igualzinho, mas não consigo receber sua aprovação. A minha mãe tempera os bifes, os passa na farinha de trigo, nos ovos batidos e, por último, na farinha de rosca. Aperta bem com as mãos para fixar a casquinha e depois os frita sem ficar virando muito.

De onde vem? - Chato de galocha

Chato de galocha


Hoje usei a expressão “chato de galocha” e minha filha logo perguntou:
-Mãe, o que é isso?
Eu respondi que era quando a pessoa era muiiiiiiiiiiiito chata.
-Não, mãe. O que é galocha?
Galocha, meu pai tinha um par como todo homem do seu tempo que desejava ser elegante. Hoje galocha é usado para nomear as botas coloridas feitas de borracha. Mas, porque “chato de galocha”?

É usado para designar pessoas muito chatas, resistentes e insistentes.
Infelizmente, os chatos continuam a existir, ao contrário do acessório que deu origem a essa expressão. A galocha era um tipo de calçado de borracha flexível colocado por cima dos sapatos para reforçá-los e protegê-los da chuva e da lama. Por isso, há uma hipótese de que a expressão tenha vindo da habilidade de reforçar o calçado. Ou seja, o chato de galocha seria um chato resistente e insistente, explica Valter Kehdi, professor de Língua Portuguesa e Filologia da Universidade de São Paulo. De acordo com Kehdi, há ainda a expressão chato de botas, calçados também resistentes, o que reafirma a idéia do chato "reforçado".
Há também a explicação de que o termo “chato de galocha” se originou de pessoas que entravam nas casas alheias, ainda calçados com as botas de borracha completamente tomadas de água da chuva ou mesmo lama, emporcalhando todo o piso e sem dar a mínima. Esse era o "chato de galocha”.

Pátria Minas - Modéstia Mineira

Modéstia Mineira


Estava num passeio em Roma quando ao visitar a Catedral de São Pedro fiquei abismado ao ver uma coluna de mármore com um telefone de ouro em cima.
Vendo um jovem padre que passava pelo local perguntei a razão daquela ostentação.
O padre então me disse que aquele telefone estava ligado a uma linha direta com o paraíso e que se eu quisesse fazer uma ligação eu teria de pagar 100 dólares. Fiquei tentado, porém declinei da oferta.
Continuando a viagem pela Itália encontrei outras igrejas com o mesmo telefone de ouro na coluna de mármore. Em cada uma das ocasiões perguntei a razão da existência e a resposta era sempre a mesma:
-Linha direta com o paraíso ao custo de 100 dólares a ligação.
Depois da Itália, vim para o Brasil direto para MINAS GERAIS. Ao visitar a nossa gloriosa Catedral,fiquei surpreso ao ver novamente a mesma cena: uma coluna de mármore com um telefone de ouro.
Sob o telefone um cartaz que dizia: LINHA DIRETA COM O PARAÍSO – PREÇO POR LIGAÇÃO = R$ 0,25 (vinte e cinco centavos)..
Não me agüentei, e perguntei...
- Padre viajei por toda a Itália e em todas as catedrais que visitei vi telefones exatamente iguais a este, mas o preço da chamada era 100 dólares. Por que aqui é somente R$ 25 centavos?
O Padre sorriu e disse:
- Meu filho, você está em MINAS. Aqui a ligação é Local.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...