sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Historinhas - "Chora-melado"

Fazendo uma faxina no meu armário, achei perdidos três pares de “chora-melado”. Logo me lembrei de como as pessoas aqui de BH achavam graça quando eu chamava o calçado de lona com sola de corda por esse nome. “Chora-melado”, na minha terra, é esse calçadinho confortável aí da foto. Na minha juventude, na fase hippie pela qual todas as garotas passam, costumava bordá-lo com lantejoulas e miçangas. Ficava o máximo e era usado com longas saias estampadas e rodadas.
Fiquei aqui pensando com os meus botões:
- Porque “chora-melado”?
Fui pesquisar e achei uma boa alma que também chama o referido por esse nome. De onde era? De Pouso Alegre, do ladinho de Santa Rita (como diz meu amigo Dr. Luiz Roberto Capistrano – faz parte da região metropolitana de Santa Rita). Estou chegando à conclusão de que deve ser um termo sul-mineiro.
Então comecei a tecer uma lógica para a expressão: Quando, por infelicidade, tomamos um pé d´água usando um “chora-melado”, o solado de corda fica todo encharcado. Ao continuarmos andando, podemos ouvir um sonzinho parecido com choro de criança nova acompanhado pelas lágrimas que saem da sola e teimam em tornar o sapato, antes leve e confortável, num peso incômodo que ainda por cima costuma soltar tinta no pé do usuário. Tem lógica, não tem?
Mineiro não dá ponto sem nó, do sul de Minas então...

6 comentários:

  1. É tem lógica... rsrsrsrs
    Eu achava LINDO e combinava MUITO com seu estilo.

    ResponderExcluir
  2. Lembro que tinha um "estilo" hippie ou "hipponga", sei lá. Tenho esse estilo até hoje, gosto de roupas bordadas a mão por artesãs caprichosas, preferencialmente largas e de algodão. Acho que quando for bem velhinha (se Deus quiser e Ele há de querer) ainsa serei muito hippie. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Também sempre os chamei de " chora melado". De onde sou? Itajubá - outra vizinha de Santa Rita! Deve ser regional! Tenho vontade de usá-los novamente, mas onde comprar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudia. Que bom tê-la por aqui.
      Creio que no Mercado Central de BH deve ter. Lá se acha de tudo um pouco e um pouco de tudo.
      Volte sempre.
      Abraços.

      Excluir
  4. Que delícia... prá mim também é Chora Melado.
    Mas onde essa criatura nasceu e viveu parte da sua vida? Na região metropolitana,Poudo Alegre, onde no Mercadão Municipal encontravamos uma intimidades de cores (3)...mas isso não era obstáculo criatividade não faltava.
    Será que o mercadão ainda esconde estes tesouros?
    Um dia ainda vou retornar e desvendar este mistério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elisete. Não vi chora-melado no Mercadão, mas confesso que não estava pensando nele quando passei por lá há algum tempo atrás. Quando voltar, procurarei e te mando notícias.
      Adorei te ver por aqui. Volte sempre!!!

      Excluir

Adorei receber sua visita!
Ler seu comentário, é ainda melhor!!!
Responderei sempre por aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...